Comunhão cristã


Atos 2.42 NTLH – “E todos continuavam firmes, seguindo os ensinamentos dos apóstolos, vivendo em amor cristão, partindo o pão juntos e fazendo orações”

Salmos 133.1 NTLH – “Como é bom e agradável que o povo de Deus viva unido como se todos fossem irmãos!”

Fala-se muito em COMUNHÃO, mas, afinal de contas, o que é isso? Veremos algumas coisas relacionadas ao Tema:

1. O QUE É COMUNHÃO?

1º.   Uma palavra grega muito usada hoje é “KOINONIA” , traduzida em português para a palavra COMUNHÃO, isto é, o ato de usar uma coisa em comum.

2º.   A palavra tem o sentido de: companheirismo, compartilhar, congregação de pessoas de comum interesse, Ter em comum, usar juntos, participação, parceirismo, etc.

2. COM QUEM DEVEMOS TER COMUNHÃO?

1º.   Comunhão vertical – com Deus: Comunhão com o Pai (I João 1.3), Comunhão com o Filho Jesus Cristo (I Coríntios 1.9 e I João 1.3), Comunhão com o Espírito Santo (Filipenses 2.1). Essa comunhão é expressa através da oração, louvor, adoração em Espírito e em Verdade (João 4.23-24).

2º.   Comunhão horizontal – com os homens: Também deve haver comunhão entre os irmãos – comunhão uns com os outros (I João 1.7), a destra de comunhão (Gálatas 2.9), participação da assistência aos santos (II Coríntios 8.4b)

  1. Espiritualmente – Atos 2.42 – Orando juntos; cantando, louvando e adorando juntos; compartilhando em testemunho, exortação, encorajamento; edificando uns aos outros nas operações do Espírito. Ministério da Palavra, o partir do pão.
  2. Praticamente – Atos 2.44-46 – Comunhão nos lares, suprir as necessidades, comunicação (Hebreus 13.16), Distribuição para as necessidades dos santos, inclusive a hospitalidade (Romanos 12.13), conhecer e apreciar uns aos outros, visitação, etc. A comunhão torna-se um modo de viver. Há alegria em comunhão real, em reunir-se e compartilhar nas necessidades espirituais, práticas e sociais.

3. COM QUE ESTAMOS PROIBIDOS DE MANTER COMUNHÃO?

1º.   Com o mundo (Efésios 5.11; Salmo 94.20)

2º.   Com espíritos satânicos – (I Coríntios 10.19-20)

3º.   Com a iniquidade (trevas) – (II Coríntios 6.14)

4º.   Com Religiões falsas – (II Pedro 2.1-3; Judas 4)

5º.   Com Falsas doutrinas – (II João 1.9-11; Gálatas 1.7-10) Veja o que Paulo diz: “Nem os recebais em casa”

4. DIFERENÇAS DOUTRINÁRIAS PODEM QUEBRAR A COMUNHÃO?

1º.   Qualquer doutrina que ataca os passos fundamentais do processo da redenção pelo sangue de Jesus deve ser excluída da comunhão.

2º.   Precisamos manter a unidade do Espírito até chegarmos à unidade da fé (Efésios 4.2, 13).

3º.   Diferenças de opinião a respeito da escatologia, costumes, etc., não são motivos suficientes para quebrar a nossa comunhão.

4º.   Não podemos Ter comunhão com o herético ou mesmo com suas heresias (obstinação) – (Tito 3.10-11; Romanos 16.17-18 e I Coríntios 11.19).

5. QUAIS SÃO OUTROS MOTIVOS BÍBLICOS PARA QUEBRAR A COMUNHÃO?

1º.   Conduta desregrada – (Mateus 18.15-17; I João 1.6; 2.10-11 e II Tessalonicenses 3.6)

2º.   Cobiçoso – excessivamente desejoso, ganancioso.

3º.   Idólatra – aquele que adora ídolos ou é excessivamente afeiçoado a uma pessoal ou coisa.

4º.   Escarnecedor – linguagem abusiva, zombador.

5º.   Beberrão – aquele que bebe habitualmente, que embriaga-se.

6º.   Extorsionário – que obtém algo de uma pessoa por meio de opressão ou abuso de autoridade.

7º.   Fornicário – relações sexuais ilícitas

A Bíblia diz para não se associar com eles nem comer com eles, isto fala de não mantermos comunhão com eles.

A GRANDE NECESSIDADE HOJE É DE PESSOAS DISPOSTAS A VIVEREM EM COMUNHÃO COM OS IRMÃOS QUE FAZEM PARTE DO CORPO DE CRISTO.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s