4 coisas que devemos pedir na oração


Jabez orou ao Senhor e lhe pediu quatro coisas apenas e Deus lhe concedeu todas elas, por isso ele se tornou a pessoa mais respeitada da sua família. O que foi que Jabez pediu? Benção de Deus; Oportunidade para vencer na vida; Presença constante de Deus; Proteção contra os inimigos.

Houve um homem chamado Jabes, que foi a pessoa mais respeitada da sua família. A sua mãe pôs nele o nome de Jabes porque ela havia sofrido muito durante o parto. 10 Mas Jabes orou assim ao Deus de Israel: “Ó Deus, abençoa-me e dá-me muitas terras. Fica comigo e livra-me de qualquer coisa que possa me causar dor.” E Deus atendeu a sua oração. I Crônicas 4.9,10

A história de Jabez é contada na Bíblia em apenas dois versículos e tem sido uma grande fonte de inspiração para a nossa vida de oração. Ele não se deixou abater pelo seu passado obscuro e derrotado, ele orou ao Senhor e buscou em Deus novos horizontes para sua vida tornando-se o mais respeitado da sua família.

Quem era Jabez?

  • Ele recebeu esse nome porque sua mãe lhe concebeu em grandes dores, não significa necessariamente dores de parto. O sofrimento de sua mãe pode ter sido ocasionado desde seus antepassados, durante o parto ou durante sua infância;
  • Era comum naquela época o filho receber um nome que retratava o estado (espiritual, emocional, politico, etc…) em que viviam. Exemplo: Benoni, “filho da minha tristeza”; Benjamin, “filho de minha mão direita”; Jabez, que significa “aquele que causa dor”;
  • A sua oração retrata o estado de espírito de um homem que desejava viver prosperamente e sem opressão dos inimigos, sob a benção de Deus e não dos homens;
  • A sua sinceridade através da oração foi a chave para a resposta de Deus, ele se tornou o mais ilustre entre seus irmãos;

01- JABEZ PEDIU EM PRIMEIRO LUGAR A BENÇÃO DE DEUS

Vimos que a vida de Jabez foi marcada pela oração, ele buscou a sua benção em Deus. Ele não desejava apenas uma benção, mas que toda sua vida fosse abençoada a partir daquela oração. Existem muitos tipos de bênçãos que as pessoas pedem a Deus e depois de determinado tempo descobre que aquela benção não era completa:

  • Há bênçãos que satisfazem os nossos desejos por um momento, mas desapontam nossas expectativas com o passar do tempo;
  • Há bênçãos que fascinam os olhos, mas são intragáveis;
  • Há bênçãos que são bênçãos temporárias e são consumidas pelo uso;
  • Há bênçãos que regalam os sentidos, mas não podem satisfazer os anseios mais elevados da alma.

Jabez queria mais de Deus. Ele sabia que benção de Deus era um presente mais elevado do que qualquer benção humana. Como o filho que vive sob a benção do pai terreno, Jabez desejava viver sob a benção de Deus. Ele não especificou que tipo de benção gostaria de receber, mas preferiu deixar que Deus determinasse qual seria a sua benção.

Ele desejou a benção de Deus e não dos homens. Existem pessoas que se consideram abençoados quando recebem um elogio de alguém, e sempre haverá um elogiador disposto a dar e receber elogios quando as coisas parecem bem. Na verdade se fossemos sábios abraçaríamos os que nos censuram (não confundir com aqueles que nos maldizem) e manteríamos distantes os que elogiam, pois quem nos censura face a face não está nos vendendo, mas os que elogiam na maioria das vezes trazem alguma outra razão para fazê-lo. Cuidado, onde tem mel sempre há abelhas também.

 

A benção de Deus é maior que riquezas.

A riqueza é um desejo da maioria das pessoas, alguns dizem que se possuíssem riquezas seriam abençoados. O próprio Jesus advertiu que a vida do homem não consiste nos bens que possui, Lc 12.15
E continuou, dizendo a todos: – Prestem atenção! Tenham cuidado com todo tipo de avareza porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas.
Portanto a riqueza não é um sinônimo de bênção para todos.

  • A riqueza é pura aparência: “quando vemos o quanto um homem tem, nós o invejamos; mas se pudéssemos ver o quão pouco ele aproveita, nós teríamos pena dele.”

 

A benção de Deus precede qualquer coisa na vida.

Ter saúde é benção, mas não é uma benção completa. Todos nós desejamos ter saúde e seria irracional afirmar que não precisamos dela. As pessoas que são saudáveis, que cuidam do corpo, de fato são mais abençoadas que aqueles que não possuem uma boa saúde. Quem tem saúde é um ser privilegiado, mas a saúde não é permanente. Portanto, a pessoa saudável não deve vangloriar-se da saúde, porque pode perdê-la a qualquer momento. Quem anda com Deus conhece seu limite e sabe que depende de Deus para ser saudável.

 

A benção de Deus é mais do que ter uma família.

A maioria das pessoas almeja ter uma família, ter alguém para dar e receber carinho. Quem tem uma família é um ser abençoado. Mas as famílias também não vulneráveis, os filhos crescem e se casam, mudam de endereço, vão para outros países, o cônjuge e filhos morrem. Há pessoas que perdem o sentido da vida quando perde um ente familiar, isso prova que a família é uma benção, mas longe de ser uma benção completa porque ela tem um limite.

 

A benção de Deus nos livra de uma consciência religiosa imaginária.

Lucas 18.10-14 (NTLH). O fariseu que orava ao lado do publicano se considerava uma pessoa abençoada. Ele fazia tudo certinho, dava esmolas, pagava dízimo de tudo que ganhava, não roubava, pagava seus credores em dia, não adulterava, jejuava duas vezes por semana, ia sempre à sinagoga e no seu conceito ele era a pessoa mais certa do mundo, se todos fosse como ele o mundo seria diferente. Sua benção era uma consciência tranquila, de bem com a vida.

Mas, a Bíblia afirma que foi o publicano que desceu justificado para sua casa porque ele reconheceu sua condição e não ousou pedir nada além do favor de Deus (“Ó Deus, tem pena de mim, pois sou pecador!”)

A bênção não caiu sobre o homem que julgava tê-la, mas sobre aquele que reconheceu a necessidade de busca-la no Senhor. Melhor ir para o céu, aleijado e mutilado, do que marchar com confiança para o inferno.

A verdadeira benção para a vida vem de Deus. Você Pode receber bênçãos e favores das pessoas, conquistar bens, riquezas, constituir família e ter amigos, mas se você não tiver a benção de Deus sobre a sua vida, será sempre um ser incompleto.

02 – JABEZ PEDIU PARA DEUS LHE DAR A OPORTUNIDADE DE VENCER NA VIDA

Jabez não era uma pessoa acomodada, Ele vê o horizonte e novas fronteiras a sua frente e deseja alçar voos mais altos, conquistar novas terras e ser alguém próspero. Ele não pede que Deus lhe dê tudo pronto, ele só deseja mais terras para conquistar, plantar e colher os frutos do seu trabalho. Ele sabe que há muito para ser conquistado e que depende de Deus.

Se Jabez fosse do tipo que confia ou depende das pessoas ele teria orado: “Oh Deus que meus amigos me deem muitas terras…; Oh Deus que eu conquiste muitas riquezas e terras…; Oh Deus me dá muitas riquezas sem que eu precise conquista-las”. Ele preferiu colocar em Deus seu coração e receber dele qualquer sorte de benção, em seguida ele desejou a oportunidade de estender as suas estacas mais distante, ele não pediu diretamente a Deus por riquezas, mas desejou trabalho para conquista-las.

03- JABEZ PEDIU A PRESENÇA DE DEUS EM SUA VIDA

Todos nós queremos viver uma vida plena, segura e sem complicações. Isso é possível quando agimos com a mente de Cristo. Ter as mãos de Deus nos guiando não significa estar inume a problemas, mas a certeza que o Senhor está conosco mesmo em meio às dificuldades.

Jabez não quer apenas coisas (terras, gados, ouro, etc), ele quer Deus. Coisas sem Deus não satisfazem a alma. Sem a presença de Deus não podemos caminhar vitoriosamente. Nossa maior necessidade é de Deus. A nossa jornada jamais poderá ser bem sucedida se a presença de Deus não for conosco.

  • Exemplo negativo: Recentemente tivemos a notícia de um rico empresário do ramo de transportes se suicidou em nossa Cidade e ao lado do corpo foi encontrada uma carta que dizia – “não aguento mais tanta depressão”. A sua riqueza não trouxe paz a sua alma.

A presença de Deus sustentou, protegeu e guiou o povo de Israel pelo deserto por quarenta anos. É a presença de Deus que inunda a igreja de ânimo e força na sua caminhada pelos vales e outeiros da História. Temos a promessa de Jesus: “… eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.” (Mt 28.20).

 

04 – JABEZ PEDIU EM ULTIMO LUGAR A PROTEÇÃO DE DEUS.

Ele sabia que a sua jornada seria cercada por perigos ou inimigos e muitas desses cercos poderiam causar sofrimentos, pois o papel dos inimigos é causar medo e dor. Os inimigos surgem de toda parte, a pessoa não precisa colocar anúncios para encontra-los, eles surgem naturalmente e se não houver a proteção de Deus é destruição na certa.

O salmista entendeu que para continuar avançando precisava da proteção de Deus, como expressa o Salmo 91.3-16:

  • Deus livrará você de perigos escondidos e de doenças mortais. 4 Ele o cobrirá com as suas asas, e debaixo delas você estará seguro. A fidelidade de Deus o protegerá como um escudo. 5 Você não terá medo dos perigos da noite nem de assaltos durante o dia. 6 Não terá medo da peste que se espalha na escuridão nem dos males que matam ao meio-dia. 7 Ainda que mil pessoas sejam mortas ao seu lado, e dez mil, ao seu redor, você não sofrerá nada. 8 Você olhará e verá como os maus são castigados 9 Você fez do SENHOR Deus o seu protetor e, do Altíssimo, o seu defensor; 10 por isso, nenhum desastre lhe acontecerá, e a violência não chegará perto da sua casa. 11 Deus mandará que os anjos dele cuidem de você para protegê-lo aonde quer que você for. 12 Eles vão segurá-lo com as suas mãos, para que nem mesmo os seus pés sejam feridos nas pedras. 13 Com os pés você esmagará leões e cobras, leões ferozes e serpentes venenosas. 14 Deus diz: “Eu salvarei aqueles que me amam e protegerei os que reconhecem que eu sou Deus, o SENHOR. 15 Quando eles me chamarem, eu responderei e estarei com eles nas horas de aflição. Eu os livrarei e farei com que sejam respeitados. 16 Como recompensa, eu lhes darei vida longa e mostrarei que sou o seu Salvador.”

Jabez pediu para Deus livrá-lo do mal e do maligno porque somente Deus poderia livrá-lo. Jabez sabia que não podia vencer sem a proteção do Altíssimo, por isso clamou e rogou pelo livramento não apenas dos inimigos, mas também da aflição decorrente de suas investidas.

Não temos força nem armas suficientes em nós mesmos para entrarmos em qualquer batalha, mas com a força do Eterno e revestido com a sua armadura podemos triunfar.

05- DEUS ATENDEU A SUA ORAÇÃO, ESSA É A MELHOR PARTE.

Nós almejamos receber de Deus toda sorte de bênçãos e isso é perfeitamente possível. Jesus nos garante vida com abundância. Uma vida abençoada não termina com a morte física, mas permanece por toda a eternidade:

  • João 14.1,2a: Jesus disse: – Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em mim. 2
    Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês
  • Lucas 6.23a: Fiquem felizes e muito alegres quando isso acontecer, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês…

Quando clamamos ao Senhor Deus com sinceridade e de coração, Deus responde as nossas orações, muda a nossa sorte, transforma choro em alegria, vales em mananciais, o cerco do inimigo em porta da esperança.

Siga o exemplo de Jabez: Clame também ao Senhor e você verá que um novo tempo poderá raiar também em sua vida!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s