Não perca o foco!


Neemias 6.4,5 – Eles me mandaram o mesmo recado quatro vezes, e eu mandei sempre a mesma resposta. 5 Então Sambalate me mandou o quinto recado, e este veio por escrito. Era uma carta e foi trazida por um dos empregados de Sambalate.

Neemias fez parte do 3º grupo que retornou a Jerusalém após o cativeiro para reconstruir os muros e portões da Cidade por volta de 445 ac. Os dois primeiros grupos foram: Zorobabel (538ac); Esdras (458ac).

A liderança de Neemias é marcada por muitos desafios e enfrentamentos contra Sambalate, Tobias, o árabe Gesém, autoridades e oficiais do povo que a todo o momento tentavam desestabilizar a sua liderança e impedi-lo de reconstruir a Cidade. Os inimigos de Neemias não eram as Nações vizinhas, mas pessoas do seu próprio povo que se alimentavam da miséria dos mais pobres.

Os inimigos usaram cinco estratégias para tentar tirar o foco de Neemias, por cinco vezes Neemias lhes respondeu a mesma coisa: “… Eu estou fazendo um trabalho importante e não posso descer até aí (6.3). Do mesmo, o inimigo de nossas almas usa as mesmas estratégias para roubar o nosso foco e nos afastar dos propósitos de Deus nas mais diversas áreas: família; ministério; profissional; relacionamentos; espiritual.

Quando Neemias sentiu-se acuado pelos inimigos ele orou ao Senhor, que nós façamos o mesmo, pois somente com a ajuda de Deus poderemos superar qualquer adversidade – “… Ó Deus, esforça as minhas mãos” (9).

 

I – A primeira estratégia do inimigo é tentar causar-lhe medo.

A palavra medo ou atemorizar é citado nos versos 9, 13 e 14. De todas as investidas contra Neemias a mais usada foi tentar estabelecer o medo, Neemias servia ao rei Artaxerxes e sabia que se falhasse perderia a confiança do rei e talvez a sua própria vida. Os inimigos o acusa de promover rebelião contra o rei, mas havia outros temores que o assombrava: recursos para concluir a obra; aceitação e apoio popular; tempo para concluir a obra; assaltos; etc.

O medo atormenta os seres humanos desde a queda de Adão e Eva, depois que comerem do fruto proibido ao ouvir a voz de Deus no jardim a primeira reação que tiveram foi de medo (Gn 3.10) – “E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me”

Jesus Cristo veio para nos garantir a vitória contra o medo da morte eterna, Hb 2.15: E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos a servidão.

O apóstolo Pedro ao aconselhar a igreja acerca das perseguições que viriam sobre ela afirmou que os cristãos não deveriam temer seus algozes (I Pedro 3.14) – Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis.

II – A segunda estratégia do inimigo é tentar enganá-lo com falsos conselhos.

Quando uma pessoa está com medo ela se torna vulnerável a ouvir conselhos de outras pessoas, o medo pode paralisar alguém e impedir que tome decisões importantes na vida. Sambalate e outros compraram o sacerdote Semaías para aconselhar Neemias a entrar no lugar santo do Templo, um lugar permitido somente aos sacerdotes, sob o pretexto de que ali ele estaria a salvo dos inimigos.

O engano é a arma mais antiga usada pelo diabo contra a humanidade. O diabo enganou a mulher para que comesse do fruto proibido e desde então ele continua enganando pessoas para que cometam erros contra Deus: Certamente não morrereis. 5 porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. (Gn 3.4,5).

O apóstolo João alertou-nos sobre o perigo de crer em qualquer espírito como enviado de Deus, o seu conselho é para provar os espíritos se provém de Deus ou não, I João 4.1 – Amados, não creiais e a todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.

Pedro também advertiu sobre o perigo do engano, II Pedro 2.1 – E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

III – A terceira estratégia do inimigo é tentar fazê-lo pecar contra Deus.

Neemias logo percebeu que o conselho de Semaías não era de Deus e que se ele entrasse no lugar Santo do Templo estaria pecando contra Deus. O diabo sabe que a pessoa que está em pecado não tem comunhão com Deus, em Isaias 59.2 diz: Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.

Salmos 51.4 o salmista ora ao Senhor e reconhece que o seu estado destrutivo envolvendo problemas familiares e de governo eram resultado do seu pecado contra Deus ao dizer: “Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que a teus olhos é mal…”.

As pessoas no mundo estão em total abandono e entregues à própria sorte por causa do pecado, Romanos 1.18-32 mostra o resultado do pecado na humanidade: 18 Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens que detém a verdade em injustiça… 32 os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

IV – A quarta estratégia do inimigo é tentar desonrar o seu bom nome.

Neemias era um homem reto, trabalhador, fiel, amoroso, honrado, de oração e temente a Deus. Ao tentar convencê-lo entrar no lugar Santo do Templo, os inimigos queriam mostrar ao povo que Neemias não respeitava o Templo de Deus; ao acusá-lo de criar um motim contra o rei eles queriam mostrar que Neemias não era um homem de total confiança do rei. Eles tentam desonrá-lo perante Deus e também perante as autoridades e o povo.

A Bíblia revela desde o princípio que o nome de uma pessoa é o seu maior tesouro. Quem tem um bom nome será honrado e respeitado, em Provérbios 22.1 lemos: “Mais digno de ser escolhido é o bom nome do que as muitas riquezas …”

Quando Deus chamou a Abraão ele logo tratou de mudar o seu nome, de Abrão (grande pai) para Abraão (pai de muitos), Gn 17.5; Deus também mudou o nome de Sarai (contenção, princesa) para sara (senhora), Gn 17.15,16; Deus mudou o nome de Jacó (calcanhar, enganador) para Israel (aquele que luta, aspira, exerce influência), Gn 32.27,28.

O diabo deseja desonrar o seu nome, quando Jesus visitou a sua cidade natal muitas pessoas desacreditadas o subestimou por causa da sua família, eles não reconheceram quem era Jesus no plano espiritual como salvador da humanidade e por isso deixaram de ser curados e abençoados (Mt 13.55-58): Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, e José, e Simão e Judas? 56 E não estão entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe veio, pois, tudo isso? 57 E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, a não ser na sua pátria e na sua casa. 58 E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles.

O inimigo irá tentar humilhar você perante as pessoas da mesma forma que os inimigos de Neemias tentaram interromper o seu trabalho de reforma dos muros e portões. Eles queriam que Neemias voltasse para o reino envergonhado, fracassado, desonrado e humilhado, mas ele era um homem temente a Deus e que antes de tomar a decisão de vir à cidade para reconstruí-la orou ao Senhor.

Naquela época era comum o rei conquistador humilhar o rei vencido publicamente. Exemplo da batalha de Judá e Simeão, Juizes 1.7 – Então Adoni-Bezeque disse: – Eu mandei cortar os polegares das mãos e os dedões dos pés de setenta reis, e eles apanhavam migalhas debaixo da minha mesa. Agora Deus fez comigo o mesmo que eu fiz com eles. Então levaram Adoni-Bezeque para a cidade de Jerusalém, e ele morreu ali.

Quando Judá foi levado para a Babilônia, eles sentiram o peso da humilhação imposta pelos inimigos. Era desejo dos inimigos manter Neemias e seu povo com esse sentimento de vergonhas e humilhações. Jeremias 51.51 – Vocês dizem: “Estamos envergonhados porque fomos insultados. Estamos humilhados porque os estrangeiros invadiram os lugares santos do Templo.

A missão do diabo é agir como o ladrão destruindo e desmoralizando suas vítimas, João 10.10 – O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; mas eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa.

Para que fossemos resgatados da vergonha por causa do pecado e refeita a nossa comunhão com Deus foi necessário que Jesus se humilhasse perante os homens a fim de que Deus o exaltasse, Filipenses 2.7-9: “antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, 8 a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. 9 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, 10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai. ”

Se nós estamos em Cristo então somos vencedores. Quando o teu propósito é apresentado primeiramente para Deus através da oração e quando tens a aprovação de Deus para fazer algo, nenhum inimigo irá te deter a não ser você mesmo se parar para dar atenção aos inimigos. Neemias não perdeu o foco, não abriu mão do seu propósito e continuou trabalhando até concluir a obra.

A pessoa que teme a Deus não permite ser humilhada pelo inimigo, ela age como Neemias – não perde o seu foco e segue até o fim. Os convites e ameaças dos inimigos não tiraram seu foco, a cada investida dos inimigos Neemias orava ao Senhor – “Agora, ó Deus, aumenta as minhas forças!” (Ne 6.9). O resultado da sua perseverança é visto no capítulo 7.1 Agora as muralhas estavam reconstruídas, e os portões estavam todos colocados nos seus lugares. Foi marcado o trabalho dos guardas do Templo, dos cantores e dos levitas.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s