Avivamento no lar


Avivamento na familiaNão há como negar a importância da família para a sociedade, pessoas e igreja. Primeiro porque a família é uma instituição divina criada pelo próprio Deus, desde Adão e Eva; em segundo lugar, porque a família é um projeto divino, o protótipo de uma sociedade organizada;

Essas duas razões já justificam a razão pela qual a família sofre tantos ataques, uma família desestruturada trará sérias consequências para a sociedade que será abalada em sua base, exemplo: menores abandonados, criminalidade crescente, desajustes de conduta, etc.

Mas temos outra razão que envolve a igreja e reveste a família de uma importância sem igual: A igreja começa na família, isso significa que a conduta familiar irá se reproduzir na igreja, se a família for avivada a igreja estará em pleno avivamento espiritual, etc.

1. DEUS, O SENHOR DA FAMÍLIA.

Durante sua fuga, Jacó teve uma visão de uma escada na qual os anjos subiam e desciam. Nesse lugar ele fez um voto ao Senhor (Gn 28.11-22). Depois de longo período observamos que Jacó esqueceu-se do seu voto e surgiram as crises, como ocorre com a maioria das pessoas,

O que provocou a crise na família de Jacó?

  • Jacó se esqueceu do voto que havia feito;
  • Jacó desobedeceu a Deus, tomando direção errada, Gn 31.13 – Eu sou o Deus que apareceu a você em Betel, onde você me dedicou uma pedra, derramando azeite sobre ela, e onde você me fez uma promessa. Agora prepare-se, saia desta terra e volte para a terra onde você nasceu.” – 33.18-20 – 18 Assim, Jacó voltou da Mesopotâmia para Canaã; ele chegou são e salvo à cidade de Siquém e armou o seu acampamento ali perto. 19 Por cem barras de prata comprou terras dos filhos de Hamor, o pai de Siquém, e nelas armou o seu acampamento.  20 Ali ele construiu um altar e pôs nele o nome de El, o Deus de Israel.
  • O altar em Betel não havia sido levantado, Gn 35.1 – Deus disse a Jacó: – Apronte-se, vá para Betel e fique morando lá. Em Betel construa um altar e o dedique a mim, o Deus que lhe apareceu quando você estava fugindo do seu irmão Esaú.

Jacó, o chefe da família, havia passado pela experiência de transformação no vau de Jaboque, Gn 32,22-32, porém, a sua família não:

  • A sua esposa era idólatra, Gn 31.32;
  • Os seus filhos violentos, Gn 49.5-7.

Portanto, a crise em Siquém por pouco não destruiu a família de Jacó, Gn 34 (Diná é abusada e seus irmãos vingam matando os homens de Siquém)

2.      A SOLUÇÃO DA FAMÍLIA ESTÁ EM DEUS

  • Levanta-te e sobe a Betel – Deus tem sempre a direção certa; se os crentes andassem na direção de Deus, muitas crises que acontecem, não aconteceriam. O capítulo 35 inicia assim: “Depois disse Deus a Jacó: Levante-te, sobe a Betel…”, Gn 35.1, naturalmente, a palavra depois refere-se a crise relatada no capítulo anterior. A ordem de subir a Betel demonstra que somente uma renovação espiritual ou avivamento era capaz de tirar a família de Jacó da crise.
  • Betel, o lugar correto – Betel, significa: “casa de Deus”. Betel é o lugar da revelação de Deus, é também o lugar de encontro e de comunhão com Deus. Andar em direção à Betel, ainda que geograficamente seja uma descida, espiritualmente será sempre uma subida.
  • Betel, o lugar da habitação – Ao retornar de Padã-Arã, Jacó fixou residência em Siquém, Gn 33.18,19, e neste lugar erigiu um altar, Gn 33.20, porém, Jacó nunca deveria ter fixado residência neste lugar. A palavra “Siquém” vem do heb. “xekem”, que significa “dorso” ou “espinhaço”, que é uma designação da coluna vertebral, “aresta de um monte” ou “cordilheira”. Siquém recebeu este nome em honra e homenagem ao príncipe Siquém filho Hamor, heveu, Gn 34.2; enquanto Betel recebe este nome em honra e homenagem ao Senhor.
  • Betel, o lugar de adoração – “Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; faze ali um altar ao Deus que te apareceu…” A ordem não era apenas subir a Betel e habitar, mas também fazer um altar

2.1  – O ESPOSO, LÍDER DA FAMÍLIA.

Jacó assume a liderança espiritual da sua família, reúne todos da sua casa, e aponta o caminho a seguir, Gn 35.2,3 – Então Jacó disse à sua família e a todos os que estavam com ele: – Joguem fora todas as imagens dos deuses estrangeiros que vocês têm. Purifiquem-se e vistam roupas limpas. 3 Aprontem-se, que nós vamos para Betel. Ali vou fazer um altar dedicado ao Deus que me ajudou no tempo da minha aflição e que tem estado comigo em todos os lugares por onde tenho andado. O esposo não deve preocupar-se somente com a estrutura física e educacional de sua família, mas muito mais, com a estrutura espiritual.

3.      FAMÍLIA AVIVADA RECONHECE A AUTORIDADE

A família de Jacó obedeceu, tirando os deuses estranhos, e juntos subiram a Betel. Um dos elementos para o avivamento no lar é a obediência.

A prontidão da família em obedecer. – Eles entregaram as imagens dos deuses estrangeiros que tinham e os brincos que usavam nas orelhas. E Jacó enterrou tudo debaixo da árvore sagrada que fica perto de Siquém, Gn 35.4.

A família de Jacó renunciou aos ídolos, e Jacó os escondeu. O avivamento somente se concretizará, quando todos os membros da família abrirem mão de coisas íntimas e individuais, como Raquel, a esposa predileta de Jacó se desprendera dos ídolos que furtara do pai, e a muitos anos conservava consigo, Gn 31.19. O poder de Deus fluirá, quando todos os membros da família se desprenderem das coisas que estão arraigadas na conduta, caráter e na própria natureza humana; a Bíblia diz: “Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor”, Pv 25.4.

A família segue uma direção dada por Deus e se livram dos seus inimigos – Gn 35.5 – Quando eles foram embora, Deus fez com que os moradores das cidades vizinhas ficassem com um medo terrível, e por isso eles não perseguiram Jacó.

A família que anda na direção de Deus, pode contar com a sua proteção. Quando a família se mostra interessada pela casa de Deus, o olhar de Deus se volta para a mesma e a protege.

 

4.      O LIDER DA FAMÍLIA DEVE SER SUBMISSO AO SENHOR

Feliz é a família que procura se enquadrar dentro da cadeia da submissão que Deus estabeleceu para a família, ou seja, os filhos submissos aos pais, Ef 6.1; a esposa submissa ao marido; o marido submisso à Cristo, 1a Co 11.3.

Gn 35.6,7Assim, Jacó e toda a sua gente chegaram a Luz, cidade que também é conhecida pelo nome de Betel e que fica na terra de Canaã. Ali ele construiu um altar e pôs naquele lugar o nome de “O Deus de Betel” porque ali Deus havia aparecido a ele, quando estava fugindo do seu irmão.

Há pessoas que não conseguem entender, porque acontecem coisas desagradáveis na família, embora estejam adorando a Deus. Elas entendem que determinados contratempos não poderiam acontecer na vida de um adorador. Talvez este pensamento a princípio tivesse atormentado a mente de Jacó quando ainda estava em Siquém, pois o capítulo 33 encerra dizendo que Jacó levantou ali um altar e chamou-lhe, o Deus de Israel, Gn 33.20; e o capítulo 34 inicia relatando o triste incidente ocorrido naquele lugar envolvendo seus filhos. Porém, há pelo menos sete razões porque Deus permitiu aquele incidente:

  • Jacó se esquecera do voto que havia feito, Gn 28.20-22.
  • Jacó não estava na direção de Deus, Gn 31.13.
  • Jacó estava agindo de acordo com o seu próprio sentimento, levantou em Siquém um altar, procedeu como um religioso que age ao seu próprio modo. Esta é uma arma antiga do inimigo, a primeira proposta de Faraó para Moisés, foi que adorassem a Deus na terra do Egito, porém, Moisés recusou, Êx 8.25,26.
  • Jacó não adorou a Deus baseado no princípio divino, Gn 31.13; 35.1.
  • Jacó não baniu com a idolatria na sua família, Sl 16.4.
  • Jacó sendo espiritual, não havia assumido a liderança espiritual, I Tm 3.4,5; 5.8.
  • Jacó até então não havia entendido que Deus só tem compromisso com pessoas que agem de acordo com os seus princípios, Gn 35.5.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s