A verdade que liberta!


É comum ouvirmos a expressão “a verdade liberta”, mas isso nem sempre é verdade. Há pessoas que possuem a verdade, carregam-na sob os braços ou se vestem dela, mas não a conhece de fato. Portanto, não é a verdade que liberta, mas o conhecimento da verdade, quem disse isso foi o próprio Jesus para os religiosos que carregavam a lei aonde iam, eles se vestiam diferentes das pessoas e eram tratados como doutores e mestres da lei (Mateus 22.29) – Jesus respondeu: – Como vocês estão errados, não conhecendo nem as Escrituras Sagradas nem o poder de Deus!

Nos tempos do profeta Oséias o povo possuía a verdade, mas não a conhecia, Oséias 4.6 (RA) – O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

Ao atentar detalhadamente para João 8.31,32 observamos que Jesus nos mostra o que realmente liberta as pessoas: o conhecimento da verdade é que liberta. O conhecimento que Jesus se refere e que leva a verdade libertadora não é adquirido somente com leitura e observação, o caminho para adquirir conhecimento é a obediência. O ciclo que gera a libertação começa com a obediência que gera conhecimento; o conhecimento gera a verdade; a verdade liberta.

  • João 8.31,32 – Então Jesus disse para os que creram nele: – Se vocês continuarem a obedecer aos meus ensinamentos, serão, de fato, meus discípulos 32 e conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. 36 Se o Filho os libertar, vocês serão, de fato, livres.

Surgem três perguntas que pretendo responde-las com base nas escrituras:

  • Qual o significado de obedecer?
  • Que tipo de conhecimento adquirimos com a obediência?
  • O que a verdade nos oferece?

I – QUAL O SIGNIFICADO DE OBEDECER?

  • Viver como ovelhas no meio de lobos, Mt 10.16: – Escutem! Eu estou mandando vocês como ovelhas para o meio de lobos. Sejam espertos como as cobras e sem maldade como as pombas.
  • Aprender a viver com o suficiente, Mt 10.9,10: Não levem guardados no cinto nem ouro, nem prata, nem moedas de cobre. 10 Nesta viagem não levem sacola, nem uma túnica a mais, nem sandálias, nem bengala para se apoiar, pois o trabalhador tem o direito de receber o que precisa para viver.
  • Ser um agente do Reino na vida das pessoas carentes. Abençoar, curar, libertar e protestar contra o mal, Mt 10.7,8: Vão e anunciem isto: “O Reino do Céu está perto.” 8 Curem os leprosos e outros doentes, ressuscitem os mortos e expulsem os demônios. Vocês receberam sem pagar; portanto, dêem sem cobrar.
  • Sofrer por ser um seguidor de Jesus, Mt 10.16-24: Todos odiarão vocês por serem meus seguidores. Mas quem ficar firme até o fim será salvo. (22)
  • Confessar a Cristo publicamente, Mt 10.32,33: – Se uma pessoa afirmar publicamente que pertence a mim, eu também, no Dia do Juízo, afirmarei diante do meu Pai, que está no céu, que ela pertence a mim. 33 Mas, se uma pessoa disser publicamente que não pertence a mim, eu também, no Dia do Juízo, direi diante do meu Pai, que está no céu, que ela não pertence a mim.
  • Amar a Cristo acima de tudo, Mt 10.38-39: Não serve para ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar. 39 Quem procura os seus próprios interesses nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo, porque é meu seguidor, terá a vida verdadeira.
  • Priorizar a Cristo acima de tudo e todos, Mt 4.18-22; 19.27: Jesus estava andando pela beira do lago da Galiléia quando viu dois irmãos que eram pescadores: Simão, também chamado de Pedro, e André. Eles estavam no lago, pescando com redes. 19 Jesus lhes disse: – Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente. 20 Então eles largaram logo as redes e foram com Jesus. 21 Um pouco mais adiante Jesus viu outros dois irmãos, Tiago e João, filhos de Zebedeu. Eles estavam no barco junto com o pai, consertando as redes. Jesus chamou os dois, 22 e, no mesmo instante, eles deixaram o pai e o barco e foram com ele. 27 Aí Pedro disse: – Veja! Nós deixamos tudo e seguimos o senhor. O que é que nós vamos ganhar?

II – QUE TIPO DE CONHECIMENTO ADQUIRIMOS COM A OBEDIÊNCIA?

  • Revelação sobre a divindade de Jesus, Mateus 16.15,16: – E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? – perguntou Jesus. 16 Simão Pedro respondeu: – O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo.
  • Reconhecimento da nossa condição pecadora diante de Cristo, Jo 21.7: Aí o discípulo que Jesus amava disse a Pedro: – É o Senhor Jesus! Quando Simão Pedro ouviu dizer que era o Senhor, vestiu a capa, pois havia tirado a roupa, e se jogou na água.
  • O milagre é possível quando obedecemos, Jo 21.6,7 – Joguem a rede do lado direito do barco, que vocês acharão peixe! – disse Jesus. Eles jogaram a rede e logo depois já não conseguiam puxá-la para dentro do barco, por causa da grande quantidade de peixes que havia nela. 7 a Aí o discípulo que Jesus amava disse a Pedro: – É o Senhor Jesus!
  • O Senhor requer que confessemos o nosso amor por ele, Jo 21.15-17: Quando eles acabaram de comer, Jesus perguntou a Simão Pedro: – Simão, filho de João, você me ama mais do que estes outros me amam? – Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! – respondeu ele. Então Jesus lhe disse: – Tome conta das minhas ovelhas! 16 E perguntou pela segunda vez: – Simão, filho de João, você me ama? Pedro respondeu: – Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! E Jesus lhe disse outra vez: – Tome conta das minhas ovelhas! 17 E perguntou pela terceira vez: – Simão, filho de João, você me ama? Então Pedro ficou triste por Jesus ter perguntado três vezes: “Você me ama?” E respondeu: – O senhor sabe tudo e sabe que eu o amo, Senhor! E Jesus ordenou: – Tome conta das minhas ovelhas.
  • Revelação direta de Cristo, Ap 1.1: Neste livro estão escritas as coisas que Jesus Cristo revelou. Deus lhe deu esta revelação para mostrar aos seus servos o que precisa acontecer logo. Cristo enviou o seu anjo para que, por meio dele, o seu servo João soubesse dessas coisas.

III – O QUE A VERDADE NOS OFERECE?

  • Uma fé testemunhal verdadeira em Cristo, At 2.32: Deus ressuscitou este Jesus, e todos nós somos testemunhas
  • Poder e autoridade para fazer coisas extraordinárias, At 2.43; 3.6: Os apóstolos faziam muitos milagres e maravilhas, e por isso todas as pessoas estavam cheias de temor. 3.6 – Então Pedro disse: – Não tenho nenhum dinheiro, mas o que tenho eu lhe dou: pelo poder do nome de Jesus Cristo, de Nazaré, levante-se e ande.
  • Uma esperança viva que não fracassa diante das adversidades, Sl 33.20; 62.5: Nós pomos a nossa esperança em Deus, o SENHOR; ele é a nossa ajuda e o nosso escudo. 5: Somente em Deus eu encontro paz e nele ponho a minha esperança.
  • Uma vida cristã pura, pela verdade somos santificados, Joao 15.3; 17.7: Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; 17: Que eles sejam teus por meio da verdade; a tua mensagem é a verdade.
  • Libertação, Rm 6.18: Vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus para fazer o que é direito. Hebreus 4.12: Pois a palavra de Deus é viva e poderosa e corta mais do que qualquer espada afiada dos dois lados. Ela vai até o lugar mais fundo da alma e do espírito, vai até o íntimo das pessoas e julga os desejos e pensamentos do coração delas.

Jesus Cristo é a única verdade que liberta e conduz as pessoas à Deus, Jo 14.6,7,21,23: Jesus respondeu: – Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim. 7 Agora que vocês me conhecem, conhecerão também o meu Pai. E desde agora vocês o conhecem e o têm visto. 21 – A pessoa que aceita e obedece aos meus mandamentos prova que me ama. E a pessoa que me ama será amada pelo meu Pai, e eu também a amarei e lhe mostrarei quem sou. 23 Jesus respondeu: – A pessoa que me ama obedecerá à minha mensagem, e o meu Pai a amará. E o meu Pai e eu viremos viver com ela.

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Findependenciacomcristo%2Fvideos%2F1366190426778501%2F&show_text=0&width=400

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s