Pastor é acusado de abuso sexual


Embora o assunto esteja sendo tratado pela justiça vale informá-los para que estejam atentos a pessoas que se dizem pastores, pois às vezes estamos confiando em lobos com peles de ovelhas como na matéria abaixo publicada no site http://diariodenatal.dnonline.com.br/site/materia.php?idsec=2&idmat=166873

Matéria:

O pastor Manoel Wanterly da Anunciação Guimarães, 58, foi preso por policiais militares do 3º Batalhão de Parnamirim na quinta-feira à noite com duas crianças – uma de 11 e outra 10 anos – que frequentavam junto com seus pais a igreja-ministério Porta Aberta, do qual o acusado é o dirigente espiritual.
Segundo o delegado Márcio Delgado Varandas, que estava na plantão zona Sul no dia da ocorrência, os policiais militares viram o carro do acusado – um Versailes branco placas MXK-6819 -parado na rua José Augusto Nunes, perto de uma faculdade em Parnamirim. ‘‘Os policiais estranharam pelo fato da rua ser escura e foram verificar’’, disse.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, os policiais se aproximaram do carro e viram uma criança no colo do acusado, que logo ficou sentada ao seu lado por volta das 20h40.
Quando os PMs chegaram, Manoel estava fechando o zíper de sua calça e alegou que o carro estava quebrado. Isso foi desmentido quando um policial conseguiu ligar o veículo.
O pastor e as duas crianças foram levados à plantão zona Sul. Em seguida, foram chamados os pais das duas meninas. Na delegacia, os policiais descobriram que o acusado é ex-presidiário e cumpriu pena de dez anos por roubo cometido em 1986 no Rio de Janeiro.
Ele chegou a Parnamirim há oito anos e desde então é pastor da igreja-ministério Porta Aberta. ‘‘Ele evangelizava naquela região de Parnamirim (Bela Vista). Tanto é que depois da mudança de local da igreja, os pais das meninas permitiam que elas pegassem carona com ele’’, disse o delegado.
A criança de dez anos disse, em depoimento, que frequenta a igreja desde os três anos. Já a mais velha revelou que o pastor dava lhe carona e começou a assediá-la depois de um certo tempo.
Ainda de acordo com o depoimento, o pastor deu carona às meninas e foram até um churrasquinho no bairro Cohabinal. Em seguida, foram tomar sorvete e comer bauru antes de irem até a rua onde foram encontradas com o pastor.
Chegando no local, as meninas contaram que o pastor foi para o banco de trás e, em seguida, ambas também foram para lá. Elas disseram que o acusado colocou o órgão genital para fora da roupa e que ‘‘ele não pediu para fazerem sexo oral, mas como haviam feito antes’’ pensaram que era o que queria.
Quando perceberam a chegada dos policiais, a mais nova foi para o banco da frente enquanto a de onze anos permaneceu com o acusado. O delegado Márcio Delgado informou que o pastor foi autuado em flagrante por corrupção de menores e atentado violento ao pudor.
Ele disse que, no depoimento, a menina de onze anos revelou que teria mantido relações sexuais com o pastor e que sua prima estava saindo com ele recentemente. ‘‘Vou solicitar o exame de conjunção carnal para confirmar se isso aconteceu. Caso sim, será mais um agravante para ele’’, declarou.
Entrevista: Manoel Wanterly
– Diário de Natal – O que aconteceu na quinta-feira à noite?
– Manoel Wanterly – Eu dei carona às meninas e fui pagar uma dívida no churrasquinho. Depois levei elas para lanchar pois faço isso com frequência.
– E depois?
(silêncio)
– Só vou falar em juízo.
– O senhor já teve passagem pela polícia?
– Sim. Fui preso em 1986 no Rio de Janeiro por roubo. Cumpri pena de dez anos e vim para cá. Moro em Parnamirim há oito anos.
– O senhor é casado? Tem filhos?
– Sim. Tenho seis filhos
– Sua família já sabe do ocorrido?
(cabisbaixo)
– Sim.
– O que o senhor tem a dizer desta situação?
– Estou sendo execrado. Trabalhei como radialista e sei que isto é um prato cheio para vocês (jornalistas) só porque sou pastor.
– O senhor é inocente?
– Sim. Os fatos estão aí. Eu não mantive relações com elas tanto que no local as duas negaram isso.
– E o que o senhor espera de agora em diante?
– Cabe ao tempo dizer a verdade.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s