Intercessores em Ação – JOPE 2017


De 05 de março a 23 de abril/2017, a ADI estará numa jornada de 50 dias de jejum, oração, palavra e evangelismo – JOPE 2017. Convido todos os intercessores desse Ministério para orarem uns pelos outros, pelo Ministério Independência com Cristo, pelas Famílias, etc. O JOPE 2017 será um período onde estaremos focados nos propósitos apresentados pelo Ministério Independência com Cristo e em propósitos pessoais específicos, na esperança de receber de Deus uma boa resposta ao nosso clamor.

Para esse ano foram escolhidas cinco áreas pelas quais iremos interceder pela oração:

  1. Mover sobrenatural do Espírito de Deus – busca, ativação e reativação de dons espirituais e plenitude do Espírito sobre a igreja;
  2. Espírito de unidade e comunhão – que haja em nós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus;
  3. Obreiros que supram as necessidades ministeriais da igreja, mais membros e vidas salvas para o Reino de Deus, que façam parte da nossa família na fé;
  4. Sede Social – quitação e execução dos projetos para esse ano;
  5. Provisão e riquezas sobre a vida da membresia e todo Ministério Independência com Cristo.

ORIENTAÇÕES BÍBLICAS SOBRE ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

Quanto a mim, não deixarei de orar por vocês, pois do contrário estaria pecando contra o SENHOR. E eu lhes ensinarei o caminho bom e direito. 24 Temam o SENHOR e sirvam a ele fielmente, com todo o coração. Lembrem das grandes coisas que ele fez por vocês.  I Samuel 12.23,24

Samuel, um exemplo típico de intercessor da Nação israelita. Para Samuel deixar de orar pelo povo seria pecar contra o Senhor. Embora o povo não desejasse mais ouvir Samuel, pois queriam um rei a exemplo das Nações vizinhas, causando a ira de Deus, o profeta Samuel intercedeu em favor do povo para que não fossem destruídos. Um intercessor nunca desiste de orar, ele continua clamando à Deus na esperança que o seu clamor será respondido.

1. Qual o significado de oração intercessora?

  • Ela é a expressão do amor de Deus derramado em nossos corações. Isso ocorre quando oramos pelas pessoas que nos cercam, por aquelas que estão necessitando ajuda, mesmo que não pertençam ao nosso círculo de amizades ou convívio.
  • É suplicar em favor de outra pessoa (Rm 8.26-27), sofrer com os que sofrem e chorar com os que choram. É dizer a Deus que nos importamos com o sofrimento do próximo: “Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram”(Rm 12.15).

2. A importância da oração intercessora

  • Ela pode aplacar a ira divina – Ex 32.32 “Agora, pois, perdoa o seu pecado, senão, risca-me, peço-te, do teu livro, que tens escrito”;
  • Ela pode mudar uma decisão divina – Ex 33.15,17 “Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faça subir daqui 17 O SENHOR Deus disse a Moisés: – Vou atender o seu pedido porque conheço você bem, e você conseguiu a minha aprovação.”;
  • Ela pode evitar juízos divinos sobre pessoas – Is 38.5 “Vai, e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que acrescentarei aos teus dias quinze anos”.

3. O que não é oração intercessora?

  • Oração comum:Toda intercessão é realizada através da oração, porém nem toda oração é uma intercessão.
  • Dom:Intercessão não é um dom ministerial, ou uma aptidão específica, destinada exclusivamente a um grupo seleto de pessoas.

4. Formas de intercessão.

  • Súplica:Oração que, tem como essência, a humildade de espírito, a fim de mover o coração de Deus em favor daqueles que padecem (Dn. 9.18) – Ouve, ó meu Deus, e atende a minha oração. Abre os olhos, vê a nossa desgraça e olha para a tua cidade. Fazemos os nossos pedidos por causa da tua grande compaixão e não porque sejamos bons e honestos;
  • Rogo:Pleitear, pedir com urgência, persuadir (Lc.22.32) – Mas eu tenho orado por você, Simão, para que não lhe falte fé. E, quando você voltar para mim, anime os seus irmãos;
  • Petição:Ato de pedir, pedido intenso, solicitação, requisição (I Sm.1.17,27) – Então Eli disse: – Vá em paz. Que o Deus de Israel lhe dê o que você pediu! 27 Eu pedi esta criança a Deus, o SENHOR, e ele me deu o que pedi.

O profeta Jeremias ao perceber o péssimo estado espiritual em que se encontrava o seu povo decidiu se levantar como intercessor da Nação de Judá a fim de evitar a sua destruição:

  • Ele confessa os pecados da Nação(tidos como a causa da calamidade). Há um reconhecimento do erro do povo por parte do profeta que suplica misericórdia ao Senhor (Jr. 14.20) – Ó SENHOR, confessamos o nosso pecado e o pecado dos nossos antepassados; de fato, pecamos contra ti.
  • Ele lembra ao Senhor do pacto firmado com Abraão e Moisés. Jeremias se lembra da aliança entre Deus e os patriarcas (Jr.14.21) – Lembra das tuas promessas e não nos desprezes. Não deixes que seja humilhada a cidade de Jerusalém, o lugar do teu trono glorioso. Lembra da aliança que fizeste com o teu povo e não desistas dele. Essa aliança tinha sido despedaçada pela própria nação, quanto a prática de sua idolatria, adultério e apostasia.

5. Por que devemos interceder?

Deus ainda procura pessoas como Jeremias, dispostas a falar sua palavra e orar por aqueles que necessitam. Contudo entendemos que devemos sempre interceder pelos mais diversos motivos. Vejamos alguns:

  • É nossa responsabilidade.No tocante a sua obra, Deus é o maior interessado no seu desenvolvimento, mas mesmo assim, o Senhor participa com sua igreja essa responsabilidade. “Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara (Mt.9.37-38);
  • Tem o poder de vencer o inimigo – Ex 17.11 “E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia”;
  • Tem o poder de trazer livramentos – At 12.5 “Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus”;
  • Tem o poder de enfrentar desafios – I Rs 18.36 “Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas”. 

6. Algumas recomendações bíblicas sobre a oração intercessora dos cristãos (CHAMPLIN, 2001, p. 249, v. 3):

  • A oração intercessora nos é ordenada (I Tm 2.1; Tg 5.14, 16)
  • Devemos interceder em favor de todos os homens (I Tm 2.1)
  • Por todos quantos ocupam posição de autoridade (I Tm 2.2)
  • Pelos ministros (pastores) (II Co 1.11; Fl 1.29)
  • Por todos os santos (Éf 6.18)
  • Pelos patrões (Gn 24.12-14)
  • Pelos servos (Lc 7.2,3)
  • Pelas crianças (Mt 15.22)
  • Pelos compatriotas (Rm 10.1)
  • Pelos enfermos (Tg 5.14)
  • Pelos que nos perseguem (Mt 5.44)
  • Pelos nossos inimigos (Jr 29.7)
  • Pelos que nos invejam (Nm 12.13)
  • Por aqueles que nos abandonam (II Tm 4.16)
  • Os ministros (pastores) devem orar pelos membros (Ef 1.16; Fl 1.4)
  • É um pecado negligenciarmos a oração intercessora (I Sm 12.23)
  • A oração intercessora beneficia o próprio intercessor (Jó 42.10)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s