Igreja Episcopal nos EUA elege primeira bispa lésbica


A cidade de Los Angeles fez com que, pela primeira
vez na História, a Igreja Episcopal tenha uma bispa assumidamente
lésbica. A reverenda Mary Douglas Glasspool, de 55 anos, foi eleita
para o posto no último fim de semana.

Grupos
conservadores da Igreja Anglicana, que reúne 77 milhões de fiéis em
todo o mundo e cujo braço nos EUA é a Igreja Episcopal, vêm
manifestando forte oposição à ordenação de bispos homossexuais, segundo
noticia nesta segunda-feira a rede CNN. Alguns líderes episcopais
também se posicionaram de forma veemente contra a eleição de Mary
Douglas.

A arcebispo de Canterbury, chefe da
comunidade anglicana, emitiu uma nota no sábado afirmando que a eleição
de Glasspool "levanta sérias questões não apenas para a Igreja
Episcopal e para a sua posição na comunidade anglicana, mas também para
todos os fiéis".

A eleição de Mary Douglas é a
primeira após um período turbulento em que a Igreja Episcopal ameaçou
se separar da comunidade anglicana. A crise havia começado após a
ordenação do bispo homossexual Gene Robinson, em New Hampshire, em
2004. Desde então, os líderes episcopais fecharam um acordo com os
anglicanos para suspender a nomeação de sacerdotes abertamente gays. A
eleição de Mary Douglas está sendo vista como um rompimento do acordo.

Antes
de Mary Douglas, que está baseada em Baltimore, Diocese de Maryland, um
candidato abertamente gay da Diocese de Minnesota acabou sendo
derrotado por outro reverendo em eleição em outubro.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s