Princípios que regem a família cristã


Uma família constituída por membros que caminham em unidade e comunhão, que servem a Deus e tem prazer na Sua Lei gera uma Comunidade Cristã abençoada. Por outro lado, a ausência de um bom relacionamento familiar e comunhão com Deus podem gerar graves problemas para a Comunidade Cristã.

  • Se as coisas não estão bem com a família, a tendência é não estar bem com Deus e com a Igreja.
  • Atos 16.31 – Eles responderam: – Creia no Senhor Jesus e você será salvo – você e as pessoas da sua casa.

Vamos abordar resumidamente alguns princípios bíblicos para a família. O que a Bíblia ensina sobre o esposo/pai, esposa/mãe e filhos.

I – Princípios para o esposo

Deus escolheu o marido para ser o líder espiritual do lar, responsável pela direção espiritual e moral da família. O esposo é responsável perante Deus pela sua família (Ef 5.23).

  • Essa liderança é regida por um amor poderoso e sacrificial. O esposo deve literalmente doar-se para suprir as necessidades físicas, espirituais e emocionais de sua esposa. Ef 5.25 Marido, ame a sua esposa, assim como Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por ela.
  • Essa liderança reconhece as necessidades da esposa como parte mais sensível na relação. I Pedro 3.7a – Também você, marido, na vida em comum com a esposa, reconheça que a mulher é o sexo mais fraco e que por isso deve ser tratada com respeito…
  • A ausência de uma liderança centrada na vontade de Deus pode gerar situações que atrapalharão as orações conjugais, I Pedro 3.7b – Porque a esposa também vai receber, junto com você, o dom da vida, que é dado por Deus. Aja assim para que nada atrapalhe as orações de vocês.

O esposo cristão deve sempre reconhecer o papel da esposa e buscar na graça de Deus os requisitos necessários para uma vida conjugal abençoada por Deus. Quando houver falhas, não tenha receio em reconhecer e confessá-las. Se você agir desse modo irá atrair as bênçãos e milagres divinos sobre teu casamento.

II – Princípios para a esposa

A esposa deve reconhecer que seu esposo é um parceiro igual na graça de Cristo, com responsabilidades de liderança no mesmo modelo de Cristo para com a Igreja. A submissão da esposa se baseia no amor e vontade própria e jamais pela imposição e força (Ef 5.24,33b).

A esposa cristã possui um espírito humilde, manso, amoroso e de respeito ao esposo. A sua fonte de beleza é Deus, ela se cuida e não é relaxada ou desleixada (I Pedro 3.3-4.).

Quando a esposa tem um marido descrente, ela busca no modelo de Deus para a família as respostas para salvar seu casamento e edificar seu lar, Provérbios 14.1 – A mulher sábia constrói o seu lar, mas a que não tem juízo o destrói com as próprias mãos.

III – Princípios para os pais

Duas coisas fundamentais que não podem faltar na relação entre pais e filhos: a disciplina e o ensinamento cristão. Os pais devem oferecer aos filhos um direcionamento espiritual e moral baseados em amor, isso é mais importante do que a responsabilidade financeira dos pais, Efésios 6.4 Pais, não tratem os seus filhos de um jeito que faça com que eles fiquem irritados. Pelo contrário, vocês devem criá-los com a disciplina e os ensinamentos cristãos.

Uma observação importante é que os filhos são altamente perceptivos e observam os comportamentos dos pais. Eles têm mais facilidade para aprender o que veem seus pais fazendo do que aquilo que dizem. Às vezes, os pais passam valores, hábitos e costumes que podem ter efeitos trágicos na formação do caráter dos filhos e no seu desenvolvimento.

Quando a Bíblia afirma que os pais devem ensinar os filhos o caminho em que devem andar (Pv 22.6), significa ir além das palavras e histórias bíblicas sobre moral. Ensinar é ser um exemplo prático, um modelo que pretende para seu filho.

  • Pv 20.7 – Como são felizes os filhos de um pai honesto e direito!

Vejamos alguns erros comuns que pais comentem na educação dos filhos:

  • Educação sem demonstração de amor pode gerar filhos fracos com tendências a rejeição, apatia, falta de autoconfiança, rebeldes, com resistências a liderança. A ausência do amor é notada quando pais priorizam coisas em suas vidas sem dar a atenção devida aos filhos.
  • Educação com mimos excessivos. As vezes os pais substituem a presença física com agrados além do limite. Quando a criança exige algo, os pais se endividam ou fazem loucuras para mimar os filhos. Esse modelo gera filhos egocêntricos, orgulhosos que querem sempre ser ou ter tudo e quando não conseguem ficam desiquilibrados.
  • Educação protecionista. Um erro comum entre os pais que não permitem que seus filhos se desenvolvam socialmente. A criança superprotegida cresce medrosa, dependente e sem autoconfiança. Quando se tornam adultos não sabem ter responsabilidades ou ser independentes. Um exemplo clássico é a geração canguru, adultos que não se soltam do cordão umbilical e permanecem sob custódia dos pais por medo de assumirem responsabilidades ou por comodismo.
  •  Educação tirânica. Pais opressores, violentos e ditadores que não oferecem liberdade aos filhos para questionar e agir. Filhos de pais com esse perfil se tornam adultos apáticos, sem poder de reação ou pessoas vingativas e agressivas.
  • Educação com indiferença. Uma pessoa com essa característica não se posiciona, não demonstra interesse, a sua educação não se baseia em valores e é totalmente apática ao que ocorre em seu redor. Filhos educados nesse ambiente tendem a ser indecisos, fiquem sobre o muro quando deveriam tomar uma posição, não seguem normas, conceitos e valores. Outras vezes, são brutos e fazem o que achar conveniente, sem preocupar-se com o todo.
  • Educação com antagonismos. Essa educação se baseia na oposição de ideias, sistemas, incompatibilidade ou rivalidade. Ela é a mais perigosa do ponto de vista espiritual, principalmente quando assuntos relacionados a igreja ou pessoas são comentados nas reuniões familiares. A crítica antagônica gera filhos inseguros, sem convicção e sem compromisso com a ética cristã. Para eles os fins justificam os meios, independente do modo que agirem.

O princípio bíblico ordena que os pais ensinem corretamente seus filhos de acordo com a palavra de Deus. Hoje eu li um texto de uma pessoa na rede social facebook que dizia o seguinte: Quer saber se você realmente é escolhido ou homem de Deus? Pergunte para sua esposa e seus filhos. IAJ

  • Deuteronômio 6.6,7: Guardem sempre no coração as leis que eu lhes estou dando hoje 7 e não deixem de ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e quando se levantarem.

Pais cristãos devem buscar na Bíblia e nos bons padrões de educação modelos positivos a fim de evitar que seus filhos sejam influenciados e dirigidos pela cultura mundana. A Bíblia afirma que o mundo jaz no maligno (I João 5.19), mas nós somos de Deus e temos um padrão que Deus requer de cada um de nós. A educação dos filhos deve focar:

  • No seu bem-estar espiritual, emocional e natural, nessa ordem.
  • Em desenvolver relacionamentos saudáveis em relação a Deus, a si mesmo e as outras pessoas.
  • Na formação de um caráter capaz de enfrentar a vida realisticamente com fé em Deus.

Não esqueçamos que o modo como nos comunicamos no lar irá refletir na educação dos filhos. Atitudes positivas nos filhos são construídas quando os pais expressam amor e respeito a Deus, família, igreja, pessoas e coisas. Do mesmo modo, as atitudes negativas surgem quando a comunicação se baseia na murmuração, críticas infundadas e desrespeito.

Uma palavra aos pais. Examinem seus exemplos e vejam quais as tendências que seus filhos manifestam. Não estou dizendo que todos os problemas familiares entre pais e filhos sejam culpa ou responsabilidade dos pais, mas geralmente os filhos são reflexos do que são seus pais quando são presentes.

Se porventura teu filho demonstra tendências diferentes das que lhe foi ensinada, não se sinta culpado por isso. O diabo é especialista em lançar culpa nos pais pelos problemas dos filhos. Apenas, observe onde você possa ter errado e se possível corrija a rota enquanto há tempo. Deus te dará estratégias para lidar com as situações.

  • O exemplo dos pais é extremamente mais poderoso do que suas palavras. Se tens falhado no exemplo, peça honestamente a Deus que te perdoe. Confesse para Deus o que tem prejudicado seus filhos e mude suas atitudes e exemplos. Os seus filhos são presentes de Deus (Salmos 127).
  • Em muitos casos, os pais precisam pedir perdão aos seus filhos, independentemente da idade dos filhos. Tal honestidade terá um tremendo efeito restaurador, curador, em relacionamentos desgastados entre pais e filhos.

IV – Princípios para os filhos

Efésios 6.1-3 – Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer ao seu pai e à sua mãe, pois isso é certo. 2 Como dizem as Escrituras: “Respeite o seu pai e a sua mãe.” E esse é o primeiro mandamento que tem uma promessa, a qual é: 3 “Faça isso a fim de que tudo corra bem para você, e você viva muito tempo na terra.”

A lei do Velho Testamento pronuncia severa punição sobre filhos que maldizem e desonram seus pais. Os filhos modernos precisam reaprender a importância extrema de honrar seus pais. A sociedade corrompida e ímpia de hoje reverteu completamente o princípio de honrar os pais.

  • Filhos, vocês têm tratado seus pais com desrespeito ou raiva? Desrespeito aos pais é pecado diante de Deus. Jovens, vocês não podem estar bem com Deus se estão desrespeitando seus pais. Como adultos, nós também devemos nos perguntar se estamos tratando com respeito nossos pais idosos.

Lembrem-se de que ninguém que maltrata ou negligência um pai ou uma mãe pode estar bem diante de Deus! Que o Senhor nos abençoe e permite viver a realidade familiar que Josué viveu diante do seu povo. Uma família servindo ao Senhor!

  • Josué 24.15b – … Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o SENHOR.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s