Influenciando pessoas a sua volta


Vocês são o sal para a humanidade; … Vocês são a luz para o mundo. Mateus 5.13a, 14a.

Nós, os crentes em Jesus, fomos chamados para influenciar o mundo com a nossa fé, dedicação e compromisso com Deus. Jesus exigiu dos seus seguidores que fizessem a diferença, que fossem capazes de mudar um sistema, uma cultura e estabelecer o Seu Reino na terra.

A minha pergunta é: estamos influenciando e fazendo a diferença em nossa geração? Somos conhecidos como discípulos de Jesus ou por outras nomenclaturas?

Toda pessoa, no mínimo que seja, é capaz de influenciar alguém de um modo ou outro. Essa influência não acontece de uma vez, ela vai crescendo aos poucos por etapas. Exemplos de influência:

  1. Ao educar os filhos ou ceder a algumas concessões;
  2. Ao cumprir tarefas profissionais ou atender uma reivindicação trabalhista;
  3. Ao convencer alguém sobre um negócio;
  4. Ao conduzir alguém para a igreja;
  5. Ao administrar interesses familiares;
  6. Ao escolher um político para votar;
  7. Ao decidir sobre determinado assunto ou convencer alguém a fazê-lo, etc.

Em qualquer lugar ou qualquer atividade que exerça irá influenciar as pessoas, as reações são diversas cada pessoa age de modo diferente. Você sempre estará influenciando alguém ou sendo influenciado para o bem ou mal, para coisas positivas ou negativas. Aquilo que você considerar irá definir o nível de influência que você exerce ou que estão exercendo sobre você.

 influenciando pessoas

Níveis de influências e seus impactos

  1. Influência moderada

Esse é o primeiro nível e se baseia na sua posição ou títulos (pai, filho, irmão, doutor, engenheiro, empresário, etc.), outros níveis surgem na medida em que você se relaciona com outras pessoas. Quando você diz que é um cristão e não pratica o que a Bíblia ensina o seu nível de influência é baixo, você é apenas um ouvinte. Quando você começa a falar para outras pessoas das suas experiências pessoais, espirituais, profissionais, familiares, etc. você cria vínculos de influência – se você falar coisas ruins ou agir incorretamente poderá influenciar negativamente, se falar coisas boas e agir corretamente poderá influenciar positivamente.

As pessoas são influenciadas pelo que veem. Se você tem filhos irá compreender melhor o que estou dizendo: não adianta dizer-lhes o que fazer, eles farão exatamente como você – se você diz impropérios eles também dirão, eles olham para você e querem ser como você, esse é o conceito de pais heróis que pode se perder com o passar dos anos.

Além da posição as suas qualidades dirão às pessoas quem você é – confiável, amável, cortês, rude, inseguro, etc. A primeira impressão que as pessoas terão de você se baseia naquilo que você é, essa primeira identidade que todos veem é capaz de influenciar.

Primeiro as pessoas irão dizer que você é bom ou mau pelo que você representa para elas. O médico primeiro influencia o paciente pelo seu título, mas o convívio irá determinar se ele é bom ou mal; alguém que se diz policial pode influenciar outra pessoa. Se você é cristão, pastor, político, esportista, ator ou tem outra função, as pessoas poderão ser influenciadas pelo que você representa. Um político pode ser boa pessoa, mas se estiver no partido ou grupo errado poderá ser taxado como péssimo. Existem no Brasil milhares de cristãos, protestantes, evangélicos, católicos e demais, mas se você deseja influenciar mais pessoas é preciso sair desse nível para outro que trabalhe a individualidade.

  1. Motivação capaz de influenciar

Influenciar as pessoas no primeiro nível é poderoso, seja positiva ou negativamente e algo que podemos fazer a distância, basta criar um perfil e divulga-lo. Mas, precisamos impactar as pessoas de modo mais significativo e mais próximo e para isso é preciso motivação. Jesus disse que somos a luz do mundo, isso significa influenciar o ambiente a nossa volta, envolver as pessoas para que sejam modificadas do campo visual para o emocional, somos uma ponte para conduzir as pessoas ao verdadeiro Deus. Em Isaias 61.1-3a o profeta afirmou que ele seria o motivador para o povo:

  • O Senhor Deus me deu o seu Espírito, pois ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres. Ele me enviou para animar os aflitos, para anunciar a libertação aos escravos e a liberdade para os que estão na prisão. 2 Ele me enviou para anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo, que chegou o dia em que o nosso Deus e vingará dos seus inimigos. Ele me enviou para consolar os que choram, 3 para dar aos que choram em Sião uma coroa de alegria, em vez de tristeza, um perfume de felicidade, em vez de lágrimas, e roupas de festas, em vez de luto…

Jesus disse que seremos suas testemunhas, isso é o que as pessoas devem ver e sentir em nós – a presença de Deus que as façam sentir-se seguras quando estiver conosco. Gálatas 2.20: Assim já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim.

  1. Seja um mentor ensinando como Cristo ordenou

Quando somos capazes de motivar e influenciar as pessoas, então começaremos a ver e sentir um impacto positivo em suas vidas. Para aumentar esse impacto é preciso ir adiante e se tornar mentor das pessoas que estamos influenciando. Ser um mentor é derramar a sua vida em outras pessoas e ajuda-las a alcançar suas potencialidades, a mentoria é capaz de conduzir pessoas a mudanças radicais. Exemplo de mentoria praticado por Jesus:

  • Mateus 11.29: Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso.
  • Efésios 4.20-22: Mas não foi essa a maneira de viver que vocês aprenderam como seguidores de Cristo. 21 Com certeza vocês ouviram falar dele e, como seus seguidores, aprenderam a verdade que está em Jesus. 22 Portanto, abandonem a velha natureza de vocês, que fazia com que vocês vivessem uma vida de pecados e que estava sendo destruída pelos seus desejos enganosos.

Uma das missões da igreja de Cristo é ensinar a outras pessoas, isso é o que faz a mentoria. Como discípulo de Cristo você influencia e mentora as pessoas, ensinando-as e ajudando-as crescer na graça e conhecimento de Cristo, como pessoas em todas as áreas das suas vidas. Observe o conselho de Paulo à Timóteo.

  • II Timóteo 2.2: Tome os ensinamentos que você me ouviu dar na presença de muitas testemunhas e entregue-os aos cuidados de homens de confiança, que sejam capazes de ensinar outros.
  1. A multiplicação é o nível mais alto da influência.

Você ajuda as pessoas que desejarem se tornar novos influenciadores positivos. A igreja de Atos 2 fez exatamente isso, as pessoas que ouviram o sermão de Pedro, desejaram ser cristãos, foram salvas e batizadas e a igreja do Senhor se multiplicou. Atos 2.37-38,47: Quando ouviram isso, todos ficaram muito aflitos e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: – Irmãos, o que devemos fazer? 38 Pedro respondeu: – Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para que os seus pecados sejam perdoados, e vocês receberão de Deus o Espírito Santo. 47 Louvavam a Deus por tudo e eram estimados por todos. E cada dia o Senhor juntava ao grupo as pessoas que iam sendo salvas.

Mas notem que o crescimento da igreja começou na individualidade. Um pequeno grupo formado por 12 pessoas foram influenciados por Jesus; esse pequeno grupo se tornou quase 120 após a ascensão de Cristo; com a descida do Espírito Santo o grupo chegou aos milhares que se converteram e espalharam o evangelho pelo mundo; atualmente bilhões de pequenos cristos estão espalhados pelo mundo influenciando novas vidas.

Os cristãos autênticos e sinceros espalhados pelo mundo buscam algo em comum: serem parecidos com Jesus e viver sob o domínio da natureza que houve em Cristo, desse modo eles serão conhecidos no mundo como seguidores de Jesus: Eu lhes dou este novo mandamento: amem uns aos outros. Assim como eu vos amei, amem também uns aos outros. 35 Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos. João 13.34,35.

Eu te pergunto: Quantas pessoas você já influenciou para ser como você?

Antes de responder a pergunta acima verifique se você é parecido com Jesus e se foste influenciado por Jesus. Se isso não aconteceu ainda, não se preocupe, volte ao primeiro passo e veja como era Jesus e siga o seu modelo, depois aprenda com Jesus e seja influenciado pelo seu modo de vida, quando isso acontecer o mundo verá Cristo em você e outras pessoas desejarão ser como você em Cristo.

A sua influência pode ser positiva ou negativa. Se reconhece esse poder que tens para influenciar à sua volta pense em como usar essa influência. Você é um modelo para a sociedade: você é filho, pai, esposo, mãe, patrão, empregado, político, etc.

Filipenses 3.17: Meus irmãos, continuem a ser meus imitadores. E olhem com atenção também os que vivem de acordo com o exemplo que temos dado a vocês.

Que tipo de modelo influenciador você é? Positivo ou negativo?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s