Tragédia cristã


Perseguicao aos cristaos na india“Não temas minha amiga – Deus está no comando”. Foram as palavras que eu ouvi em um programa evangélico, numa rádio de grande alcance e projeção nacional. As pessoas que comandavam o programa se intitulavam como bispo, vaso, profeta, mulher de fogo e por aí afora.

O bispo afirma que Deus criou um clube denominado ‘Parceiros de Deus’ e que seus membros devem doar ofertas de sacrifício para manter o programa no ar.  Ele cita a passagem bíblica quando os filhos de Israel eram escravos no Egito, o anjo da morte iria visitar todas as casas e matar o filho primogênito, os filhos de Israel sacrificaram um cordeiro naquela noite e untaram os umbrais das portas com o sangue do novilho. “A tua oferta é o novilho do sacrifício”, dizia o pregador, “então deposite a tua oferta para o clube parceiros de Deus e nos lhe enviaremos um “ …” (não entendi) para você colocar no lado direito da sua porta para que o anjo da morte não visite a sua casa”

Eu ouvi muito mais, aliás, sempre ouço muito mais (risos) desses pseudos pregadores que acumulam riquezas e prestígios em nome do Evangelho, ensinando coisas absurdas do tipo invistam seu dinheiro em nós e Deus te recompensará. Eu me pergunto: Esse é o evangelho ensinado por Jesus? Certamente que não.

Que Deus tem o controle de tudo nós sabemos e reconhecemos, o universo é sustentado pelo poder de Deus (até que a ciência prove o contrário, é nisso que eu creio). Mas, o comando da vida de uma pessoa pertence a ela, trata-se do livre arbítrio que Deus deu a todos os seres humanos e obrigar uma pessoa a fazer algo é tirar dela a sua liberdade, com certeza Deus não age assim. Ele sempre oferece no mínimo dois caminhos – a benção e a maldição, a vida ou a morte, cabe a pessoa escolher o que deseja para a sua vida. Não podemos responsabilizar Deus pelos atos ou decisões erradas que tomamos. Se a pessoa deseja que Deus comande a sua vida, o primeiro passo é entregá-la a Deus e seguir a sua vontade conforme ensina as escrituras.

O que eu ouvi não tem nada a ver com a vontade de Deus e sim de um grupo de pessoas que ganham sua renda ensinando essas falácias para outras, aproveitando-se da ingenuidade, ignorância ou desespero do ouvinte

O evangelho ensinado por Jesus e que deve ser praticado pelos cristãos que se dizem seguidores de Jesus é simples, não requer pagamento de indulgências em troca de benefícios ou rituais em substituição a fé invisível e sobrenatural.

criancas com fomeSe fizermos uma avaliação precisa desses pregadores veremos que a maioria não pratica o que prega, são apenas atores em cena usando o evangelho como enredo para as suas encenações. Eles falam de amor, mas não demonstram solidariedade com o próximo, nem mesmo com os seus irmãos na fé; não apóiam ou realizam ações que beneficie os menos favorecidos; ignoram as crianças porque elas não podem contribuir com seus ministérios; distorcem os ensinamentos bíblicos para justificar suas ações; são amantes de si mesmo; etc…

Eu percebo a cada dia que passa uma distância maior entre uma parte dos cristãos e os ensinamentos de Jesus Cristo. Eu sei que há muitos cristãos piedosos pelo mundo, alguns nesse momento estão passando fome, enfrentando doenças e perigos, crianças e pais sendo violentados em nome da fé cristã e mesmo assim são fiéis a Deus.

Será que os pregadores da prosperidade se habilitariam a passar pelos mesmos sofrimentos que esses irmãos para servir a Cristo ou procurariam outro deus que pudesse lhes dar carro de luxo, casas suntuosas e outros benefícios terrenos?

Cristas presas Não estou dizendo que para ser um cristão autêntico temos que ser miseravelmente pobre, mas que os cristãos ricos deveriam atentar mais a extinção da pobreza, aumentar o nível de escolaridade das crianças, a construção de casas para os miseráveis, assistência às famílias, aos prisioneiros, etc.

Eu oro e peço a Deus todos os dias que tenha misericórdia de nós e nos ajude. Não diga apenas “Eu sou um cristão”, pratique o que Jesus nos ensinou.

Ora vem Senhor Jesus!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s