Descubra por você mesmo o quanto Deus é bom!


Salmos 34.8Salmos 34.8 NTLH

1 Eu sempre darei graças a Deus, o SENHOR; o seu louvor estará nos meus lábios o dia inteiro.

 2 Eu o louvarei por causa das coisas que ele tem feito; os que são perseguidos ouvirão isso e se alegrarão.

3 Anunciem comigo a sua grandeza; louvemos juntos o SENHOR.

4 Eu pedi a ajuda do SENHOR, e ele me respondeu; ele me livrou de todos os meus medos.

5 Os que são perseguidos olham para ele e se alegram; eles nunca ficarão desapontados.

6 Eu, um pobre sofredor, gritei; o SENHOR me ouviu e me livrou das minhas aflições.

7 O Anjo do SENHOR fica em volta daqueles que o temem e os protege do perigo.

8 Procure descobrir, por você mesmo, como o SENHOR Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele!

9 Que todos os que se dedicam a Deus o temam, pois aqueles que o temem não têm falta de nada!

10 Até os leões não têm comida e passam fome, porém não falta nada aos que procuram a ajuda do SENHOR.

Antes de meditar sobre esse Salmo é importante compreender o período em que ele foi escrito e em quais circunstâncias. Para isso precisamos ler I Samuel 21.10-15 NTLH:

 10 Então Davi saiu, fugindo de Saul, e foi procurar Aquis, o governador da cidade de Gate.

11 As autoridades da cidade disseram a Aquis: – Não há dúvida de que este é Davi, o rei da terra de Israel. A respeito dele as mulheres cantavam enquanto dançavam: “Saul matou mil; Davi matou dez mil!”

12 Davi assustou-se com as palavras deles e ficou com muito medo de Aquis.

13 Então, na frente de todos eles, fez de conta que estava louco. Quando tentaram segurá-lo, ele começou a agir como doido: rabiscava os portões da cidade e deixava escorrer saliva pela barba.

14 Então Aquis disse aos seus oficiais: – Este homem está louco! Por que o trouxeram para cá? 15 Será que já não tenho bastantes loucos em volta de mim? Por que trazem outro doido para a minha própria casa, a fim de me aborrecer com as suas loucuras?

 

1. Panorama histórico

Davi ouve o conselho de Jonatas e vai a Nobe (próximo de Jerusalém) procurar por Aimeleque – Sumo Sacerdote, bisneto de Eli, filho de Aitube. Ele estava sendo perseguido injustamente por Saul e por temer ao Senhor optou por fugir de Saul. Fugir às vezes pode significar mais do que evitar um confronto direto com seu inimigo, representa a preservação da vida e promessa de Deus sobre você!

Em Nobe, Davi mente ao Sumo Sacerdote, dizendo que Saul lhe tinha dado uma ordem específica. Com isso, ele e seus homens se alimentam do pão sagrado, pães da proposição, que eram renovados aos sábados, e que serviam de alimento apenas para os sacerdotes (Ex 25.30; Lv 24.5-9).

Aimeleque tranqüiliza Davi dizendo que eles poderiam comer do pão sagrado se não tivessem se contaminado com mulheres.

Davi pede a Aimeleque a espada de Golias que estava guardada como memorial no santuário e toma posse dela.

No mesmo local se encontrava Doegue – chefe dos pastores de Saul cumprindo um deve religioso. Ele se tornaria o carrasco de Nobe por ordem de Saul, pois a mentira de Davi iria custar a vida daqueles sacerdotes e toda a cidade (I Sm 22.18,19).

 

2. De volta ao Salmo 34

O Salmo 34 é mais dos salmos conhecidos como acrósticos, onde cada verso começa com uma letra do alfabeto hebraico, que totaliza 22 letras. Esse é o segundo salmo que segue essa ordem alfabética, o primeiro é o salmo 25.

A 8ª letra é Heth ( ח), numericamente equivale ao número 8.

Cada letra do alfabeto hebraico corresponde a um símbolo. Heth representa ‘tufo’, significa: s. m. 1. Porção de lã aberta. 2. Porção de plantas, flores, penas etc., juntas. 3. Proeminência, montículo. 4. Saliência formada pelo tecido de um vestuário.

Outros exemplos do alfabeto hebraico: Aleph (boi); Beit (casa); Guimel (camelo); Dalet (porta); He (grito); Vav(Gancho); Zayin (arma); Heth (tufo); Thet (cobra); Yod (mão); Kaph (palma); Lamed (laço); Meim (água); Nun (peixe); Samech (apoio); Ayin (olho); Pei (boca); Tsadey (gafanhoto); Koph (macaco); Reish (cabeça); Sin , Shin (dente); Tav ou tau (cruz).

Esse Salmo apresenta duas grandes divisões:

1º.  A primeira até o verso 10, em que o salmista fala homens através de seu louvor a Deus;

2º.  A segunda parte até o verso 22 se apresenta como um sermão em que o salmista exorta-os e apresenta didaticamente alguns ensinamentos.

A primeira parte que iremos tratar, pode ser dividida em 3 seções:

1º.   Versos 1 ao 3 – Davi declara seu louvor ao Senhor e convida a todos que façam o mesmo;

2º.   Versos 4 ao 7 – Davi fala de suas experiências com Deus;

3º.   Versos 7 ao 10 – Davi exorta os piedosos e perseguidos a confiarem no Senhor.

Davi estava diante de um grande problema, Saul estava decidido a encontrá-lo e matá-lo, mesmo assim ele louva e bendiz continuamente ao Senhor com seus lábios. Entre os versos 1 a 10, ele se encontra orando, louvando ao Senhor e se encorajando em sua confiança em Deus.

Verso 1 – “Eu sempre darei graças a Deus, o SENHOR; o seu louvor estará nos meus lábios o dia inteiro.” Não temos nesse verso qualquer menção a alguma promessa feita por Deus ou prometida em caso de perseverança. O seu louvor não esta condicionado ao recebimento de alguma coisa ou promessa por parte de Deus.

Qual o motivo para tanta alegria? Qual o motivo para cantar em meio a uma perseguição?

No verso 02 o salmista apresenta o motivo do seu louvor: O Senhor tinha feito coisas maravilhosas em sua vida, por isso declara: Eu o louvarei por causa das coisas que ele tem feito; os que são perseguidos ouvirão isso e se alegrarão.”

 

3. Quais foram os atos de Deus que alegraram o coração do salmista?

Veja o que ele diz nos versos 4,5 e 7:

1º.    Deus respondeu as suas orações – ele me respondeu (v.4);

2º.    Deus lhe deu coragem para continuar lutando pela própria vida e pelas promessas que estavam sobre ele – ele me livrou de todos os meus medos (v.4) – Tem pessoas que ao receberem uma profecia sobre determinado assunto vão para a rede do descanso e não fazem nada para que as coisas aconteçam e ainda dizem – “isso é problema de Deus, ele chamou então que cuide”. Se Cristo não tivesse lutado contra as fraquezas humanas de sua carne, ele teria desistido da cruz, Mateus 26.42 NTLH E retirou-se outra vez para orar: “Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade”;

3º.    Nas suas dificuldades Davi olhou para Deus e encontrou alegria, Deus nunca decepciona aqueles que confiam nele – “Os que são perseguidos olham para ele e se alegram; eles nunca ficarão desapontados (v.5);

4º.    Davi e seus homens eram foragidos, não podiam confiar em ninguém. Para escapar com vida, David se fez de louco na presença do rei Aquis de Gate. Não era possível confiar nas pessoas, então ele buscou a proteção e segurança em Deus“O Anjo do SENHOR fica em volta daqueles que o temem e os protege do perigo (v.7).

 

4. Faça você mesmo uma prova da bondade de Deus

O ponto principal desse Salmo se encontra no verso 8, nele o salmista deixa claro que ‘a experiência é o único teste verdadeiro de verdade religiosa’. Ele diz: Procure descobrir, por você mesmo, como o SENHOR Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele!”.

Três grandes verdades em um único verso:

1º.    Ele convida as pessoas que descubram por si mesmas o quanto Deus é bom, em outra versão diz “Oh! Provai e vede que o Senhor é bom”. Cada pessoa deve experimentar o quanto é real a bondade de Deus. Chega de conhecer a Deus apenas que ouve das outras pessoas, tenham você mesmo experiências marcantes em sua vida com Deus – Jó 42.5 NTLH Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem”;

2º.    Deus é bom e ponto final. Você é capaz de declarar essa bondade? Essa declaração de Davi ocorre num momento de dificuldades, perseguição, necessidades e vergonha. Declarar o amor de Deus quando tudo está bem se torna fácil, mas e na hora da luta, o que tens declarado?

3º.    Imagine se todos soubessem dessa verdade – Segurança verdadeira somente em Deus. Você pode encontrar segurança para seus bens, sua integridade física, etc, mas você não pode contratar segurança para sua alma. Jesus disse em Mateus 10.28 NTLH – “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo”. Onde buscar a verdadeira segurança? O salmista responde: “Feliz aquele que encontra segurança nele!”

 

5. Deus não somente cuida de nós. Ele provê tudo que necessitamos

Versos 9 e 10 – “Que todos os que se dedicam a Deus o temam, pois aqueles que o temem não têm falta de nada! Até os leões não têm comida e passam fome, porém não falta nada aos que procuram a ajuda do SENHOR.”

Para muitas pessoas, quando falamos de providências, vão logo pensando no carro novo, casa própria, games, computadores, viagens, aumento de salário, estética, etc. Você tem certeza que essas coisas são as mais necessárias?

Conheci pessoas que tinham muitas riquezas, mas lhes faltava paz, alegria, saúde espiritual, etc. Nem sempre o que julgamos necessário é de fato o que precisamos.

Veja a situação de Davi. Desalojado pelo sogro, sem teto; perdeu a esposa; foi afastado do seu melhor amigo, Jonatas; teve que mentir para comer; fingiu-se de louco para não morrer, etc. Diante de tudo isso ele declara que teme ao Senhor e não tem falta de nada. Ual!

Penso que precisamos nos converter ao Senhor novamente para reconhecermos o que significa bondade, segurança, proteção e provisão de Deus em nossa vida.

Se tivermos necessidade de alguma coisa Deus saberá como suprir. Paulo ao descobrir essa verdade fez questão de escrevê-la para que se perpetuasse ao longo dos anos para fortalecer seus irmãos na fé em Cristo: E o meu Deus, de acordo com as gloriosas riquezas que ele tem para oferecer por meio de Cristo Jesus, lhes dará tudo o que vocês precisam.” Fp 4.19 NTLH

E, se ainda assim reclamarmos ao Senhor, Ele nos dirá o mesmo que disse a Paulo: A minha graça te basta…” II Co 12.9 NTLH

 

Tua Graça Me Basta

Toque No Altar

Eu não preciso ser reconhecido por ninguém,
A minha glória é fazer com que conheçam a Ti.
E que diminua eu, pra que tu cresças, Senhor, mais e mais.

E como os serafins que cobrem o rosto ante a Ti,
Escondo o rosto pra que vejam Tua face em mim,
E que diminua eu, pra que Tu cresças Senhor, mais e mais…

Refrão: { 1X }
No Santo dos santos, a fumaça me esconde, só Teus olhos me vêem.
Debaixo de Tuas asas é o meu abrigo, meu lugar secreto,
Só Tua graça me basta e Tua presença é o meu prazer.

Eu não preciso ser reconhecido por ninguém,
A minha glória é fazer com que conheçam a Ti.
E que diminua eu, pra que Tu cresças, Senhor, mais e mais.

E como os serafins que cobrem o rosto ante a Ti,
Escondo o rosto pra que vejam Tua face em mim,
E que diminua eu, pra que Tu cresças Senhor, mais e mais…

Refrão: { 3X }
No Santo dos santos a fumaça me esconde, só Teus olhos me vêem.
Debaixo de Tuas asas é o meu abrigo, meu lugar secreto,
Só Tua graça me basta e Tua presença é o meu prazer.

Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!
Tua presença… Tua presença é o meu prazer!

Refrão: { 1X }
No Santo dos santos a fumaça me esconde, só Teus olhos me vêem.
Debaixo de Tuas asas é o meu abrigo, meu lugar secreto,
Só Tua graça me basta e Tua presença é o meu prazer. { 2X }

 

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s