Deus dará o que for preciso!


Abraão respondeu: – Deus dará o que for preciso; ele vai arranjar um carneirinho para o sacrifício, meu filho. E continuaram a caminhar juntos. Gn 22.8

Deus sempre provê os meios necessários para que o adoremos. Quando Deus colocou Abraão à prova (1), ele não fugiu ou se fez de desentendido, mas respondeu ao Senhor “eis me aqui”.

Deus pediu para Abraão que Lhe entregasse o seu único filho, o herdeiro que perpetuaria a genealogia de Abraão. Isaque representa o futuro de Abraão e sua descendência, se ele morresse seria o fim da linhagem de Abraão, não haveria Israel, Davi, Jesus Cristo, a Igreja.

Quando chegaram ao lugar de sacrifício indicado por Deus, Abraão se mostrou cheio de fé e esperança, ele pediu aos moços que os acompanhavam para ficar cuidando dos jumentos enquanto ele e o menino subiram ao monte para adorar, ele disse (5b): “Eu e o menino vamos ali adiante para adorar a Deus. Daqui a pouco nós voltamos”.

  • O momento de sacrifício era exclusivo para Abraão e Isaque. Há momentos que para adorarmos a Deus em espírito e em verdade é necessário deixar as companhias de lado e subir ao monte da adoração sozinho, é você e Deus apenas. Se os rapazes tivessem acompanhado Abraão poderiam impedir que ele sacrificasse ao Senhor.

Isaque sabia que eles iriam sacrificar ao Senhor, ele pergunta ao pai pelo cordeiro (6b). A resposta de Abraão demonstra a sua total confiança em Deus quando diz (8a): “Deus dará o que for preciso (Deus proverá); ele vai arranjar um carneirinho para o sacrifício, meu filho”.

Abraão fez tudo o que Deus lhe pediu sem questionar ou duvidar (9), ele:

  • Preparou o altar;
  • Colocou a lenha sobre o altar;
  • Amarrou Isaque e o colocou sobre o altar.

Deus se agradou de Abraão por causa da sua fé e obediência, duas qualidades exigidas por Deus ao seu povo:

  • I Sm 15.22 – “… É melhor obedecer a Deus do que oferecer-lhe em sacrifício as melhores ovelhas”;
  • Hb 11.6a,8 – “Sem ninguém pode agradar a Deus. 8 Foi pela que Abraão ao ser chamado por Deus, obedeceu e saiu para uma terra que Deus lhe prometeu dar. Ele deixou o seu próprio País, sem saber para onde ia”.

Antes que Abraão imolasse Isaque o anjo do Senhor chamou por Abraão que estava atento e ele respondeu (12): “– Não machuque o menino e não lhe faça nenhum mal. Agora sei que você teme a Deus, pois não me negou o seu filho, o seu único filho”.

A fé de Abraão levada ao extremo trouxe resposta imediata, o Senhor preparou um cordeiro preso entre os galhos para que fosse sacrificado em lugar de Isaque. Abraão deu um nome aquele lugar (14) – “O SENHOR Deus dará o que for preciso.”

Por causa da sua fidelidade e obediência o Senhor abençoou Abraão com as seguintes bênçãos (16-18):

  • Muitas riquezas“abençoarei você ricamente”;
  • Uma descendência numerosa – “Farei com que os seus descendentes sejam tão numerosos como as estrelas do céu ou os grãos de areia da praia do mar”;
  • Descendência de vencedores“e eles vencerão os inimigos”;
  • Uma descendência abençoada“Por meio dos seus descendentes eu abençoarei todas as nações do mundo, pois você fez o que eu mandei”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s