Fechou-se a porta!


A passagem das dez virgens em Mateus 25.1-13 ensinam muitas lições práticas e escatológicas. As dez virgens deveriam estar preparadas à espera do grande momento em que o noivo apareceria para entrar nas bodas. Metade delas estavam preparadas, a outra parte foi imprudente e por isso não pode participar da festa nupcial.

Mateus 25.10 – Então as moças sem juízo saíram para comprar óleo, e, enquanto estavam fora, o noivo chegou. As cinco moças que estavam com as lamparinas prontas entraram com ele para a festa do casamento, e a porta foi trancada. (fechou-se a porta. RA)

Neste primeiro dia do ano 2017 desejo compartilhar uma mensagem com vocês sobre a oportunidade perdida pelas jovens imprudentes e que muito se assemelha a vida de algumas pessoas em nosso tempo. Provavelmente você conheça alguém que já perdeu uma boa oportunidade na vida por imprudência, ou quem sabe, você que está lendo essa mensagem seja uma delas.

I – NA VIDA NOS DEPARAMOS COM DOIS TIPOS DE PESSOAS: OS PRUDENTES E OS IMPRUDENTES

  • Prudente é aquela pessoa que se prepara para não perder oportunidades. Ela age com precaução, sabedoria, estuda cada detalhe ante o desafio e procura estar preparada para qualquer eventualidade.
  • O imprudente geralmente vive de momentos. Ele não se preocupa com o que o futuro lhe reserva; sempre recorre a outros para lhe dê o que precisa sem a necessidade de esforço. Os antigos diziam que “tais pessoas contam com os ovos antes da galinha. ”

A cultura daquela época mostra que o noivo era anunciado por alguém quando se aproximava da casa da noiva, as damas de honras, aqui denominadas virgens, saiam ao seu encontro num cortejo e com suas lâmpadas iluminavam o caminho do noivo até o local da festa. Quando o noivo se aproximava não podia esperar, ao ser anunciado as jovens tinham que estar prontas com as lâmpadas acesas, caso contrário perderiam a oportunidade de acompanha-lo no cortejo.

  • O tempo não espera pelos atrasados, a oportunidade surge e desaparece na mesma intensidade, quem está pronto abraça-a enquanto os despreparados lamentam sua perda. ASA

A parábola das virgens fala sobre o Reino. Jesus estava dizendo que no Reino não basta ser salvo (virgem) e convidado para a festa, é preciso estar preparado para as oportunidades que o Reino oferece. Mateus 25.1 –  Jesus disse: Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens E Jesus terminou, dizendo: – Portanto, fiquem vigiando porque vocês não sabem qual será o dia e a hora. (Mt 25.1a,13).

II – O CONVITE PARA A FESTA ERA VÁLIDO PARA TODAS, SÓ PRECISAVAM ESTAR ATENTAS

Não havia distinção entre elas, todas eram virgens. Comparando-as com a igreja, diríamos que todas eram crentes.

Elas sabiam o que estavam esperando. Elas estavam vestidas para o casamento, estavam no mesmo lugar esperando encontrar-se com o mesmo noivo.

Todas tinham uma lâmpada. A diferença é que as prudentes se prepararam para qualquer eventualidade levando consigo azeite numa vasilha reserva. Para alcançar qualquer objetivo não basta ter ferramentas iguais aos outros, é preciso surpreender com as reservas.

Todas ouviram a voz que anunciava a chegada do noivo. Embora todos ouçam a voz do noivo, apenas algumas estavam preparadas para o encontro.

III – A FALTA DE PREPARAÇÃO FRUSTRA AS OPORTUNIDADES

Eis aí a grande questão: as virgens que não tinham reserva se desesperaram ao perceber que o azeite era insuficiente, a solução era pedir emprestado ou sair correndo para comprar mais azeite.

  • As prudentes não podiam dar do seu azeite porque tinham o suficiente para elas, se abrissem mão da reserva correriam o risco de perder a oportunidade de entrar nas bodas com o noivo. As imprudentes teriam que comprar se quisessem mais azeite, o problema é que teriam que encontrar um mercado aberto onde pudessem comprar e voltar a tempo, antes do noivo entrar na festa.

O problema das imprudentes não era falta de recursos, elas poderiam ter pensado em levar uma vasilha reserva, mas não o fizeram por falta de sabedoria ou quem sabe pensavam em aproveitar-se da boa vontade das prudentes. Algumas pessoas perdem a oportunidade economizando recursos pensando em viver de favores de outros ao invés de pagar o preço e quando surgem as oportunidades se desesperam porque não estão preparadas.

Participar das bodas exigia disciplina e um preço – estar com a lâmpada acesa na hora certa. A Bíblia ensina que já coisas na vida que não podemos vender ou emprestar, quem as deseja deve pagar para obtê-la, Pv 23.23 – Compre a verdade, a sabedoria, a instrução e o bom senso, mas não venda nenhum deles.

IV – A OPORTUNIDADE SURGE QUANDO VOCÊ MENOS ESPERA

A que horas o noivo vai chegar? Ninguém sabia. O verso cinco diz que o noivo estava demorando, por isso todas decidiram cochilar. O cansaço natural veio sobre todas e decidiram descansar. Algumas pessoas pensam que para conquistar devem estar 100% desperto. A Bíblia diz que até Jesus sentiu o peso do cansaço físico e precisou descansar, João 4.6 – Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou menos meio-dia quando Jesus, cansado da viagem, sentou-se perto do poço.

A questão não é o descanso em si, mas quando descansar. Gn 2.2 – No sétimo dia Deus acabou de fazer todas as coisas e descansou de todo o trabalho que havia feito. Deus não parou a obra de criação no meio, primeiro ele criou todas as coisas para depois descansar. As virgens prudentes dormiram, mas estavam preparadas para encontrar-se com o noivo.

V – A DECEPÇÃO DE QUEM PERDE A OPORTUNIDADE – “FECHOU-SE A PORTA”

As imprudentes poderiam ter aproveitado o atraso do noivo para fazer seu check list e se preparar melhor para o encontro. Há pessoas que não sabem aproveitar o tempo disponível para se preparar para o momento em que a oportunidade surgirá, passam o tempo ocioso dormindo e quando a oportunidade bate à sua porta se desesperam porque não estão preparadas.

As dez virgens sabiam que o noivo viria a qualquer momento, só não sabiam a hora exata, por isso deveriam estar preparadas.

  • A Bíblia diz em Eclesiastes 3.1-11 que há um tempo determinado para todas as coisas, nós podemos sentir quando algo novo está por acontecer, mas não totalmente. Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa compreender completamente o que ele faz.

Quando o noivo chegou houve festa entre aquelas que estavam preparadas. Mas, aonde estavam as imprudentes? Elas deixaram tudo para a última hora, foram displicentes, não vigiaram e não foram sábias. Pensem no desespero delas quando retornaram: o noivo já tinha vindo e a porta estava fechada.

Cuidado para não perde a oportunidade. Verso 11 – Mais tarde as outras chegaram e começaram a gritar: “Senhor, senhor, nos deixe entrar!”

Nesse dia me veio a seguinte reflexão:

  • Dia 1° é dia de culto na igreja. Muitos cristãos estarão ausentes por inúmeras razões que não convém julgá-las, essa é uma tarefa que cabe somente a Deus. O que reflito é sobre a prioridade que a igreja e comunhão congregacional ocupa na vida de cada cristão. Tenho falado com pessoas que queriam muito ter a oportunidade de começar o ano cultuando numa igreja, mas estão impedidos de fazê-lo. Espero que aqueles que ainda podem ir a igreja, começar seu ano como diz o Salmo 133, não percam essa chance. Ninguém sabe o que virá nos próximos anos, o tempo é agora. Salmos 84:10 (NTLH) É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar. Eu gostaria mais de ficar no portão de entrada da casa do meu Deus do que morar nas casas dos maus.

A resposta do noivo as imprudentes foi triste e constrangedor: – O noivo respondeu: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eu não sei quem são vocês!” (verso 12).

Que Deus nos ajude e tenha misericórdia de nós, que nesse novo ano possamos estar mais vigilantes, atentos a sua voz e as oportunidades que ele nos concederá para participar de suas bênçãos. Salmos 90.12 Faze com que saibamos como são poucos os dias da nossa vida para que tenhamos um coração sábio.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s