Todos tem um sonho!


Genesis 37.6b “Escutem, que eu vou contar o sonho que tive.”

Considerado pelos estadunidenses como o melhor discurso do século 20, o discurso do ativista político e pastor Martin Luther King, realizado em 28/08/1963 nos degraus do Lincoln Memorial na Marcha de Whashington por Empregos e Liberdade, sob o tema ‘I have a dream…’ fala sobre o sonho de um homem que almejava ver negros e brancos tendo os mesmos direitos civis e vivendo em harmonia na Nação Americana.

Transcrevo um pequeno trecho do seu discurso:

  • Eu digo a você hoje, meus amigos, que embora nós enfrentemos as dificuldades de hoje e amanhã. Eu ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho americano…. Eu tenho um sonho que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação onde elas não serão julgadas pela cor da pele, mas pelo conteúdo de seu caráter. Eu tenho um sonho hoje! …. Eu tenho um sonho que um dia todo vale será exaltado, e todas as colinas e montanhas virão abaixo, os lugares ásperos serão aplainados e os lugares tortuosos serão endireitados e a glória do Senhor será revelada e toda a carne estará junta. Esta é nossa esperança…

Todos nós temos um sonho, ou quem sabe muitos sonhos. Sonhamos com o nosso futuro; sonhamos com o futuro da nossa família; sonhamos com o futuro da nossa Nação; sonhamos com o futuro da nossa Igreja; sonhamos com muitas coisas.

Mas, o que são os sonhos? Eles representam aquilo que pensamos e desejamos, sejam reais ou imaginários. Nos sonhos tudo pode acontecer, não há limite de tempo. Os sonhos serão apenas sonhos se não forem materializados, pelo que o desafio de cada pessoa é tornar real seus sonhos e isso é possível se os teus sonhos forem submetidos a metas previamente estabelecidas.

  • O que são metas? São os objetivos que traçamos para alcançar nossos sonhos. As metas devem ser específicas, detalhadas e ter um prazo para serem concluídas. Lucas 14.28 – Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá.

Quando os sonhos e metas são claros e bem definidos, ambos são como imãs que se atraem na mesma direção (sonhos + metas = realização). As dificuldades surgirão, mas se houver dedicação, comprometimento e sujeição de seus sonhos e metas à vontade de Deus o resultado final será a realização.

  • Provérbios 16.3 – Peça a Deus que abençoe os seus planos, e eles darão certo. ”;
  • Romanos 8.28 – Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano.

Antes de prosseguir com o tema, gostaria que você respondesse a duas questões fundamentais:

  • Quais são os teus sonhos?
    • – O que você tem sonhado em relação a você, sua família e sua igreja? Provérbios 4.23 – “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos”.
    • – Os teus sonhos irão fazer de você uma pessoa espiritualmente melhor? O nosso exterior é o reflexo do que somos interiormente. Provérbios 23.7a (RA) – “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é.…”.
    • – Os teus sonhos estão de acordo com a vontade de Deus? Eclesiastes 5.7 – Mesmo nos seus muitos sonhos, em todas as suas ilusões e em tudo o que disser, você deve temer a Deus.
  • Quais são as metas para realização dos teus sonhos?
    • – O que você pretende fazer para alcançar teus sonhos?
    • – Você tem compartilhado suas metas e sonhos com as pessoas certas?
    • – Suas metas são moralmente corretas e aprovadas por Deus?
    • – Quantos passos você já deu em suas metas?

QUATRO MOTIVADORES QUE PODEM CONTRIBUIR PARA QUE OS SONHOS E METAS SEJAM ALCANÇADOS:

I – RECONHECIMENTO. No mundo corporativo, os líderes sensatos sabem que algumas pessoas farão mais pelo reconhecimento do que por recompensas materiais, por isso as empresas criam programas de premiação com o objetivo de valorizar os melhores funcionários, aqueles que atingem metas previamente estabelecidas. A maioria das pessoas sentem-se bem quando são reconhecidas por seu trabalho e dedicação.

Na vida cristã acontece à mesma coisa, Deus vê e reconhece os nossos esforços, muitas vezes Deus envia alguém para fortalecer a nossa fé com palavras boas. O fato de saber que somos reconhecidos pelo Senhor nos enche de alegria, esperança e fervor. A igreja de Filadélfia disse o Senhor (Ap. 3.8) – Eu sei o que vocês estão fazendo. Sei que têm pouca força. Vocês têm seguido os meus ensinamentos e têm sido fiéis a mim. Eu abri diante de vocês uma porta que ninguém pode fechar.

Quando Gideão estava malhando o trigo no lagar, o seu povo sofrendo as perseguições e sendo assaltados pelos midianitas, o Anjo do Senhor apareceu para dizer que reconhecia o seu esforço e lhe deu ânimo e coragem para com 300 homens lutar e vencer os inimigos.

  • Juízes 6.11-16: Então o Anjo do SENHOR veio e sentou-se debaixo de um carvalho que havia perto do povoado de Ofra. Esse carvalho pertencia a Joás, que era da família de Abiezer. O seu filho, Gideão, estava malhando trigo no tanque de pisar uvas, escondido, para que os midianitas não o encontrassem. 12 Então o Anjo do SENHOR apareceu a ele e disse: – Você é corajoso, e o SENHOR está com você! 13 Gideão respondeu: – Se o SENHOR Deus está com o nosso povo, por que está acontecendo tudo isso com a gente? Onde estão aquelas coisas maravilhosas que os nossos antepassados nos contaram que o SENHOR costumava fazer quando nos trouxe do Egito? Ele nos abandonou e nos entregou aos midianitas. 14 Então o SENHOR Deus ordenou a Gideão: – Vá com toda a sua força e livre o povo de Israel dos midianitas. Sou eu quem está mandando que você vá. 15 Gideão respondeu: – Senhor, como posso libertar Israel? A minha família é a mais pobre da tribo de Manassés, e eu sou a pessoa menos importante da minha família. 16 Mas o SENHOR disse: – Você pode fazer isso porque eu o ajudarei. Você esmagará todos os midianitas como se eles fossem um só homem.

Deus reconhece o esforço e dedicação de cada membro do nosso Ministério. Nós, os líderes, reconhecemos o esforço de todos que se doam e trabalham incansavelmente para cumprir os propósitos de Deus para a ADI, nas palavras de Paulo em Filipenses 1.3 – Sempre que penso em vocês, eu agradeço ao meu Deus.

II – REALIZAÇÃO. O ser humano foi criado por Deus para dominar sobre os reinos naturais exceto sobre o homem. O sentimento de realização é uma das razões que leva algumas pessoas sobressaírem diante das crises, pelo prazer de vencer e de ter conquistado alguma coisa. Neemias e o povo foram tomados por um senso de realização para fazerem o que outras gerações não conseguiram – restaurar os portões e muros da Cidade.

  • Neemias 2.18 – Então contei a eles como Deus havia me abençoado e me ajudado. E também contei o que o rei me tinha dito. Eles disseram: – Vamos começar a reconstrução! E se aprontaram para começar o trabalho.1a – Agora as muralhas estavam reconstruídas, e os portões estavam todos colocados nos seus lugares.
  • Salmos 108.13 – Com Deus do nosso lado, venceremos; ele derrotará os nossos inimigos.

A pessoa tomada pelo desejo de realização faz coisas impressionantes. Davi foi levar alimento para seus irmãos no campo de batalha quando ouviu o desafio de Golias e a proposta do rei Saul para quem derrotasse o gigante, ele viu naquele ato três grandes oportunidades da sua vida, I Samuel 17.25 – Eles diziam: – Olhem para ele! Escutem o seu desafio! Quem matar esse filisteu receberá uma grande recompensa: o rei lhe dará muitas riquezas, lhe dará sua filha em casamento, e a família do seu pai nunca mais vai ter de pagar nenhum imposto.

Davi não contou com a experiência de guerra dos seus irmãos ou com a armadura do rei Saul, ele confiou somente em Deus e alcançou uma grande vitória diante dos dois exércitos, I Samuel 17.45-47 – Davi respondeu: – Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do SENHOR Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou. 46 Hoje mesmo o SENHOR Deus entregará você nas minhas mãos; eu o vencerei e cortarei a sua cabeça. E darei os corpos dos soldados filisteus para as aves e os animais comerem. Então o mundo inteiro saberá que o povo de Israel tem um Deus, 47 e todos aqui verão que ele não precisa de espadas ou de lanças para salvar o seu povo. Ele é vitorioso na batalha e entregará todos vocês nas nossas mãos.

As promessas de Deus para a ADI são maravilhosas. Um futuro brilhante nos espera, mas para que as promessas divinas se cumpram através de nós, devemos nos esforçar, dedicar e se comprometer em realizar os planos de Deus; se não tivermos prazer em realizar o que Deus nos promete, as coisas simplesmente não irão acontecer; se queremos realizar proezas precisamos ter e ser movidos pelo sentimento de realização, conquista e de vitória que somente Deus pode nos dar, Jó 37.5 – Deus troveja com a sua voz maravilhosa; ele faz grandes coisas que não podemos compreender.

III – FAMÍLIA. Algumas pessoas farão por seus entes amados o que não fariam por si próprias. Geralmente lemos nos jornais notícias sobre pais que morreram para salvar seus filhos, outros pais trabalham incansavelmente e desenvolvem metas pessoais e sacrificiais para que os sonhos de seus filhos sejam realizados. A família é o nosso grande tesouro.

  • A Bíblia ensina que uma de nossas prioridades deve ser o cuidado da família. I Timóteo 5.8 – Porém aquele que não cuida dos seus parentes, especialmente dos da sua própria família, negou a fé e é pior do que os que não crêem.
  • Abraão é exemplo de alguém que cuidava e protegia a sua família. Quando Ló foi levado prisioneiro pelos quatro reis, o seu tio Abraão reuniu 318 homens para lutarem contra os inimigos a fim de salvá-lo e recuperar os seus bens. Gênesis 14.14-16: Quando Abrão ficou sabendo que o seu sobrinho tinha sido levado como prisioneiro, reuniu os seus homens treinados para a guerra, todos eles nascidos na sua casa. Eram trezentos e dezoito ao todo. Abrão foi com eles, perseguindo os quatro reis até a cidade de Dã. 15 Ali Abrão dividiu os seus homens em dois grupos, atacou os inimigos de noite e os derrotou. Ele continuou a persegui-los até Hoba, que fica ao norte da cidade de Damasco, 16 e trouxe de volta tudo o que os inimigos haviam levado. Abrão trouxe também o seu sobrinho Ló, e tudo o que era dele, e também as suas mulheres, e o resto da sua gente.

A ADI é a nossa família na fé e é lícito que seus pastores, líderes e membros a defenda e lutem para que seus sonhos ministeriais sejam realizados (Gálatas 6.9,10) – Não nos cansemos de fazer o bem. Pois, se não desanimarmos, chegará o tempo certo em que faremos a colheita. 10 Portanto, sempre que pudermos, devemos fazer o bem a todos, especialmente aos que fazem parte da nossa família na fé.

BENEVOLÊNCIA. Uma pessoa benevolente demonstra empatia pelo que o outro sente; sente-se realizada quando compartilha seus bens e experiências com outras pessoas. O cristianismo é uma religião que prega a benevolência, a nossa alegria é poder doar-se em favor de outrem, o próprio Deus mostrou-se benevolente quando enviou Jesus para morrer por nós a fim de nos salvar da condenação eterna.

Cornélio é um exemplo de pessoa benevolente na Bíblia, em Atos 10.1,2 lemos: Na cidade de Cesaréia havia um homem chamado Cornélio, que era comandante de um batalhão romano chamado “Batalhão Italiano”. 2 Ele era um homem religioso; ele e todas as pessoas da sua casa adoravam a Deus. Cornélio ajudava muito os judeus pobres e orava sempre a Deus.

Qual o teu grau de benevolência em relação aos teus sonhos e metas? Uma das coisas que devemos aprender sobre benevolência diz respeito a nós mesmos, fala do cuidado que devemos ter por nós, pela nossa saúde, pela nossa vida, pelo nosso futuro, em Atos 20.28 o apóstolo Paulo dá a seguinte recomendação aos bispos das igrejas: Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho que o Espírito Santo entregou aos seus cuidados, como pastores da Igreja de Deus, que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho.

No mesmo versículo Paulo fala sobre o cuidado que devemos ter pela igreja de Deus, cabe aos líderes usarem de benevolência nos cuidados da igreja sabendo que ela é preciosa para Deus e foi adquirida por meio do sangue de Jesus.

Quando Pedro terminou de pregar para as autoridades e povo de Jerusalém muitos creram no evangelho e foram cheios do Espírito Santo, não havia espaço entre eles para o individualismo. Uma das evidências dessa plenitude era a benevolência praticada por aqueles que criam, Atos 4. 32-36 – Todos os que creram pensavam e sentiam do mesmo modo. Ninguém dizia que as coisas que possuía eram somente suas, mas todos repartiam uns com os outros tudo o que tinham. 36 oi assim que José vendeu um terreno dele e entregou o dinheiro aos apóstolos. José era levita e havia nascido na ilha de Chipre. Os apóstolos o chamavam de Barnabé, que quer dizer “Aquele que dá ânimo”.

Quem é a ADI? Nós somos uma comunidade cristã que crê, vive e prega o Evangelho de Jesus; nós cremos na plenitude do Espírito; nós temos sonhos de alcançar o maior número possível de pessoas para Deus; nós temos metas a serem alcançadas que dependem do esforço individual e coletivo dos nossos membros; nós acreditamos na possibilidade de mudar o mundo ao nosso redor pela benevolência de cada um de nós.eu tenho um sonho

Efésios 3.20,21: “- E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos! 21 Glória a Deus por meio da Igreja e por meio de Cristo Jesus, por todos os tempos e para todo o sempre! Amém! ”

Baixe e ouça o arquivo dessa mensagem em áudio, clique AQUI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s