Testemunhas ‘até nos lugares mais distantes da terra’


COMO PODEMOS ATESTAR QUE SOMOS TESTEMUNHAS DE CRISTO?

1. Impactando o mundo através da nossa fé em Cristo, somos o sal da terra e luz do mundo, Mateus 5.13,14: – Vocês são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam. 14 – Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

  • Assim como o sal faz diferença no alimento dando-lhe sabor, o testemunho cristão traz o equilíbrio ao mundo que jaz no maligno. O sal quando perde o sabor não tem valor, do mesmo modo que ser cristão e viver de mãos dadas com o mundo não tem valor diante de Deus;
  • Assim como a luz brilha afastando a escuridão, a testemunha de Cristo é reconhecida pelo seu testemunho no dia a dia.

2. Agindo sabiamente em relação aos descrentes, Colossenses 4.5,6: Sejam sábios na sua maneira de agir com os que não crêem e aproveitem bem o tempo que passarem com eles.6 Que as suas conversas sejam sempre agradáveis e de bom gosto, e que vocês saibam também como responder a cada pessoa!

  • Jesus não nos chamou para vivermos isolados no mundo, mas do mundo, o cristão também tem vida social. Fazer amizades é ótimo meio para evangelizar as pessoas, por isso Paulo diz que devemos aproveitar bem o tempo que passamos com os descrentes para ganhá-los para Cristo;
  • Como testemunhas de Cristo não podemos demonstrar dúvidas quando questionados sobre a nossa fé, nós devemos responder sabiamente e com convicção sobre o evangelho. A testemunha deve ser autêntica, não deve inventar histórias ou mentir sobre fatos, mas falar sobre o que conhece porque viu, ouviu ou viveu o fato.

3. Vivendo uma vida dedicada à Deus como fruto da verdadeira adoração, Romanos 12.1: Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus.

  • Ser testemunha é adorar a Deus através da nossa vida, às vezes sacrificamos o nosso tempo, recursos, projetos, família, agenda, etc. para se dedicar ao serviço de Deus como forma de agradá-lo. Jesus abdicou do seu trono para vir ao mundo redimir a humanidade. Ser cristão é deixar de viver a vida em seu próprio benefício para servir a uma causa maior – o reino e vontade de Deus.

4. Mudando a nossa mente em relação ao pensamento do mundo, Romanos 12.2: Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.

  • A testemunha de Cristo é diferente por convicção e não por determinação ou obrigação. Para viver uma vida que agrade a Deus é necessário renovar a mente e protege-la contra os ataques que possam fragilizar a nossa fé;
  • A testemunha de Cristo fala com convicção porque conhece aquele sobre o qual testifica, isso significa que o cristão com a mente renovada sabe qual é a vontade de Deus e o que é bom, perfeito e agradável a ele.

5. Praticando as boas obras, Mateus 5.16: Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu.

  • A testemunha fiel a Deus é praticante de boas obras, um cidadão solidário e beneficente. O egoísmo não faz parte da sua natureza e o mundo ao contemplá-lo enxerga em suas atitudes o amor de Deus.

6. Contribuindo com generosidade em favor da obra, II Coríntios 9.10,11: E Deus, que dá a semente para semear e o pão para comer, também dará a vocês todas as sementes que vocês precisam. Ele fará com que elas cresçam e dêem uma grande colheita, como resultado da generosidade de vocês. 11 Ele fará com que vocês sejam sempre ricos para que possam dar com generosidade. E assim muitos agradecerão a Deus a oferta que vocês estão mandando por meio de nós.

  • Ser testemunha de Cristo é compreender que ele é o meio principal estabelecido por Deus para financiar a Sua obra no mundo. Para financiar a sua obra Deus usa pessoas antes de qualquer outra coisa.
  • Ser testemunha é entender que o potencial de uma igreja e o cumprimento de sua missão está diretamente conectado ao potencial de contribuição de cada um de seus membros. Isso significa que a sua contribuição financeira pode afetar diretamente o que a sua igreja pode fazer (ou deixar de fazer) para cumprir a missão que Deus deu para ela cumprir. Você pode perceber essa conexão?
  • Ser testemunha é entender que Deus escolheu você como financiador de Sua obra e quando você não é fiel em contribuir financeiramente para o avanço do reino por meio da igreja local, você impede que a obra de Deus tenha sucesso através do ministério da igreja.

7. Cumprindo o IDE de Jesus, Marcos 16.15: Então ele disse: – Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas.

  • Testemunha é para testificar o fato ocorrido, o mundo precisa ouvir o que a igreja tem a dizer. Não podemos nos trancafiar nos templos ou se esconder sob o manto da religiosidade enquanto o mundo caminho para a destruição. É dever das testemunhas de Cristo anunciar as boas novas para todas as pessoas.

A ESPERANÇA DAS TESTEMUNHAS DE CRISTO

O que uma testemunha mais espera é que a justiça seja feita. O nosso Deus é justo, a Bíblia declara no Salmo 145.17 que: O SENHOR é justo em todos os seus atos e fiel em tudo o que faz.

Deus é justo com relação as coisas naturais, Lucas 18.7,8a: Será, então, que Deus não vai fazer justiça a favor do seu próprio povo, que grita por socorro dia e noite? Será que ele vai demorar para ajudá-lo? 8 Eu afirmo a vocês que ele julgará a favor do seu povo e fará isso bem depressa

Se você vier a sofrer nessa vida por ser testemunha de Cristo não abra mão do seu testemunho, permaneça fiel e herdará as mansões celestiais com Cristo em sua glória, João 14.2: Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito.

Deus é justo quanto a eternidade. A glória que Cristo reservou para as testemunhas fiéis não pode ser comparada com nada nesse mundo, Romanos 8.17,18: Nós somos seus filhos, e por isso receberemos as bênçãos que ele guarda para o seu povo, e também receberemos com Cristo aquilo que Deus tem guardado para ele. Porque, se tomamos parte nos sofrimentos de Cristo, também tomaremos parte na sua glória. 18 Eu penso que o que sofremos durante a nossa vida não pode ser comparado, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada no futuro.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s