Uma mensagem difícil de entregar



“Palavra do SENHOR, que veio a Sofonias, filho de Cusi, filho de Gedalias, filho de Amarias, filho deEzequias, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá.”  – Sofonias 1.1

O livro de Sofonias está inclusivo entre os livros dos profetas menores e possui apenas três capítulos.

O nome Sofonias significa “o Senhor o escondeu”. Ele era bisneto de Ezequias, Sofonias 1.1. Caso este tenha sido o rei Ezequias, Sofonias foi um profeta de sangue real. O seu ministério ocorreu no tempo do rei Josias em 640 a.C. – 609 a.C. tendo profetizado, provavelmente antes da reforma desse rei em 621 a.C.

O tema de sua mensagem é que o Senhor ainda está firmemente em controle do Seu mundo, apesar das aparências contrárias, e que comprovará isto no futuro próximo ao aplicar um castigo terrível sobre a nação desobediente de Judá, e completa destruição sobre as nações pagãs gentis, somente através dum arrependimento em tempo é que haveria possibilidade de escape a esta ira.

O profeta Sofonias viveu e exerceu a sua atividade num momento em que Judá era disputado pelas grandes potências da época. Dentro do país se formaram dois partidos: um querendo ficar sob a influência do Egito, outro da Assíria. Durante longo período, nos reinados de Manassés e Amon, a Assíria predominava. Uma tentativa de mudar a situação a favor do Egito, através de uma revolta de oficiais da corte, não obteve sucesso, porque cidadãos de grande influência econômica reagiram e colocaram no trono Josias, que ainda era menor de idade. Esse rei promoveu uma grande reforma, mas a situação voltaria a ser a mesma: o que era bom para a Assíria, era bom para Judá, inclusive a maneira de vestir (1:8).

Nesse contexto, Sofonias exerce seu ministério entre os anos 640-630 AC, durante a menoridade de Josias e antes de sua reforma religiosa e do ministério de Jeremias. Ele mostra como pesa, sobre toda essa situação, o Julgamento de Deus (1:2-18). O Dia do Senhor não é essencialmente o fim do mundo e da história, mas a transformação do povo de Deus e o fim de uma era de idolatria. Para o profeta, são ídolos não somente as divindades estrangeiras, mas também a absolutização das grandes potências, do dinheiro e do poder. Esses ídolos estão presentes, tanto nas outras nações quanto na cidade de Jerusalém, seja no palácio real, seja no Templo e nos bairros da cidade (2:4-3:8). A única possibilidade de salvação que Sofonias vislumbra para escapar à ira divina são os pobres da terra (2:3), isto é, os destituídos de poder e riqueza, que depositam sua confiança no verdadeiro Absoluto e clamam por justiça. São eles os únicos que poderão formar um resto para conduzir na história o projeto de Deus, e assim fazer com que o Dia de Javé se torne dia de alegria e restauração, e não de destruição (3:9-20).

A catástrofe anunciada atingiria tanto as nações quanto o Judá inspiradas pelo orgulho (3:1.11) o castigo seria uma advertência (3:7) que deveria conduzir o povo à obediência e a humildade (2:3), sendo a salvação reservada aos humildes, que põem em prática a vontade do Senhor (3:12-13).

A época do livro descreve um tempo de grande apostasia e corrupção Sf 1.12; 3.2-4. A Assíria ainda ocupava o cenário Sf. 2.13. A adoração de Milcon ( em outras versões Malcã) era praticada Sf 1.5. * milcon = Moloque, uma divindade Amonita, verificar 1 Rs 11.5. As condições morais e religiosas então prevalecentes eram baixas, devido à influência maligna dos reinados de Manassés e Amom. o livro descreve uma provável invasão (este povo invasor teria sido os Citas que entre os anos 630 a 626 a.C. ameaçaram muitas nações e trouxeram calamidade aos povos do oriente médio) que chegaria à terra de Judá Sf 1.2-3, e alcançaria outras nações Sf 2.4,12-13.

O propósito do livro, partindo da ameaça cita o profeta adverte severamente o seu povo sobre a aproximação do dia do Senhor, e juntamente com a advertência terrível, há o apelo ao arrependimento, endereçado primariamente ao remanescente, mais do que para a nação inteira Sf. 2.3.

“O dia do Senhor”, que é descrito 18 vezes no livro especialmente, um dia de julgamento Sf 1.2-3, 7-16, 18, 3.20.

Sofonias é escolhido por Deus para entregar uma mensagem de juízo e arrependimento, uma mensagem que os ouvintes não queriam ouvir. Como entregar uma mensagem dura com paixão e firmeza diante de uma oposição bem estabelecida.

  1. Creia em seu Deus. Ele confiou que Deus o protegeria e capacitaria para comunicar a mensagem;
  2. Acredite em sua mensagem. Ele teve de ser convencido de que aquela palavra dura era exatamente o que o povo precisava escutar;
  3. Acredito em sua causa. Ele teve de abraçar sua causa principal;
  4. Acredito em seu povo. Ele teve de ter esperança de que o povo mudaria e abraçaria a sua mensagem;
  5. Acredito em Si mesmo. Ele teve de ser convencido de que ele era o homem para entregar aquela mensagem

Sofonias sabia o que precisava acontecer para que o povo de judá mudasse, ele sabia que as mudanças eram necessárias e que as mudanças tinham que começar no coração. As verdadeiras transformações acontecem de dentro para fora. Melhore sua intuição em sua vocação:

  1. Trabalhe nas áreas em que você é forte. Somos melhores nas áreas de nossos dons e interesses;
  2. Explore as oportunidades que se apresentam a você. Saimos melhor quando avaliamos as opções que estão próximas de nós;
  3. Identifique as causas dos problemas que você enfrenta. Esforce-se para acabar com as respostas superficiais e resolver as causas dos problemas;
  4. Analise sucessos passados. Estude suas vitorias e veja se encontrou um padrão que revele como você as conquistou;
  5. Ouça o seu coração. Os lideres efetivos lideram com a alma. Tanto o seu coração como a sua cabeça tem a resposta.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s