A verdade que liberta


E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará – João 8.32

O cenário cristão evangélico sofre constantes mutações, muitas tradições e verdades tidas como fundamentais foram deixadas de lado para dar lugar a novos modelos de cristianismo. Isso não é fato recente na história da igreja, por muitas vezes ao longo dos séculos a igreja foi reformada criando novas ortodoxias.

Eu vejo com preocupação muitas dessas mudanças, os cristãos evangélicos contemporâneos tem diminuido a linha que separa a igreja do sistema mundano, já não vejo grandes diferenças entre ser ou não cristão, entre santidade e pecado, entre o que diz as escrituras sobre pecados graves e a aceitação desses pecados pelos cristãos.

Vivemos a era onde muitos dizem que ‘somos todos irmãos’, as diferenças entre deuses e religião são quase imperceptíveis. Muitos ensinamentos anti bíblicos estão sendo aceitos pelos cristãos como fé e filosofia de vida acima dos preceitos bíblicos. A tolerância evangélica ao pecado está acima dos níveis aceitaveis pela Escritura Sagrada.

É verdade que Deus mandou …?

A serpente enganou Adão e Eva causando confusão quanto a ordem divina para que não comessem do fruto proibido, Gn 3.1. Do mesmo modo, somos tentados em nossos pensamentos a todo instante sobre o que diz as escrituras sobre a fé e valores, se não está explícito então podemos partir para a livre interpretação e optar pelo que a natureza pecaminosa considera mais satisfatório.

O que a Bíblia diz?

  1. Não existe aliança entre Deus e o pecado, entre igreja e o mundo. Em matéria de Evangelho a Igreja não pode fazer concessões para agradar determinados grupos ou sistemas, quando a igreja se associa ao mundo ela se torna inimiga de Deus, Tiago 4.4 “Gente infiel! Será que vocês não sabem que ser amigo do mundo é ser inimigo de Deus? Quem quiser ser amigo do mundo se torna inimigo de Deus
  2. Somos um povo separado por Deus, quando nos entregamos a Cristo aceitamos deixar de lado certas práticas pecaminosas e seguir o modelo de Cristo, II Co 6.15-16: Como podem Cristo e o Diabo estar de acordo? O que é que um cristão e um descrente têm em comum? 16 Que relação pode haver entre o Templo de Deus e os ídolos? Pois nós somos o templo do Deus vivo, como o próprio Deus já disse: “Eu vou morar e viver com eles. Serei o Deus deles, e eles serão o meu povo.”
  3. Devemos nos afastar daqueles que nos atrapalham na fé, não podemos simplesmente sorrir para os inimigos da fé cristã e tratá-los de modo igual, também não devemos entrar em conflitos, guerras e confusões contra tais pessoas, o conselho de Paulo é simples – devemos nos afastar deles, Rm 16.17: Meus irmãos, peço que tomem cuidado com as pessoas que provocam divisões, que atrapalham os outros na fé e que vão contra o ensinamento que vocês receberam. Afastam-se dessas pessoas.
  4. Não devemos ter comunhão com crentes imorais. Paulo não está se referindo aos ímpios, mas a pessoas que se dizem cristãos e vivem na prática de pecados que a Palavra de Deus condena, I Co 5.9-13: Na outra carta que escrevi a vocês, eu recomendei que vocês não tivessem nada a ver com gente imoral. 10 Eu não quis dizer que neste mundo vocês devem ficar separados dos pagãos que são imorais, avarentos, ladrões ou que adoram ídolos. Pois, para evitar essas pessoas, vocês teriam de sair deste mundo. 11 O que eu digo é que vocês não devem ter nada a ver com ninguém que se diz irmão na fé, mas é imoral, ou avarento, ou adora ídolos, ou é bêbado, ou difamador ou ladrão. Com gente assim vocês não devem nem comer uma refeição.
  5. Que devemos ter uma postura firme quando o assunto for a nossa fé, quem conhece o evangelho não se deixa enganar facilmente, até líderes ou anjos podem estar equivocados, Gl 1.8: Mas, se alguém, mesmo que sejamos nós ou um anjo do céu, anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que temos anunciado, que seja amaldiçoado.
  6. Não devemos oferecer comunhão, reconhecimento ou saudar pessoas que trazem ensinamentos anti cristãos em nossos lares, aos negam a divindade de Cristo, II João 10,11: “Se alguém for até vocês e não levar o ensinamento de Cristo, não recebam essa pessoa na casa de vocês, nem lhe digam: ‘Que a paz esteja com você!” 11 Pois quem deseja paz a essa pessoa é seu companheiro no mal que ela faz. Veja também: I Tm 1.3-4; 4.1,7.
  7. Não devemos perder tempo com discussões inúteis com pessoas que ensinam doutrina diferente da Bíblia, I Tm 6.3-5: Se alguém ensina alguma doutrina diferente e não concorda com as verdadeiras palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com os ensinamentos da nossa religião, 4 essa pessoa está cheia de orgulho e não sabe nada. Discutir e brigar a respeito de palavras é como uma doença nessas pessoas. E dai vêm invejas, brigas, insultos, desconfianças maldosas 5 e discussões sem fim, como costumam fazer as pessoas que perderam o juízo e não tem mais a verdade. Essa gente pensa que a religião é um meio de enriquecer.
  8. Não devemos reconhecer ou aprovar os falsos mestres, II Tm 2.16,17: Evite os falatórios contrários aos ensinamentos cristãos, pois eles fazem com que as pessoas se afastem de Deus. 17 As coisas que os falsos mestres ensinam se espalham como a gangrena. Dois deeses mestres são Himineu e Fileto.
  9. Não devemos nos deixar levar pelas aparências, II Tm 3.5: Parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro poder dela. Fique longe dessa gente!
  10. Não devemos ser cúmplices de coisas erradas, Ef 5.11-13: Não participem das coisas sem valor que os outros fazem, coisas que pertencem à escuridão. Pelo contrário, tragam todas essas coisas para a luz. 12 Pois é vergonhoso até falar sobre o que essas pessoas fazem em segredo. 13 E, quando qualquer coisa é trazida para a luz, então a sua verdadeira natureza é revelada.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s