Orações que transformam


Paulo começa I Timóteo 2.1-4 com a expressão “Em primeiro lugar” (NTLH), em outras versões “Antes de tudo” indicando uma escala de prioridades na oração. Ele indica para Timóteo que ore pelas autoridades, por todos aqueles que exercem funções de autoridade pública. Muitos cristãos gastam seu tempo criticando os governos ao invés de orar. Quando nós oramos, não sobra tempo para críticas.

  • Aqui não se trata de priorizar os políticos em relação a Cristo. Quando oramos pelas autoridades, Deus age trazendo justiça a Nação.
  • Eu creio que muitos políticos brasileiros estão sendo julgados e condenados pela justiça como resultado das orações do povo de Deus pelo fim da impunidade, da injustiça, da desigualdade e corrupção nos governos.

O propósito da oração pelas autoridades é “para que possamos viver uma vida calma e pacífica, com dedicação a Deus e respeito aos outros”. Quando incluímos as autoridades em nossas orações, nós estamos agradando a Deus que deseja que todos sejam salvos e venham a conhecer a verdade. É possível mudar um sistema político através das orações.

Deus procura por alguém disposto a interceder pela Nação para que ela não seja destruída, um homem que possa salvar a Nação (Ezequiel 22.30).

A origem de todos os problemas que atingem as Nações é o diabo. II Coríntios 4.4, ele é denominado como o deus deste século que cega o entendimento das pessoas para que não conheçam a verdade. A igreja é a única instituição na terra que pode sobrepujar a autoridade do diabo. Isso é possível quando a igreja decide orar e interceder pela Nação. Quem está disposto a entrar nessa peleja pela Nação?

A Bíblia afirma que satanás tem o domínio sobre o mundo invisível. É de lá que ele promove os males que assolam a humanidade. O seu campo de ação sobre as pessoas é a mente, por isso devemos renovar constantemente a nossa mente em Cristo para que não sejamos influenciados por satanás (I João 5.18,19; Romanos 12.2).

O diabo sabe que a Igreja de Cristo é a força que detém o seu domínio completo sobre a humanidade. Ele usará todos os recursos para enfraquecer a Igreja. Cabe a nós, os cristãos, lutar com fé para que o diabo não tenha êxito contra a Igreja de Cristo (Efésios 4.27; II Coríntios 10.4,5).

As armas que o cristão possui não são carnais. A nossa batalha é vencida pela oração. Nós não guerreamos contra pessoas, mas contra os espíritos que estão por detrás das pessoas. O problema é que muitos cristãos desconhecem o poder da oração espiritual, quando você sai da guerra natural para entrar na espiritual.

Quem deve enfrentar e vencer as forças malignas é a igreja. O Senhor tem a nosso dispor as armas espirituais necessárias para vencer qualquer fortaleza do maligno, Mateus 16.18-19 (RA).

Em I Coríntios 14.14,15, Paulo fala sobre dois tipos de oração: A oração com o entendimento e a oração com o espírito.

  • O primeiro tipo de oração envolve a mente. Essa oração é limitada ao seu conhecimento e algumas vezes é insuficiente.
  • O segundo tipo de oração está além da nossa compreensão. São petições que procedem do mais íntimo do nosso ser, reproduzidos através das línguas estranhas. É o Espírito Santo te auxiliando nas orações.

Eu acredito que a oração em línguas estranhas é uma arma poderosa. Quando você ora em línguas o seu entendimento não compreende o que está sendo dito, somente o Espírito de Deus é capaz de entender. A sua oração é criptografada e compreendida apenas pelo Espírito de Deus. O diabo ouve, mas não sabe o que você diz.

  • Alguém pode dizer que o diabo também fala em línguas estranhas e isso é verdade. Mas, a oração do Espírito, ainda que seja imitada por satanás, contém códigos que só podem ser abertos por quem o desenvolveu. Somente o Espírito de Deus compreende.

Um escritor declarou em certa ocasião:  Mostre-me uma pessoa que sempre está falando, criticando, reclamando e murmurando e eu lhe mostro um cristão que não tem o costume de orar muito.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s