Café do Conselho de Pastores na ADI reúne mais de 200 líderes


Café do Conselho de Pastores na ADI reúne mais de 200 líderes
Fonte: ADI

A ADI recebeu no último sábado os pastores associados do Conselho de Pastores de Barueri – COPEB e convidados para mais uma edição do café entre pastores (as) e líderes cristãos.

O evento começou as 08:30 com o café e as 09:30 deu inicio ao culto no plenário da igreja, com a presença de mais de 200 pessoas. Participaram do louvor a Banda Segredo da Vida, as cantoras Sara Flor Di Maio e Beth Alves, a dupla Os Irmãos Macedo e a Cia Teen de Dança Independência.

O tema do encontro foi “Como a Igreja deverá se comportar caso a PL122 seja aprovada pelo Governo”, o palestrante – pastor José Vieira Rocha da Igreja Batista do Brás SP apresentou uma introdução histórica sobre momentos em que a Igreja foi perseguida e resistiu para que o evangelho chegasse a nós e apresentou argumentos jurídicos sobre como os pastores deverão se comportar se o projeto de lei for aprovado. Para o pastor Vieira a igreja não pode deixar de pregar a Bíblia na sua essência, ainda que contrarie alguns grupos, a Palavra de Deus deve ser anunciada e o pecado condenado.

Também participou do encontro o reverendo Erní Walter Seibert – Secretário de Comunicação e Ações Sociais da Sociedade Bíblica do Brasil que, em nome da SBB, presenteou o pastor Agnaldo Almeida – presidente do COPEB com uma edição comemorativa da Bíblia dos 100 milhões. O reverendo Erní agradeceu ao Conselho de Pastores pelo apoio e participação com as equipes de recepção e apoio no evento do dia 10 de junho no Ginásio José Corrêa em Barueri.

No final da reunião os participantes foram convidados para um novo café. O evento terminou às 13 horas. O próximo café do Conselho será dia 16 de julho na Igreja do Evangelho Quadrangular no bairro São Luís.

Uma resposta para “Café do Conselho de Pastores na ADI reúne mais de 200 líderes

  1. O tema do encontro foi “Como a Igreja deverá se comportar caso a PL122 seja aprovada pelo Governo”, o palestrante – pastor José Vieira Rocha da Igreja Batista do Brás SP apresentou uma introdução histórica sobre momentos em que a Igreja foi perseguida e resistiu para que o evangelho chegasse a nós e apresentou argumentos jurídicos sobre como os pastores deverão se comportar se o projeto de lei for aprovado. Para o pastor Vieira a igreja não pode deixar de pregar a Bíblia na sua essência, ainda que contrarie alguns grupos, a Palavra de Deus deve ser anunciada e o pecado condenado.
    +1

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s