Você será uma bênção!


Conforme Gênesis 12.1-3 Deus ordenou quatro coisas para Abraão. A sua obediência resultaria em sete promessas . A ordem de Deus não lhe deu opções de escolha, era imperativa, na linguagem popular era ‘pegar ou largar’. A obediência e a fé são duas coisas difíceis de ser explicadas, só entendem quem conhece a Deus, para os outros é loucura.

Quatro ordens de Deus para Abraão:

  1. Saia da sua terra. Abraão teve que deixar para trás parte da sua história de vida. O lugar onde ele cresceu, construiu sua vida, constituiu família, cultura, tradições, religião, política.
  2. Saia … do meio dos seus parentes. Não foi tarefa fácil sair do meio dos parentes. O apego familiar de Abraão era muito forte, tanto que ele desobedeceu parcialmente a segunda ordem de Deus levando consigo seu sobrinho Ló. Mais adiante Abraão teve que lidar com confusões causadas pelos pastores de Ló que culminou com a separação de ambos.
  3. Saia … da casa do seu pai. Abraão teve que romper os vínculos afetivos e parentais com o seu pai. O fato do seu pai adorar outro deus, poderia atrapalhar a relação entre Abraão e Deus. No modelo patriarcal, o pai exercia ascensão sobre os demais familiares. Enquanto Abraão estivesse ligado ao seu pai, Deus não poderia realizar seus planos em sua vida.
  4. Vá para uma terra que eu lhe mostrarei. Deus não lhe indicou o caminho no primeiro momento. Eu penso que se Deus mostrasse para Abraão o caminho enquanto ele estava na sua terra, os seus amigos e familiares poderiam segui-lo no futuro. O projeto de Deus para Abraão exigia 100% de ruptura com o passado e entrega para o novo de Deus.

uma bencao

As promessas que Deus fez para Abraão:

1º) Um futuro garantido para as futuras gerações

Os seus descendentes vão formar uma grande nação. A promessa se estendeu para os filhos, netos e demais descendentes de Abraão. Deus o chamou e assegurou um grande futuro para seus descendentes, mesmo Abraão não tendo filhos até aquele momento, Deus garante que irá cuidar dos seus descendentes.

 2º) Provisão para toda jornada

Eu o abençoarei. Ao afirmar que abençoaria Abraão, Deus estava garantindo que ele teria tudo o que precisasse (recursos, honra, etc.) para seus herdeiros e outros povos. Mais uma prova que Deus se preocupa com seus escolhidos. As bênçãos de Deus para quem é escolhido garantem o presente e o futuro. A partir do momento em que a pessoa obedece a Deus, as bênçãos lhe são asseguradas.

 3º) Sucesso garantido e reconhecido

O seu nome será famoso. Ele seria ilustre, conhecido pelos povos e nações, no seu tempo e nas futuras gerações. As pessoas sem Deus lutam para obter fama e se tornar conhecidas.

  • Deus estava dizendo para Abraão: Eu serei o seu garoto propaganda, seu marqueteiro, sua propaganda e publicidade. Abraão, era um ilustre desconhecido (Abrão – Ilustre) de Ur dos Caldeus que se tornou Pai das Nações (Abraão – Pai de multidões).

4º) Fazer de Abraão uma bênção para outras pessoas

A quarta promessa para Abraão se aplica ao novo período profético da nossa igreja em seu nono ano. O ano para ser uma bênção na vida de outros – Você será uma benção!

O que significa “ser uma benção”? Benção, hebraico ‘Vrachá’. Ter o poder para alcançar prosperidade física ou espiritual, longevidade, fecundidade (os filhos são bênçãos do Senhor, Salmos 127), sucesso – êxito no que faz. Ser uma benção é ter tudo isso multiplicado inúmeras vezes.

O ato de abençoar alguém provoca um grande efeito no mundo espiritual e reflete no mundo natural. Aquele que abençoa manifesta o seu desejo sobre a vida de alguém e o que recebe a bênção espera que os desejos se cumpram.

O que a palavra bênção representa para nós cristãos?

  • É o contrário de maldição, de tudo que é ruim. Deuteronômio 11.26 – E Moisés disse ao povo: – Hoje vou deixar que vocês escolham se querem bênção ou maldição.
  • É promessa de Deus. É a garantia do êxito. Levítico 25.21 – A resposta é que Deus abençoará a terra, e no sexto ano ela produzirá colheitas que serão suficientes para três anos.
  • É presente de Deus. É alcançar bons resultados. Deuteronômio 16.17 – porém cada um deve fazer a sua oferta de acordo com as bênçãos que o SENHOR, nosso Deus, lhe tiver dado.

Você só pode ser uma bênção se for abençoado, ou seja, se tiver o que oferecer a alguém. Por isso, Deus primeiro prometeu abençoar à Abraão antes de torna-lo uma bênção. Exemplos:

  • No campo natural você só pode abençoar alguém financeiramente se tiver recursos sobrando. Caso contrário, você deixará de ser abençoado quando lhe faltar bens;
  • No campo espiritual você só poder abençoar alguém com boas promessas da parte de Deus se tiver uma boa comunhão com Deus para exercer autoridade e poder sobre o mundo espiritual, sem ser impedido pelas hostes espirituais;

Seja no campo natural ou espiritual, a pessoa só pode afirmar que é uma bênção quando tiver reservas suficientes para oferecer a alguém, sem que lhe falte. Se há escassez, significa que naquela área a pessoa não está sendo abençoada.

Deus faz tudo certo. Primeiro ele abençoa a pessoa para que ela seja uma bênção. Aqui reside um grande problema na vida de muitos cristãos que desejam ter a bênção, mas não querem ser uma bênção.

  • Ter é um estado temporal, passageiro. Quando o Senhor disse para Abraão, “eu o abençoarei”, Ele estava dando para Abraão a bênção. Agora, Abraão tem a bênção de Deus;
  • Ser é estado permanente, fala da qualidade e características de alguém. O Senhor disse para Abraão “Você será uma bênção”. Noutras palavras: agora que você tem a minha bênção, então seja uma bênção. Saia do transitório para o permanente. O crente tem a bênção de Deus, por isso ele é uma bênção.
  • Deus primeiro nos abençoou, para que depois fôssemos uma bênção, Efésios 1.3,4: Agradeçamos ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo, pois ele nos tem abençoado por estarmos unidos com Cristo, dando-nos todos os dons espirituais do mundo celestial. 4 Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa. Por causa do seu amor por nós, 5 Deus já havia resolvido que nos tornaria seus filhos, por meio de Jesus Cristo, pois este era o seu prazer e a sua vontade.

Quando Pedro e João caminhavam em direção ao templo, um mendigo lhes pediu dinheiro. Qual foi a resposta de Pedro? Atos 3.6a – Então Pedro disse: – Não tenho nenhum dinheiro…

  • Eles não mentiram. De fato, financeiramente eles não eram abençoados no bom sentido da palavra. Eles não tinham dinheiro. Portanto, não podiam abençoar aquele mendigo com dinheiro. Mas, eles tinham algo mais valioso que o dinheiro. Eles tinham autoridade espiritual, Atos 3.6b – mas o que tenho eu lhe dou: pelo poder do nome de Jesus Cristo, de Nazaré, levante-se e ande.

Qualquer pessoa por mais abençoada que seja em determinada área, sempre terá necessidade de ser abençoada em outras áreas onde sente escassez. Há quem tem dinheiro sobrando, mas não tem saúde; outros tem saúde, mas não tem paz; etc.

Quando Deus disse que Abraão seria uma bênção, Deus estava dizendo:

  • Eu vou te dar tudo o que você precisa, mas eu vou lhe dar muito mais, em abundância, para que você possa presentear aos outros. Você será o meu presente na vida de outros.

A promessa de Deus continua valendo até hoje. Desde Abraão, os pais abençoam os filhos que abençoam seus filhos… Deus ordenou para Moisés que dissesse à Arão como abençoar seu povo. A ordem de Deus é que a bênção fosse perpetuada através das gerações. Ele conferiu a linhagem sacerdotal poder e autoridade para abençoar o povo.

  • Números 6.22-27: O SENHOR Deus disse a Moisés: 23 – Fale com Arão e com os seus filhos e diga-lhes que abençoem o povo de Israel do seguinte modo: 24 “Que o SENHOR os abençoe e os guarde; 25 que o SENHOR os trate com bondade e misericórdia; 26 que o SENHOR olhe para vocês com amor e lhes dê a paz.” 27 E Deus disse: – Assim, Arão e os seus filhos pedirão as minhas bênçãos para o povo de Israel, e eu os abençoarei.

É por essa razão que os pais devem abençoar seus filhos. Quando você diz ao seu filho que ele vai ter ou ser alguma coisa, as suas palavras repercutem no mundo espiritual e se confirmam no mundo natural. O importante é que lhe diga o que terá e acima de tudo o que será.

  • Dependendo do que você diz, o seu filho ou quem estiver sujeito a sua autoridade será abençoado ou amaldiçoado.

Bênçãos ou maldições são transmitidas de pessoa para outra pessoa, de geração a geração. O abençoado transfere suas bênçãos para o outro, assim por diante.

As promessas seguintes são complemento da quarta promessa. Sobre elas eu irei falar em outro momento.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s