Barreiras que impedem o avanço do IDE …


barreiras que impedem o avanço do IDEMateus 28.17-20: 17 E, quando viram Jesus, o adoraram; mas alguns tiveram suas dúvidas. 18 Então Jesus chegou perto deles e disse: – Deus me deu todo o poder no céu e na terra. 19 Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo 20 e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.

A tarefa de evangelização tem se tornado cada vez mais difícil nos últimos tempos. Formar discípulos então tornou-se o grande desafio da igreja contemporânea.

Recentemente publiquei uma frase de Zekar Tanyar que dizia: Não creio em métodos de fundar igrejas, mas sim em levar almas a Cristo, pois não plantamos florestas, mas sim árvores e estas vão formar florestas. Vidas salvas formam as igrejas (Zekar Tanyar).

Essa frase me tocou profundamente, principalmente porque a missão que Jesus ordenou a Igreja incluía não apenas a disseminação da Palavra através da evangelização, mas o discipulado como método eficaz para a crescimento da Sua Igreja na face da terra. Bons cristãos formam bons cristãos quando a conversão é genuína e há discipulado.

 Notem que quando os discípulos se encontraram com Jesus o adoraram, porém alguns duvidaram que era o Cristo. O mesmo acontece atualmente e isso tem dificultado a tarefa da evangelização e discipulado.

A igreja sofre por falta de uma identidade; as pessoas estão menos simpáticas ao evangelho; pastores são associados à mercenários; o testemunhos dos cristãos não os diferem do mundo; alguns atendem ao convite para ir ao culto por educação, mas não estão convencidos acerca da fé cristã.

Os maiores impedimentos estão relacionados ao secularismo e a religiosidade promovida pelas igrejas através da liturgia, costumes, indiferença.

A verdade é que as pessoas buscam uma religião que possa aproxima-las de Deus, mas não estão dispostas a perder tempo com dogmas e tradicionalismo que ocupam o espaço que deveria ser dedicado a adoração e ensino da Palavra de Deus. As pessoas veem ao culto porque querem ser cheias de Deus.

Quando olhamos para a igreja como uma comunidade de cristãos observamos duas barreiras impeditivas ao evangelismo, dentre outras:

1º.   Barreira Eclesiológica – diz respeito a igreja como um todo, sua visão, liturgia, dogmas, organização, visão, liderança, etc.;

2º.   Barreira Pessoais – está relacionada a cada cristão individualmente.

Há uma batalha acontecendo dentro das igrejas, uma verdadeira disputa entre Igreja Reino de Deus versus Igreja denominação. Muitos líderes ocupam boa parte dos seus sermões criticando outras denominações e pessoas, o Reino de Deus não é isso. Não existe Reino de Deus somente para velhos, jovens ou crianças.

É hora de nos despertamos e buscar em Deus sabedoria para que a nossa igreja esteja dentro de um padrão divino que atraia pecadores que se arrependem diante de Cristo.

Não podemos moldar nossas reuniões aos padrões dos cristãos antigos simplesmente, muitos frequentadores dos cultos são novos na fé ou descrentes que desejam conhecer a Deus, mas ainda são como crianças que precisam ser alimentadas com o leite espiritual antes de dar-lhes alimento sólido. Para os cristãos adultos na fé temos reuniões especificas onde o ensino bíblico é mais aprofundado e ministérios que podem ser exercidos para alcançar novos crentes.

Existem outras barreiras eclesiológicas e pessoais que atrapalham a comunicação das boas novas, infelizmente o resultado são as pessoas se afastando de Deus e das igrejas. Se as pessoas não aceitarem a Cristo, não haverá novos discípulos.

Podemos cumprir a ordem de Jesus para evangelizar e discipular de várias maneiras.  Algumas vezes devemos falar (Atos 17.30); outras vezes devemos manter-nos calados (I Pedro 3.1); em algumas situações temos que agir (Êxodo 14.15); em outras devemos esperar (Salmos 40.1).

Alguns discípulos tiveram dúvidas, embora o adorasse, não acreditavam em seu poder, pelo que lhes assegurou “Deus me deu todo o poder no céu e na terra.” Em seguida ele ordenou – vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo 20 e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.

Essa é a verdade que devemos pregar e ensinar. Jesus tem todo o poder para perdoar na terra e assegurar o céu àqueles que crer.

Não podemos permitir que barreiras eclesiológicas ou pessoais nos impeça de obedecer a orem de Jesus.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s