Atributos de uma igreja saudável, parte 1


Vivendo em união“22 Deus colocou todas as coisas debaixo da autoridade de Cristo e deu Cristo à Igreja como o único Senhor de tudo. 23 A Igreja é o corpo de Cristo; ela completa Cristo, o qual completa todas as coisas em todos os lugares.” Efesios 1.22,23 (NTLH)

Uma grande revelação que mostra o poder delegado à igreja como corpo de Cristo. Se todas as coisas estão debaixo da autoridade Cristo significa que a igreja é poderosa porque Cristo é a sua cabeça. Toda a autoridade delegada à Cristo é transferida para a igreja que se encontra conectada em Cristo.

Jesus comprou, pagando alto preço, a igreja e ela é a sua razão de ser. Cristo é a cabeça e a igreja o seu corpo, ambos se complementam. Portanto, a igreja deve se portar como uma noiva atraente e fiel ao seu noivo Jesus Cristo.

O aumento crescente do secularismo, o declínio da lealdade denominacional e as tradições conduzem-nos a repensar a igreja de uma forma mais saudável e bíblica.

Deus não nos chamou para vivermos espiritualmente e socialmente isolados, mas para vivermos em comunidade, a igreja é a nossa comunidade onde buscamos o conforto necessário para a nossa alma e espírito. Mas, quais são os atributos que tornam que podem tornar uma igreja interessante e saudável a ponto de nos oferecer o que precisamos como parte do corpo de Cristo?

Os programas, a doutrina, a metodologia, a filosofia, o sistema de som, a adoração, os encontros, o estacionamento, o acesso, a organização, os departamentos, os ministérios e outros atributos tornam a igreja interessante. Provavelmente, quem a vê terá a impressão que se trata de uma igreja bem sucedida e boa para frequentarmos. Porém, esses atributos são insuficientes para tornar a igreja saudável, o que a torna perfeita aos olhos de Deus é a sua sustentação bíblica conforme a Palavra de Deus. Uma igreja atraente não significa que ela é saudável.

Do mesmo modo que nem todos os cristãos são perfeitos, nem todas as igrejas serão perfeitas, as melhores organizações deixam a desejar nesse aspecto. Enquanto estivermos nessa vida nunca teremos vitória plena sobre o pecado, mas devemos lutar todos os dias para vencê-lo sempre. O fato de uma igreja não ser perfeita, 100% interessante ou saudável não a torna menos igreja de Cristo, a sua busca constante pela perfeição através da glorificação à Deus irá torná-la perfeita para Deus.

O QUE UMA IGREJA QUE DESEJA SER SAUDÁVEL, ATRAENTE, INTERESSANTE E AGRADÁVEL DEVE BUSCAR?

1. MAIOR EXPOSIÇÃO BÍBLICA ATRAVÉS DA PALAVRA

A pregação bíblica não precisa ser fundamentalmente elegante ou sofisticada. A igreja saudável não se submete ao conhecimento do pregado, mas a ação do Espírito Santo que opera por intermédio do pregador, é Deus quem nos fala e não nós. Ela entende a razão e significado da Palavra, foi por meio dela que fomos criados. A autoridade do pregador durante a pregação deve começar e terminar com base nas escrituras.

Os meios utilizados para a exposição bíblica são inúmeros: sermões, estudos bíblicos, leituras, testemunhos, histórias, etc. O seu propósito é apresentar a graça, esperança, fidelidade e anunciar as boas novas. Quando a Palavra é ministrada deve ficar claro a necessidade arrependimento, confissão e total dependência que temos de Deus.

Qual o tempo que dispomos em nossas reuniões para a exposição bíblica? Algumas pessoas acreditam que o culto autêntico inclui apenas oração, confissão, ações de graças e cânticos, por isso gastam a maior parte do tempo de suas reuniões com apresentações e dedicam pouco tempo à pregação. A igreja que despreza a pregação expositiva da Palavra de Deus é como uma casa construída sobre a areia movediça, a qualquer momento irá sucumbir diante das adversidades.

Precisamos orar por nossos líderes, principalmente aqueles que ensinam a Palavra de Deus para que leiam, estudem e pesquisem minuciosamente as Escrituras em busca dos tesouros escondidos que somente são revelados àqueles que se interessam pela Palavra. Conhecendo a Palavra de Deus eliminaremos as crendices e populices que tem tomado conta de muitas igrejas na atualidade.

Em Neemias 8.6-10 temos um exemplo que representa uma reunião saudável:

1º.   Começou com louvor, prostração e adoração ao Senhor6 e Esdras disse: – Louvem o SENHOR, o grande Deus! Todo o povo levantou os braços e respondeu: – Amém! Amém! se ajoelharam e, com o rosto encostado na terra, adoraram a Deus, o SENHOR.

2º.   A Palavra de Deus foi lida para o povo – 7 Depois se levantaram e ficaram nos seus lugares. Então os levitas explicaram a Lei para o povo. Os levitas eram: Jesua, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias, Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã e Pelaías.

3º.   Houve exposição da Palavra através da leitura e ensino – 8           Eles iam lendo o Livro da Lei e traduzindo; e davam explicações para que o povo entendesse o que era lido.

4º.   O efeito da Palavra conduziu o povo ao arrependimento e emoção – 9 Quando ouviram a leitura da Lei, eles ficaram tão comovidos, que começaram a chorar. Então Neemias, o governador, e Esdras, o sacerdote e mestre da Lei, e os levitas que estavam ali explicando a Lei disseram a todo o povo: – Este dia é sagrado para o SENHOR, nosso Deus, e por isso vocês não devem se lamentar nem chorar.

5º.   O resultado prático da Palavra produziu solidariedade, voluntariedade e alegria – 10 Vão agora para casa e façam uma festa. Repartam a sua comida e o seu vinho com quem não tiver nada preparado. Este dia é sagrado para o nosso Deus; portanto, não fiquem tristes. A alegria que o SENHOR dá fará com que vocês fiquem fortes.

Outro exemplo que podemos citar é do apostolo Paulo, ele era comprometido com a exposição explícita da Palavra de Deus, em Atos 20.27 ele afirma à igreja em Éfeso que trabalhou arduamente para ensinar-lhes a vontade de Deus – Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus.” Esse deve ser o compromisso de todo líder cristão.

2. UMA DOUTRINA 100% BÍBLICA

A exposição bíblica é muito importante ao anunciar a Cristo para as pessoas, mas o nosso conhecimento acerca de Cristo não deve limitar-se as pregações que ouvimos periodicamente. Precisamos conhecer mais de Deus, saber quais são os seus planos, os seus dons e aumentar a nossa compreensão acerca Dele.

Quando atentamos para a doutrina bíblica, somos orientados a se proteger contra determinados ataques:

1º.   Temos que ter cuidados com as doutrinas diferentes. A doutrina humana causa confusão e desordem, I Timóteo 6.3,4b – “Se alguém ensina alguma doutrina diferente e não concorda com as verdadeiras palavras do nosso Senhor Jesus Cristo e com os ensinamentos da nossa religião, essa pessoa está cheia de orgulho e não sabe nada. Discutir e brigar a respeito de palavras é como uma doença nessas pessoas.”

2º.   Devemos seguir a verdade e estar firmes na fé, de acordo com a Palavra de Deus, II Timoteo 1.13 – “Tome como modelo os ensinamentos verdadeiros que eu lhe dei e fique firme na fé e no amor que temos por estarmos unidos com Cristo Jesus.”

3º.   A secularização produz aversão a sã doutrina e conduz as pessoas a aceitação de falsos ensinos, II Timoteo 4.3 – “Pois vai chegar o tempo em que as pessoas não vão dar atenção ao verdadeiro ensinamento, mas seguirão os seus próprios desejos. E arranjarão para si mesmas uma porção de mestres, que vão dizer a elas o que elas querem ouvir. 4 Essas pessoas deixarão de ouvir a verdade para dar atenção às lendas

4º.   A igreja deve defender a verdade, Tito 1.13,14 – “13 E ele tinha razão quando disse isso. Portanto, você tem de repreender duramente esses falsos mestres para que sejam sadios na fé 14 e parem de dar atenção a histórias inventadas por judeus e a ensinamentos humanos que vêm de pessoas que rejeitam a verdade.”

Muitos líderes se preocupam com o crescimento numérico de suas igrejas e fazem inúmeras concessões doutrinárias e desprezam as verdades bíblicas. Nós lutamos por uma igreja saudável, que busque orientação na Palavra de Deus, que se preocupe primeiramente em agradar à Deus. O apostolo Paulo afirmou em Filipenses 3.12-14 que: “Não que já a tenha alcançado ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. 13 Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam e avançando para as que estão diante de mim, 14 prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Quatro pontos fundamentais para a pessoa que pretendem tornar-se membro do Ministério Independência com Cristo. A uniformidade desses pontos não é essencial para a salvação, mas para tornar a igreja um ambiente saúdavel e ajudar na vida prática da comunidade.

1º.   Aceitar que a salvação provém por meio da fé em Jesus Cristo e mais ninguém;

2º.   Aceitar o bastimo por imersão como sinal de arrependimento e fé em Jesus;

3º.   Aceitar a Bíblia como regra de fé e manual de conduta para a vida prática;

4º.   Aceitar o governo eclesial da igreja e seus regulamentos, reconhecendo que os pastores são líderes colocados por Deus para ensinar-lhe o caminho do Senhor;

É possível que haja divergências sobre coisas que não são necessárias para a salvação e vida em comunidade da igreja. Há muitas questões na Bíblia que não são claras e permitem questionamentos e dúvidas, mas precisamos entender que quanto mais doutrinariamente, do ponto de vista bíblica, estivermos unidos, mais iremos expressar a nossa unidade às pessoas.

Quando não há unidade quanto à doutrina bíblica, ocorre divisões, contendas e perdas, como Paulo descreve em I Timóteo 6.4b-5: “E daí vêm invejas, brigas, insultos, desconfianças maldosas 5 e discussões sem fim, como costumam fazer as pessoas que perderam o juízo e não têm mais a verdade. Essa gente pensa que a religião é um meio de enriquecer.”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s