Deus restituirá tudo que é teu


autoridade espiritualLó, o sobrinho de Abrão, vivia em Sodoma e por isso também foi levado como prisioneiro. E levaram também tudo o que era dele. 13 Mas um homem escapou e foi contar tudo a Abrão, o hebreu, que morava perto das árvores sagradas que pertenciam a Manre, o amorreu. Manre e os seus irmãos Escol e Aner eram aliados de Abrão. 14 Quando Abrão ficou sabendo que o seu sobrinho tinha sido levado como prisioneiro, reuniu os seus homens treinados para a guerra, todos eles nascidos na sua casa. Eram trezentos e dezoito ao todo. Abrão foi com eles, perseguindo os quatro reis até a cidade de Dã. 15 Ali Abrão dividiu os seus homens em dois grupos, atacou os inimigos de noite e os derrotou. Ele continuou a persegui-los até Hoba, que fica ao norte da cidade de Damasco, 16 e trouxe de volta tudo o que os inimigos haviam levado. Abrão trouxe também o seu sobrinho Ló, e tudo o que era dele, e também as suas mulheres, e o resto da sua gente. Genesis 14.12-16

Ló é um personagem emblemático do AT. O seu nome significa ‘cobertura’:

  1. Ele era sobrinho de Abraão e o seguiu quando saiu de Harã com destino a terra prometida. Para alguns ele foi oportunista, para outros ele foi um grande apoiador da visão abraãmica.
  2. Jesus fez menção da sua esposa que foi transformada em estátua de sal (Lc 17.32), como consequência do seu amor demasiado as coisas do mundo.
  3. A sua história mostra que ele era um homem bom e temente a Deus, porém andava segundo a sua vista e não pela fé como o seu tio Abraão.
  4. Ele é o pai dos moabitas e amonitas, frutos de uma relação incestuosa com suas duas filhas (Gn 19.37,38).
  5. Durante o período em que caminharam juntos, Ló e Abraão prosperaram a ponto de a terra não suportar os dois grupos habitando no mesmo território, Gn 13.5,6 – Ló, que ia com Abrão, também levava ovelhas, cabras, gado, empregados e a sua família. 6 Não havia pastos que dessem para os dois ficarem juntos, pois eles tinham muitos animais.
  6. Abraão propõe que se separem e cada um siga o seu caminho, Gn 13.8,9 – Um dia Abrão disse a Ló: – Nós somos parentes chegados, e não é bom que a gente fique brigando, nem que os meus empregados briguem com os seus. 9 Vamos nos separar. Escolha! A terra está aí, toda ela. Se você for para a esquerda, eu irei para a direita; se você for para a direita, eu irei para a esquerda.
  7. Ló teve o privilégio de escolher o lado para onde seguir, embora o direito fosse de Abraão, ele não hesitou em escolher o que considerou ser um lugar lindo como o Jardim do Éden, Gn 13.10 – Ló olhou em volta e viu que o vale do Jordão, até chegar à cidade de Zoar, tinha bastante água. Era como o Jardim do SENHOR ou como a terra do Egito. O vale era assim antes de o SENHOR haver destruído as cidades de Sodoma e de Gomorra.
  8. Os olhos enganam. Aquele lugar lindo escondia a sua verdadeira face, Gn 13.12b,13 – Ló foi acampando até chegar a Sodoma, … onde vivia uma gente má, que cometia pecados horríveis contra o SENHOR.
  9. Alguns estudiosos afirmam que a ambição e escolha de Ló provocou a ruina da sua família, pois ele poderia ter permanecido com Abraão e se submetido ao governo do seu tio, mas isso não procede pois foi Abraão quem sugeriu que se separassem pacificamente (a causa da separação eram seus pastores e não os dois parentes).

Enquanto Ló habita nas proximidades de Sodoma e Gomorra achando que fez a melhor escolha da sua vida, do outro lado 4 reis inimigos decidem sair à guerra contra 5 reinos que incluíam as cidades de Sodoma e Gomorra.

Ló está aparentemente tranquilo. O problema de muitas pessoas é que ficam paralisadas diante de uma situação cômoda achando que estarão sempre bem – o inimigo não dorme, não descansa e está sempre articulando meios para destruir todos a sua volta.

Essa tranquilidade de Ló o deixou exposto e vulnerável, nessa posição ele é tomado de sobressalto pelos inimigos que roubam os seus bens, empregados e família. Ele fez o que parecia correto ao escolher habitar naquela região e agora ele e sua casa estavam refém dos inimigos, sem nada. Imagine a cena, um homem antes poderoso e rico prestes a ser transformado em escravo e perder tudo que conquistou.

A sua sorte é que um dos reféns consegue escapar e busca socorro em Abraão (nessa época Abrão – Grande Pai / Pai Elevado). Abraão se sente responsável pela segurança de Ló. A sorte de Ló é que alguém se preocupava com ele e não o deixaria refém para sempre.

Fazendo um paralelo com a nossa vida, ás vezes você toma decisões que inicialmente parecem ser boas; uma troca de emprego, a compra de um novo bem, a troca de um bem antigo por outro novo, o início de um empreendimento, um novo relacionamento, etc. Quando menos se espera você é saqueado e perde tudo que foi conquistado após anos de esforços, luta e trabalho.

Não adianta reclamar. Você é responsável pelas decisões que tomar; você pode ser traído pelos olhos achando que foi a melhor escolha, mas nem sempre o que é belo é o melhor. Abraão era mais experiente que Ló e aprendeu a viver pela fé, quando escolheu o que parecia ser uma terra ruim ele creu que Deus era poderoso para lhe dar tudo o que precisava, por isso Deus o aceitou (Rm 4.3), mas nem todo mundo tem a fé de Abraão.

A vitória de Ló dependia da intervenção de Abraão. A tua vitória depende da intervenção daquele que é Pai de todos, Efésios 4.6 E há somente um Deus e Pai de todos, que é o Senhor de todos, que age por meio de todos e está em todos.

Ló está nas mãos dos inimigos, tudo parecia perdido em sua vida. No momento em que as esperanças desvanecem surge Abraão com seus 318 homens valentes que lutam e vencem os inimigos. A resposta para Ló veio no momento certo.

Tudo que os inimigos saquearam foi devolvido para Ló e sua família. Ele volta para casa com a sua família e todos os pertences e nunca mais os inimigos ousaram mexer com Ló.

Como é bom sentir-se protegido, o salmista declarou: “pois tu és o meu protetor, o meu forte defensor contra os meus inimigos. ” (Sl 61.3)

Mesmo que os inimigos tenham roubado tudo que você possuía, ainda que a sua família tenha sido saqueada, Deus ouve os seus gritos e vem ao teu socorro, Salmos 145.17-19: O SENHOR é justo em todos os seus atos e fiel em tudo o que faz. 18 Ele está perto de todos os que pedem a sua ajuda, dos que pedem com sinceridade. 19 A todos os que o temem dá o que é necessário; ele ouve os seus gritos e os salva da morte.

A promessa do Senhor traz esperança, Zacarias 9.11,12 – O SENHOR Deus diz: “Moradores de Jerusalém, eu fiz uma aliança com vocês, que foi selada com sangue. Por isso, vou tirar o seu povo do cativeiro, daquele poço sem água. 12 Prisioneiros, voltem para a sua fortaleza; voltem todos os que ainda têm esperança. Pois vou lhes dar duas vezes mais bênçãos do que os castigos que vocês receberam.

Se o inimigo roubou a tua saúde, o Senhor restaura a sua saúde Salmos 41.3 – Quando estiverem doentes, de cama, o SENHOR os ajudará e lhes dará saúde novamente.

Você perdeu a força e esperança? O senhor restaura a tua esperança e força. Jeremias 31.25 – Eu animarei os cansados e darei comida a todos os que estão fracos de fome.

Quem está sob a proteção de Deus, não sofre para sempre. I Pedro 5.10 – Mas, depois de sofrerem por um pouco de tempo, o Deus que tem por nós um amor sem limites e que chamou vocês para tomarem parte na sua eterna glória, por estarem unidos com Cristo, ele mesmo os aperfeiçoará e dará firmeza, força e verdadeira segurança.

O Senhor restituirá tudo o que o seu povo perdeu e que roubado pelos inimigos e dará mais ainda, o seu Espírito – Joel 2.25-29 (RA): Restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto migrador, pelo destruidor e pelo cortador, o meu grande exército que enviei contra vós outros. 26 Comereis abundantemente, e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR, vosso Deus, que se houve maravilhosamente convosco; e o meu povo jamais será envergonhado. 27 Sabereis que estou no meio de Israel e que eu sou o SENHOR, vosso Deus, e não há outro; e o meu povo jamais será envergonhado. 28 E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; 29 até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s