Não Murmureis …


Vamos falar sobre um mal que habita no meio do povo de Deus e que deve ser combatido, ele é como a erva daninha que volta a brotar depois de arrancada. Para que a igreja de Cristo prevaleça, devemos combatê-lo a todo o momento. Esse mal é denominado de ‘murmuração’. I Co 10.10.

QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA MURMURAÇÃO?

Queixar-se em voz baixa; falar mal de alguém ou de alguma coisa, questionamento malicioso; criticar maldizendo; difamar ou tentar desacreditar alguém; soltar queixumes; lastimar-se em voz baixa; resmungar.

Toda pessoa em algum momento da vida corre o risco de murmurar, isso não significa que todo tipo de murmuração seja pecado. Mas, em se tratando do povo de Deus existem tipos de murmuração que podem atrapalhar a comunhão com Deus e até mesmo acarretar maldições.

Por que nós murmuramos? Somos levados a murmurar quando tomados pela ansiedade, falta de fé, falta de sabedoria, impaciência, ignorância da Palavra de Deus, pressões, provações, etc. Em qualquer momento na vida nos vimos queixando de alguma coisa ou de alguma pessoa.

ONDE NASCE A MURMURAÇÃO?

Ela começa no coração (pensamento), a Sede de nossas emoções. Jesus disse em Mateus 26.41 – Vigiem e orem para que não sejam tentados. É fácil querer resistir à tentação; o difícil mesmo é conseguir.

  • Provérbios 4.23 – Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos. Na versão RA diz: Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida.

O passo seguinte é a manifestação declarada da murmuração através das palavras. Ai surge outro problema: muitas pessoas desconhecem o grande poder que têm as palavras e o quanto reflete no mundo espiritual e no mundo físico.

  • Guerras surgiram e guerras foram vencidas pela palavra, pessoas foram curadas pela palavra, quase tudo no mundo gira em torno das palavras. Cabe a nós usar nossas palavras corretamente, pois da mesma boca podem surgir palavras boas ou palavras más. Tiago 3.10 – Da mesma boca saem palavras tanto de agradecimento como de maldição. Meus irmãos, isso não deve ser assim.

O QUE A MURMURAÇÃO PRODUZ?

Críticas. O Senhor se irou contra Arão e Mirian porque eles criticaram Moisés. Números 12.1-16: 1 Moisés havia casado com uma mulher da Etiópia, e Míriam e Arão começaram a criticá-lo por causa disso. 8 Pois eu falo com ele face a face, claramente, e não por meio de comparações; ele até já viu a minha forma! Como é que vocês se atrevem a falar contra o meu servo Moisés? 9 E aí o SENHOR Deus foi embora muito irado com eles.

Discórdia. Muitos israelitas morreram no deserto porque passavam grande parte do tempo murmurando, causando discórdias entre o povo. Certo escritor escreveu: “A discórdia quebra o jejum com a  abundância; almoça com a pobreza; janta com a miséria; e dorme com a morte”.

  • I Co 10.10 – Vocês não devem se queixar, como fizeram alguns deles, e por isso foram destruídos pelo Anjo da Morte.

Insatisfação. Uma pessoa insatisfeita é um grande perigo na igreja. O insatisfeito não domina sua língua, suas ações e postura. Ele é contra Deus, tudo e todos. O diabo é especialista em causar insatisfação nas pessoas: nenhum louvor, pregação é bom – se o pastor prega uma hora, ele reclama que passou do horário; se o pastor prega trinta minutos, ele diz que faltou mensagem; se o louvor for agitado ele reclama do barulho, se for suave ele reclama que dá sono.

  • A pessoa murmuradora consegue contagiar outras pessoas com seu discurso de insatisfação. Ela se aproveita de qualquer situação para gerar a insatisfação, Nm 11.4 – Havia estrangeiros viajando com os israelitas. Eles estavam com muita vontade de comer carne, e até mesmo os israelitas começaram a reclamar, dizendo: – Ah, se tivéssemos um pouco de carne para comer!

Amargura (tristeza, aflição). Uma pessoa amarga vomita o ódio, age sem controle, não tem bom senso e semeia destruição por todos os lados. A pessoa amarga ouve o que não foi dito, vê o que não existe, pensa e entende tudo ao contrário. Hebreus 12.15 – Tomem cuidado para que ninguém abandone a graça de Deus. Cuidado, para que ninguém se torne como uma planta amarga que cresce e prejudica muita gente com o seu veneno.

Inveja. A inveja é a admissão da inferioridade, a pessoa sente inveja do outro por se considerar incapaz de ter o que o outro possui. Gn 26.14,15 – Isaque tinha tantas ovelhas e cabras, tanto gado e tantos empregados, que os filisteus acabaram ficando com inveja dele. 15 Por isso eles entupiram com terra todos os poços que os empregados de Abraão, o pai de Isaque, haviam cavado no tempo em que Abraão ainda estava vivo.

Outras coisas que a murmuração produz:

  • Maldade – o murmurador está sempre focado nas falhas do outro, ao invés das virtudes;
  • Calúnia – o murmurador inventa coisas para falar sobre pessoas quando não há o que dizer acerca delas;
  • Hipocrisia – o murmurador finge ser um bom cristão, mas no oculto mostra a verdadeira face;
  • Vingança – o murmurador quando não obtém o que deseja, volta-se contra as pessoas procurando destruí-las;
  • Incredulidade – o murmurador tem o coração duro como pedra. Ignora a Palavra de Deus e o Espírito Santo;
  • Ingratidão – o murmurador sofre tem ausência de memória afetiva e sofre de miopia. Esquece com facilidade dos bens que recebe e nunca enxerga bondade nas pessoas;
  • Orgulho – o murmurador se julga acima de qualquer pessoa. É como o fariseu orgulhoso que se julgou superior ao publicano que clamava por misericórdia.

ALGUMAS CONSEQUÊNCIAS DA MURMURAÇÃO:

  • Frieza espiritual. A pessoa se torna insensível, não se emociona, quando decide participar de alguma ação na igreja é para reclamar e desanimar os outros. Tal pessoa é como uma árvore, às vezes cheia de folhagens, sem frutos; por causa da frieza espiritual geralmente questiona a Deus, a Bíblia e seus líderes; em alguns casos busca bases bíblicas que corroborem com seus erros e tenta justifica-lo sem admitir que esteja doente no espírito.
  • Morte espiritual. Se a pessoa não se corrigir a tempo, irá morrer espiritualmente em pouco tempo. Isso ocorre quando a pessoa começa a ceder espaço em sua vida para satanás, para o mundo e para o pecado. Dificilmente alguém nessa condição irá reconhecer sua queda espiritual, a pessoa vai sumindo devagar da comunhão com a igreja até que desaparece por completo.
  • A ira de Deus. Devemos usar nossas palavras para engrandecer a Deus e promover a paz entre as pessoas. Quando alguém se deixa levar pela murmuração traz sobre si o juízo de Deus, Tiago 5.9 – Irmãos, não se queixem uns dos outros para não serem julgados por Deus. O Juiz está perto, pronto para vir.

O QUE FAZER PARA VENCER O PECADO DA MURMURAÇÃO?

  • Comece a enxergar as pessoas com olhar de Cristo, com graça e misericórdia. Filipenses 2.5 – Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha.
  • Se afaste de lugares onde pessoas usam o tempo para denegrir outras pessoas. Se necessário for, fuja dessas pessoas, não tome parte em seus pecados. I Tessalonicenses 5.21-22 – Examinem tudo, fiquem com o que é bom 22 e evitem todo tipo de mal.
  • Busque alcançar o amor de Deus em tua vida, esse sentimento atrairá bênçãos sobre você. João 14.23 – Jesus respondeu: – A pessoa que me ama obedecerá à minha mensagem, e o meu Pai a amará. E o meu Pai e eu viremos viver com ela.
  • Lembre-se que você pertence a Deus e a murmuração é uma das sete coisas que Deus odeia. Provérbios 6.16-19: Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que não pode tolerar: o olhar orgulhoso, a língua mentirosa, mãos que matam gente inocente, a mente que faz planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que diz mentiras e a pessoa que provoca brigas entre amigos.
  • Se você murmurou contra alguém, peça perdão. Tiago 5.16 – Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados. A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder.
  • Quando fizer alguma ação na igreja ou em favor de alguém, faça-a para Deus, evite comentar com as pessoas para não pecar, Filipenses 2.14,15a – Façam tudo sem queixas nem discussões 15 para que vocês não tenham nenhuma falha ou mancha…
  • Guarde os seus lábios de falar o mal, Salmo 15.1-3 – Ó SENHOR Deus, quem tem o direito de morar no teu Templo? Quem pode viver no teu monte santo? 2 Só tem esse direito aquele que vive uma vida correta, que faz o que é certo e que é sincero e verdadeiro no que diz. 3 Ele não fala mal dos outros, não prejudica os seus amigos e não espalha boatos a respeito dos seus vizinhos.

nao murmureisEu li uma história sobre os três filtros. Ela ensina sobre a ética ao falar de outra pessoa para alguém.

Um jovem chega para um velho sábio e diz: – Senhor, uma pessoa esteve falando mal de você para mim… – Espera! Interrompeu o sábio. – Vamos primeiro submeter o que você ouviu aos três filtros.

– Os três filtros? Perguntou o jovem. – Sim, disse o sábio.

– O primeiro filtro é a verdade. Você tem certeza que o que irá me contar é verdadeiro? Não tenho certeza – respondeu o discípulo.

– Tudo bem. Vamos então para o segundo filtro que é a bondade. O que me desejas dizer é bom para mim ou para alguém? Não, na realidade não é nada bom – respondeu o discípulo.

– Ok, disse o sábio, ainda tem o terceiro filtro que é a necessidade. O que desejas me contar é realmente necessário? Para dizer a verdade, não – disse o discípulo.

Disse o sábio: Se não é verdade, não é bom e não é necessário, sepulte o que ouviu em seus ouvidos.

Nao_murmureis_ADI_18_ago_17.mp3

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s