Somente em Deus


canstockphoto36916441 Somente em Deus eu encontro paz; é dele que vem a minha salvação. 2 Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu nunca serei derrotado. 3 Até quando todos vocês atacarão um homem que é mais fraco do que uma cerca derrubada?  4 Vocês somente querem tirá-lo do seu lugar de honra. Vocês gostam de mentir; dizem coisas boas a respeito dele, mas no coração o amaldiçoam. 5 Somente em Deus eu encontro paz e nele ponho a minha esperança. 6 Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu não serei abalado. 7 A minha salvação e a minha honra dependem de Deus; ele é a minha rocha poderosa e o meu abrigo. 

8 Confie sempre em Deus, meu povo! Abram o coração para Deus, pois ele é o nosso refúgio. 9 Os seres humanos, tanto os pobres como os ricos, são inúteis, são somente um sopro. Se fossem colocados na balança, não pesariam nada; são mais leves do que um sopro. 10 Não confiem na violência, nem esperem ganhar alguma coisa com o roubo. Ainda que as suas riquezas aumentem, não confiem nelas. 

11 Mais de uma vez tenho ouvido Deus dizer que o poder é dele 12 e o amor, também. Tu, ó Senhor, recompensas cada um de acordo com o que faz.

Salmos 62.1-12 NTLH

Ouça a voz de Deus e espere Nele sem pressa. Na versão NTLH que estamos acostumado a ler, os versos 1 e 5 diz: Somente em Deus eu encontro paz;” Porém em outra versão (RA) afirma que: Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa;”

O sentido é basicamente o mesmo, fala de calma e espera, nada de pressa quando o assunto for sobre ‘esperar em Deus’. O salmista não demonstra desassossego, agitação, ansiedade ou falta de fé. Ele está falando consigo mesmo, ele não grita, ele não fala à outras pessoas, mas no silêncio da sua alma numa demonstração de fé, ele diz: “Somente em Deus …”

É no silêncio que podemos ouvir mais claramente a voz de Deus, sem interrupções e sem o barulho que pode nos confundir. Muitas orações são feitas no silêncio, quando não há palavras que expressem o seu sentimento, no seu interior você fala com Deus e ele te responde em silêncio. Às vezes não existem palavras em nossos lábios, apenas a certeza que Deus está ouvindo e falando, trazendo respostas para as nossas vidas. Hebreus 8.10: Quando esse tempo chegar, diz o Senhor, farei com o povo de Israel esta aliança: Eu porei as minhas leis na mente deles e no coração deles as escreverei. Eu serei o Deus deles, e eles serão o meu povo.

Deus supre nossas necessidades. Ainda no verso 1 ele declara: “é dele que vem a minha salvação.” Que bela declaração de confiança em Deus. A Bíblia diz que Deus supre as nossas necessidades (Fp 4.19). Portanto, se cremos nessa palavra devemos esperar porque a qualquer instante Deus irá nos socorrer.

Em Deus temos estabilidade e confiança. Verso 2 diz: Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu nunca serei derrotado. Quando estamos em Deus temos essa sensação de estabilidade, ainda que o mundo se abale a nossa confiança está em Deus, sabendo que estamos protegidos pelo Senhor.

Em Deus a nossa fraqueza é substituída pela sua força. Em Isaias 40.31 está escrito: “mas os que confiam no SENHOR recebem sempre novas forças. Voam nas alturas como águias, correm e não perdem as forças, andam e não se cansam.” Nele podemos voar em liberdade sem sentir as pressões do dia a dia, correr em busca de novas conquistas e caminhar sem parar na força do Senhor que não se cansa.

É bom esperar no Senhor, isso requer paciência, perseverança, esperança e fé. O salmista apresenta várias razões que justificam essa espera:

Em Deus nós não seremos abalados (v.2). O salmista tinham inúmeros inimigos internos e externos, naturais e espirituais. A sua fé em Deus o fez acreditar que não seria abalado.

Verso 3 – Até quando todos vocês atacarão um homem que é mais fraco do que uma cerca derrubada?  4 Vocês somente querem tirá-lo do seu lugar de honra. Vocês gostam de mentir; dizem coisas boas a respeito dele, mas no coração o amaldiçoam.

  1. No verso 3 ele mostra que um homem pode ser atacado em sua fraqueza, a enfermidade é um problema natural, os inimigos são impiedosos e atacam esse homem mesmo sabendo que ele já está debilitado;
  2. No verso 4 ele fala sobre o homem honesto e honrado, cercado por invejosos, falsos amigos, mentirosos e caluniadores que planejam derrubá-lo. Essas pessoas falam o bem com a sua boca, mas no coração está o ódio e inveja, são hipócritas em suas ações. Mas, quem confia no Senhor não permanecerá abalado;

Verso 7 – A minha salvação e a minha honra dependem de Deus; ele é a minha rocha poderosa e o meu abrigo.

A nossa honra depende de Deus (v.7). Esse é um reconhecimento da soberania divina em sua vida. Embora o salmista ocupasse uma posição honrada, ele não atribui a honra a sua capacidade, ao título real ou ao povo que lhe prestava louvores. No Salmo 3.3 ele diz: Porém tu, SENHOR, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a minha cabeça. Deus era o autor de sua glória temporal, honra e dignidade, e também de toda a sua glória espiritual … (John GUI)

Verso 8 – Confie sempre em Deus, meu povo! Abram o coração para Deus, pois ele é o nosso refúgio. 9 Os seres humanos, tanto os pobres como os ricos, são inúteis, são somente um sopro. Se fossem colocados na balança, não pesariam nada; são mais leves do que um sopro. 10 Não confiem na violência, nem esperem ganhar alguma coisa com o roubo. Ainda que as suas riquezas aumentem, não confiem nelas.

Devemos confiar sempre em Deus (v.8). O salmista primeira expressa a sua confiança em Deus, agora ele convida a todos para que tenham a mesma atitude, que passem a confiar em Deus e que abram seus corações para Ele. Qualquer pessoa está sujeita a viver uma crise em sua vida, passar por uma situação difícil ou tribulação – o segredo para superar esses obstáculos é confiar em Deus.

O salmista afirma que todas as pessoas são iguais, tanto rico quanto o pobre são como o sopro de ar, a alta posição que alguns ocupavam era somente ilusão, na balança de Deus todos tem o mesmo peso. Os inimigos do salmista provavelmente se julgavam muito superiores a ele, mas a balança de Deus haveria de julgá-los mostrando-lhes o seu valor. Lembremos do rei Belsazar dos Caldeus, Daniel 5.27: “Pesado foste na balança e achado em falta.”

A força ou injustiça humana não podem garantir a vitória, os ricos com todos os seus bens não podem assegurar confiança. Qualquer poderoso que for colocado na balança de Deus se descobrirá sem valor.

O salmista fala sobre os poderosos de sua época que matavam, extorquiam, subjugavam e ameavam as pessoas, acreditando que o seu dinheiro e poder lhes garantiriam alguma coisa.

O apóstolo Paulo também alertou ao jovem Timóteo que ensinassem aos ricos e poderosos, I Timóteo 6.17: “Aos que têm riquezas neste mundo ordene que não sejam orgulhosos e que não ponham a sua esperança nessas riquezas, pois elas não dão segurança nenhuma. Que eles ponham a sua esperança em Deus, que nos dá todas as coisas em grande quantidade, para o nosso prazer!”

Verso 11 – Mais de uma vez tenho ouvido Deus dizer que o poder é dele. 12 e o amor, também. 12 Tu, ó Senhor, recompensas cada um de acordo com o que faz.

O poder e amor pertencem a Deus – O salmista tinha experiência com Deus e também ouviu de muitas pessoas acerca da soberania divina, mais uma vez ele deixa explicito que devemos confiar em Deus.

As pessoas não podem amar como Deus nos ama. Deus é a mais pura expressão de amor que conhecemos, ao passo que as pessoas são falíveis e interesseiras:

  1. Romanos 5.8 – Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado.
  2. João 3.16a – Porque Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho…

Deus recompensa cada um segundo as suas obras. A Bíblia afirma em Gálatas 6.7b: O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.

A justiça de Deus não está condicionada ao que a pessoa possui de bens materiais, ele age do mesmo modo com todos. O Sermão da Montanha é um belo exemplo do modo como age a justiça de Deus: Mateus 7.2,12 – Porque Deus julgará vocês do mesmo modo que vocês julgarem os outros e usará com vocês a mesma medida que vocês usarem para medir os outros.  12 Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês;

Você deseja ser recompensa por Deus? Então pratique boas obras. Ser cristão é ter plena confiança em Deus e viver uma vida totalmente entregue a Ele.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s