A busca pelo poder espiritual


batalhaEu percebo muita gente nas igrejas desejando poder espiritual. Já ouvi inúmeras vezes dizerem que a “igreja que frequento é fria”. Mas, em que se baseia essa afirmação? Provavelmente nas emoções e anseios pessoais, mais do que nas escrituras e no desejo real de sentir e viver uma vida controlada e cheia do Espírito Santo.

Aquilo que alguns consideram como manifestação do poder de Deus, na maioria das vezes não passa de emoções humanas que acalentam os sentimentos vazios de alguém que não conhece a Deus, funciona como anestesiante natural que dura por horas ou dias, mas não preenche a lacuna em sua alma.

O poder espiritual que nós precisamos é aquele que vem de Deus, é o poder que nos leva a compreender e viver sob vontade divina, mesmo quando as nossas emoções não conseguem satisfazer-nos.

Todas as conquistas da igreja começam no mundo espiritual, os resultados no mundo natural são consequências das ações e batalham que travamos no mundo espiritual. Por isso o apostolo Paulo declarou: Pois nós não estamos lutando contra seres humanos, mas contra as forças espirituais do mal que vivem nas alturas, isto é, os governos, as autoridades e os poderes que dominam completamente este mundo de escuridão. Efésios 6.12

Hoje eu quero ministrar um sermão baseado nos escritos de A. W. Tozer (1897-1963), pastor de igrejas da Aliança Cristã e Missionária por mais de 30 anos. Ele nunca freqüentou um seminário, mas os seus conhecimentos bíblicos lhe renderam várias pregações e escritos, foram mais de 40 livros, além de dois títulos de doutor honorário. Ele é tido como um dos maiores pregadores de todos os tempos.

 

05 VOTOS PARA OBTER PODER ESPIRITUAL

A Bíblia cita inúmeras passagens falando sobre votos, que significa fazer um pacto acerca de algo que desejamos ou não desejamos. Em Salmos 56.12,13 lemos: “Ó Deus, eu te darei o que prometi, eu te darei a minha oferta de louvor porque me salvaste da morte e não deixaste que eu fosse derrotado. Assim, ó Deus, eu ando na tua presença, eu ando na luz da vida”

A primeira pergunta que cada um de nós deve responder: Você quer poder espiritual?

Se a tua resposta for positiva, então faça e cumpra seus votos ao Senhor. Se em algum momento você falhar, então peça perdão ao Senhor que é rico em misericórdia.

O homem carnal busca satisfazer as obras da carne e não gosta de pactos por considerar legalismo estar preso a qualquer compromisso, ele deseja ser livre. Mas, observe a história de dois homens:

  1. O primeiro preferiu ser livre de qualquer compromisso, age como um desocupado, para ele essa é a melhor escolha. Ele não trabalha, dorme em qualquer canto, come restos de refeições que as pessoas lhe oferecem, etc. Na visão da sociedade esse homem é visto como um ser inútil que apenas ocupa um lugar no mundo, sem contribuir com qualquer coisa.
  2. O segundo homem é bem sucedido, ele é um empresário ou líder de governo, não pode ser livre, tem obrigações para cumprir. Ele representa o poder, ele contribui para o mundo em que vive com o seu trabalho, experiência, recursos, etc. Se esse homem desejar ser livre de qualquer compromisso, se tornará inútil como o primeiro homem.

A verdade é que na vida cristã nos deparamos com muitos cristãos desocupados que não querem estar comprometidos a alguma coisa. Eles transformaram a graça de Deus e liberdade cristã em libertinagem.

O cristão espiritual sabe que o seu sucesso em qualquer empreendimento passa pela vontade de Deus e que seus votos perdem o valor sem a ausência do Espírito de Deus. Se nós queremos ter poder espiritual, precisamos nos comprometer com as coisas de Deus. Vamos às sugestões de votos que podemos fazer ao Senhor e procurar cumpri-los para que sejamos espiritualmente poderosos.

PRIMEIRO VOTO – EU VOU TRATAR O PECADO OM SERIEDADE

O pecado não possui uma única face, ele se apresenta de formas e modos diferentes. A sua presença é sentida a todo instante na família, igreja, escola, trabalho, relacionamentos, amizades, ambiente virtual, literatura, música, imagem, etc. A determinação bíblica continua valendo até os nossos dias: Ezequiel 18.4 – “… A pessoa que pecar é que morrerá.”

Algumas pessoas tentam mascarar o pecado ao invés de desmascará-lo, isso não funciona, procure identificá-lo e elimine-o mais breve possível, antes que a morte te surpreenda: Galatas 5.19-21 – As coisas que a natureza humana produz são bem conhecidas. Elas são: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, 20 a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, 21 as invejas, as bebedeiras, as farras e outras coisas parecidas com essas. Repito o que já disse: os que fazem essas coisas não receberão o Reino de Deus.

A resistência ao pecado nos levará a uma dimensão de poder espiritual que não pode ser experimentado de modo natural.

SEGUNDO VOTO – EU NÃO SEREI POSESSIVO, DEUS É SENHOR DE TUDO.

Não estamos falando sobre você vender sua casa ou bens e sair pelo mundo como um peregrino. Libertar-se do egoísmo é deixar de lado o sentimento de posse que nos acompanha desde o nascimento, como uma criança mimada, nós estamos sempre dizendo: “isso é meu, isso é meu, isso é meu”.

Esse senso de propriedade é um grande problema para a ação do Espírito na vida da pessoa. Nós cristãos estamos em Cristo e herdamos a sua natureza, isso significa que não devemos agir com avareza e egoísmo, não reconhecendo que a fonte de tudo o que temos e somos é Deus. I Crônicas 29.12-14: “Toda a riqueza e prosperidade vêm de ti; tu governas todas as coisas com o teu poder e a tua força e podes tornar grande e forte qualquer pessoa. 13 Agora, nosso Deus, nós te agradecemos e louvamos o teu nome glorioso. 14- No entanto, o meu povo e eu não podemos, de fato, te dar nada, pois tudo vem de ti, e nós somente devolvemos o que já era teu.

Uma vida espiritualmente poderosa é capaz de reconhecer a soberania de Deus sobre tudo que possui – Salmos 103.1-2: Ó SENHOR Deus, que todo o meu ser te louve! Que eu louve o Santo Deus com todas as minhas forças! 2 Que todo o meu ser louve o SENHOR, e que eu não esqueça nenhuma das suas bênçãos!

TERCEIRO VOTO – EU NÃO IREI ME DEFENDER DAS ACUSAÇÕES, EU VOU DEIXAR QUE DEUS O FAÇA

É uma tendência natural do ser humano se defender, em algumas situações isso é plausível e necessário, mas existem pessoas que se irritam facilmente quando alguém fala dela e querem partir para a confusão generalizada, alegam que a sua honra está em jogo, querem justiça, etc.

Quem tenta resolver problemas relacionados a comentários obscuros sobre a sua pessoa age como aquele que encontrou uma pena de pássaro no seu quintal e sai em busca do pássaro tentando identificá-lo. Ouça o que o Senhor Deus disse a Moisés em Êxodo 23.22 – Se vocês lhe obedecerem e fizerem tudo o que ele mandar, eu lutarei contra todos os inimigos de vocês.

Aleluias! Temos um defensor que peleja contra os nossos inimigos nas batalhas, desde que obedecemos as suas ordens, Isaias 54.17 – Mas nenhuma arma poderá derrotar você, e, se alguém for ao tribunal para acusá-la, você não será condenada. O que eu faço pelos meus servos é isto: eu lhes dou a vitória.” O SENHOR falou.

Quando você desenvolve uma vida de oração e busca pelo poder espiritual, muitas pessoas más começam a falar contra você tentando lançar a sua reputação na lama, às vezes Deus permite que isso ocorra para que da lama você possa surgir como instrumento transformado por Deus para uma vida espiritual poderosa.

QUARTO VOTO – EU NÃO SEREI EMISSÁRIO DAQUILO QUE PREJUDICA ALGUÉM

O fofoqueiro não tem parte no Reino de Deus. Provérbios 6.16-19: Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que não pode tolerar: o olhar orgulhoso, a língua mentirosa, mãos que matam gente inocente, a mente que faz planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que diz mentiras e a pessoa que provoca brigas entre amigos.

As razões porque existem fofocas são inúmeras, cito apenas algumas:

1º.   Complexo de inferioridade conduz a pessoa a levar outras pessoas ao seu nível denegrindo quem é visto como superior;

2º.   Tentativa de destruir a imagem de alguém motivado por ciúmes;

3º.   Desejo de ser relacionar com as pessoas, por falta de conteúdo falam da vida alheia;

4º.   Geralmente o fofoqueiro tem informações privilegiadas e seu maior prazer é compartilhar informações a qualquer pessoa;

5º.   Sentem prazer em fazer com que os alvos dos seus comentários sejam vistos como pessoas más;

6º.   Falam sempre de erros, situações embaraçosas ou vergonhosas de outras pessoas mesmo sendo mentira.

Se você deseja ser poderoso no espírito precisa manter a boca fechada e não passar adiante coisas que possam prejudicar alguém, ainda que seja verdade o seu papel como Cristão é amar e perdoar, I Pedro 4.8 – Acima de tudo, amem sinceramente uns aos outros, pois o amor perdoa muitos pecados.

Se você ouvir falar de alguém, não passe adiante. Pegue essa informação e sepulte-a em sua memória para que não seja julgado por seus atos, Mateus 7.2 – Porque Deus julgará vocês do mesmo modo que vocês julgarem os outros e usará com vocês a mesma medida que vocês usarem para medir os outros

QUINTO VOTO – EU NÃO IREI ACEITAR QUALQUER TIPO DE GLÓRIA

Deus não divide a sua glória com ninguém, Isaias 42.8 – “Eu sou o SENHOR: este é o meu nome, e não permito que as imagens recebam o louvor que somente eu mereço.”

Algumas pessoas esperam que o seu serviço cristão lhe dê alguma glória, elas querem servir ao Senhor desde que as pessoas as vejam fazendo algo que dê notoriedade. Essas pessoas buscam elevar a sua reputação diante dos santos, do mesmo modo que os descrentes buscam a sua glória no mundo.

Os dons e talentos que recebemos não pertencem a nós, eles têm prazo de validade, o máximo que duram é até a nossa morte e depois disso só lembranças para os que ficam.

Na passagem da purificação do Templo (João 2.13-17) o problema daqueles homens é que estavam levando vantagens na venda dos animais para o sacrifício. Do mesmo modo ocorrem nos dias atuais, líderes querendo desfrutar da glória do serviço cristão. Quem quer que sirva por uma comissão, por um pouquinho de glória que possa tirar desse serviço, é um comerciante, e deve ser expulso do templo (Meister Eckhart).

Jesus é o nosso modelo, ele foi diferente, Filipenses 2.6-11 Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus. 7 Pelo contrário, ele abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, 8 ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte – morte de cruz. 9 Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nele o nome que é o mais importante de todos os nomes, 10 para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos 11 e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai.

O TEMPO PARA SE TORNAR ESPIRITUALMENTE PODEROSO É AGORA

As palavras desse sermão são duras e representam a nossa realidade. Mesmo que inconscientemente, às vezes somos levados ao distanciamento do Espírito de Deus e deixamos de experimentar a sua plenitude em nossas vidas. Todos os atos que envolvem a vida cristã são importantes (orar, jejuar, leitura bíblica, participar dos cultos, etc), mas o Espírito somente irá habitar um coração que esteja totalmente limpo e aberto para recebê-lo.

   Cabe a você determinar se quer ou não experimentar esse poder glorioso do Espírito Santo. Esses votos devem ser escritos com lágrimas e sangue em seu coração, eles requerem sacrifício permanente.

Não basta escrevê-los em sua Bíblia, na linha de tempo do facebook, na tela inicial do computador ou celular, na porta da casa, etc. Esses votos precisam ser vividos e não podem ser revogados por alguma razão.

Às vezes somos superficiais em nossos votos, quando erramos dizemos que Deus nos compreende e ai nós seguimos em frente. Porém, não experimentamos o poder espiritual em nós, o tempo passa e nos tornamos religiosos.

Esses votos contrariam a natureza humana e introduzem a cruz de Cristo em sua vida. Eles te levam a assumir a sua posição como embaixador de Deus no mundo, tomar a sua cruz e seguir em frente com Jesus.

Quem toma a sua cruz e passa a seguir Jesus não pode recuar. A cruz não é como outras decisões que tomamos na vida e depois abandonamos. Ela não é um experimento. Ela é a nossa verdade e realidade. Não existe estrada de volta, apenas para frente em direção à Cristo, o nosso alvo.

VOCÊ PODE ORAR COMIGO AGORA?

Deus glorifica-te em minha vida, mesmo que isso me custe caro. Eu estou disposto a assumir o compromisso de viver uma vida santa que te agrada; eu não tentarei voltar atrás; eu desejo experimentar e viver sob o domínio do Teu Espírito Santo e ter uma vida espiritual poderosa. Eu prometo, em nome de Jesus!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s