Quando ouço a tua voz …


I Samuel 3.10 – Então o Senhor veio e ficou ali. E, como havia feito antes, disse: – Samuel, Samuel! – Fala, pois, o teu servo está escutando! – respondeu Samuel.

I – Você já ouviu a voz de Deus alguma vez?

É provável que sim. Deus está sempre falando conosco de muitas maneiras, Jó 33.14-16: Deus fala de várias maneiras, porém nós não lhe damos atenção. 15 De noite, na cama, quando dormimos um sono profundo, ele fala por meio de sonhos ou de visões. 16 Deus fala aos nossos ouvidos, e os seus avisos nos enchem de medo.

  • Hebreus 1.1,2: Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, 2 mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo.

É certo que em algum momento Deus tenha falado conosco, mas a grande questão é: como saber quando é Deus quem está falando?

Nem todas as vozes que ouvimos são de Deus. Muitas decisões que tomamos são pessoais e se restringe a nossa vontade. É a voz do coração, da consciência ou do juízo falando quando decidimos comprar algo ou fazer determinado negócio para obter lucro. Provavelmente essa não é a voz de Deus, é a nossa voz interior ou a voz de pessoas que estamos ouvindo.

  • Não estou afirmando que é pecado ouvir sua voz interior ou a voz das pessoas, desde que elas estejam de acordo com a vontade de Deus. O que não podemos é confundir essas vozes e nossas decisões pessoais com a verdadeira voz de Deus.

II – Quando é que Deus fala com alguém?

Deus fala quando há propósitos envolvidos. A sua voz não diz respeito as decisões ou interesses pessoais. Nós temos o livre arbítrio para tomar as decisões nos negócios, nos relacionamentos ou qualquer área da nossa vida. Não precisamos ouvir a voz de Deus para assuntos pessoais e sim saber qual é a vontade de Deus para fazer a escolha certa.

Deus fala quando escolhe alguém para servir ministerialmente. A palavra ministério significa serviço, portanto a pessoa que exerce um ministério é um servo a serviço do Reino de Deus. Algumas pessoas confundem a voz de Deus alegando que foram chamadas ministerialmente para fazer sucesso, obter fama e dinheiro, não aceitam servir e querem brilhar nos altares.

  • Quando ouvimos a voz de Deus é possível alcançar fama (ser conhecido), sucesso (ter êxito) e dinheiro (recursos), mas a única estrela que deve brilhar sempre é a do Senhor Deus.
  • Quando ouvimos a voz de Deus, sujeitamo-nos a sua vontade, aceitamos o Seu chamado e cumprimos o Seu propósito, mesmo que não tenhamos o sucesso, visibilidade e notoriedade perante as pessoas.
  • Quando ouvimos a voz de Deus somos sensibilizados pelo Espírito de Deus para servir. Nasce em nós um sentimento de amor incomparável pelo que fazemos. Se alguém executa um ministério relaxadamente é porque não foi tocado pelo Espírito de Deus e está na posição errada.

Quando Deus fala, nem sempre ouvimos coisas agradáveis. É comum as pessoas creditarem a Deus palavras que lhes são agradáveis, mesmo que Deus não tenha dito. Em II Crônicas 18, lemos a passagem sobre os profetas bajuladores e mentirosos que profetizavam coisas agradáveis aos ouvidos do rei Acabe. Há muitas pessoas que agem como o rei Acabe, querem ouvir apenas coisas agradáveis, mesmo que isso custe suas vidas.

A passagem de I Samuel 3.1-10 conta a história do chamado de Samuel. Ele era servo de Eli nos serviços do Templo quando Deus falou com ele. Naquela época as visões não eram frequentes, Eli já estava velho, cansado e seus filhos não tinham temor a Deus.

III – Três lições que aprendemos no chamado de Samuel

A primeira é que Samuel desde criança ministrava no Templo. Samuel era um tipo de estagiário sacerdotal que aprendia ouvindo e praticando. Ele ajudava o sacerdote Eli em vários serviços no Templo. I Samuel 2.18 – Samuel continuava no serviço de Deus, o SENHOR. Embora ainda fosse menino, vestia um manto sacerdotal de linho.

  • Deus levanta crianças, jovens e adultos para servirem aos seus propósitos. Para Deus não existe fator idade, quando ele tem um propósito escolhe alguém para cumpri-lo independente da idade.
  • A igreja deve incentivar a participação de crianças e jovens nos ministérios. Alguns deles ouvirão a voz de Deus e serão chamados para servir como profetas, apóstolos, pastores, mestres e evangelistas (Efésios 4.11).

A segunda lição é que havia uma crise espiritual muito grande envolvendo o sacerdócio. As visões, revelações e profecias não eram comuns porque faltavam sacerdotes e profetas. Eli já estava velho, cego e surdo, mesmo assim servia no Templo porque faltavam novos sacerdotes.

Os filhos de Eli foram criados no Templo, sucessores sacerdotais, não tinham temor, não tinham respeito pelo sacerdócio, não conheciam o Senhor, eram desonestos e tratavam com desprezo as ofertas do Senhor (II Samuel 2.12-17).

  • Versos 12,17 – Os filhos do sacerdote Eli não prestavam e não se importavam com Deus, o SENHOR. 17 Assim os filhos de Eli tratavam com muito desprezo as ofertas trazidas a Deus, o SENHOR. E para o SENHOR o pecado desses moços era muito grave.

Enquanto Eli estava ministrando no Templo, os seus filhos se prostituíam com mulheres que trabalhavam na porta da Tenda Sagrada (I Samuel 2.22-25). Eli sabia desses pecados e tentava corrigi-los, mas eles ignoravam os conselhos do velho sacerdote.

  • Versos 22,23 – Eli já estava muito velho. Ele ouvia falar de tudo o que os seus filhos faziam aos israelitas e também que eles estavam tendo relações com as mulheres que trabalhavam na entrada da Tenda Sagrada. 24 Então Eli disse: – Por que é que vocês estão fazendo essas coisas? Todos me falam do mal que vocês estão praticando. 24 Parem com isso, meus filhos! Eu estou ouvindo o povo do SENHOR Deus dizer coisas terríveis a respeito de vocês!

Samuel, não era da linhagem sacerdotal. O sucessor natural de Eli seria um dos seus filhos, mas Deus mudou a regra e escolheu Samuel porque ele estava servindo no Templo. Embora possa falar com as pessoas em qualquer lugar, o templo é o lugar escolhido para o Senhor falar com alguém.

  • Foi no Templo que Samuel ouviu a voz de Deus;
  • Foi no Templo que Deus se revelou para ele;
  • Foi no Templo que Eli o instruiu como ser sacerdote;
  • Foi no Templo que ele conheceu a Deus e não em outro lugar.

Qual a tua reação ao descobrir que Deus está falando com você? Deus enviou um profeta para falar com Eli sobre suas falhas (I Samuel 2.27-36), mas Eli ouviu a voz de Deus, mas não foi capaz de consertar a sua casa, os seus filhos ignoraram as palavras de correção e por isso o Senhor os rejeitou.

  • A primeira reação de Samuel ao ouvir a voz de Deus foi consultar o sacerdote. Essa deveria ser a conduta de todo cristão, quando ouvir alguma voz procure pelo homem de Deus, pelo seu líder, pastor e busque orientação. Fale com alguém experiente que irá te dizer como fazer para conhecer a Deus.
  • A segunda reação foi buscar uma forma de entender a voz de Deus. Samuel era jovem, inexperiente e precisava de orientação. Eli lhe disse como fazer. II Samuel 3.7,9 – Samuel não conhecia o Senhor, pois o Senhor ainda não havia falado com ele. 9 e ordenou: – Volte para a cama e, se ele chamar você outra vez, diga: “Fala, ó SENHOR, pois o teu servo está escutando!” E Samuel voltou para a cama.

Porque Deus falou diretamente com Samuel ao invés de falar com Eli?

  • Deus tinha urgência em levantar um novo sacerdote e as condições espirituais, física e morais de Eli não eram favoráveis. I Samuel 3.13 – Eu lhe disse que ia castigar a sua família para sempre porque os seus filhos disseram coisas más contra mim. Eli sabia que eu ia fazer isso, mas não os fez parar.
  • Quando Deus quer falar com alguém Ele quebra protocolos, muda a ordem e vai direto até a pessoa. I Samuel 3.19 – E Samuel cresceu. O SENHOR estava com ele e fazia tudo o que Samuel dizia que ia acontecer.
  • Deus fala com pessoas que servem aos Seus propósitos. Eli por causa das condições físicas e seus filhos por causa das condições morais não estavam servindo aos propósitos de Deus enquanto que Samuel estava ministerialmente ativo, servindo no Templo. I Samuel 3.1a,4 – Samuel ainda era menino e ajudava Eli na adoração a Deus, o SENHOR… 4 Então o SENHOR Deus chamou: – Samuel, Samuel! – Estou aqui! – respondeu ele.

A terceira lição é que Deus decidiu renovar o sacerdócio. Eli sabia que Deus tinha rejeitado o seu sacerdócio; ele tinha ciência dos pecados dos seus filhos. I Samuel 2.30aEu, o SENHOR, o Deus de Israel, prometi no passado que a sua família e os seus descendentes me serviriam para sempre como sacerdotes. Mas agora eu digo que isso não vai continuar…

Eli sabia qual era a vontade de Deus, mas não cumpria. Quando alguém sabe qual é a vontade de Deus e não obedece é o mesmo que desprezar ao Senhor. I Samuel 2.30a… Pois respeitarei os que me respeitam, mas desprezarei os que me desprezam.

  • Jesus falou que a pessoa que ouve a sua voz e não obedece tem suas bases espirituais frágeis. Lucas 6.46,48 – Por que vocês me chamam “Senhor, Senhor” e não fazem o que eu digo? 49 Mas quem ouve a minha mensagem e não é obediente a ela é como o homem que construiu uma casa na terra, sem alicerce. Quando a água bateu contra aquela casa, ela caiu logo e ficou totalmente destruída.

Samuel diz a Eli tudo o que Deus lhe falou. Eli está cego e surdo e incapaz de reagir e se arrepender. Ele age com passividade, aceita o seu destino de destruição e não busca pela misericórdia divina, I Samuel 3.18 – Então Samuel contou tudo, sem esconder nada. E Eli disse: – Ele é Deus, o SENHOR. Que ele faça tudo o que achar melhor!

Enquanto Eli morria espiritualmente, fisicamente e moralmente, o jovem Samuel crescia na presença do Senhor e aos poucos vai assumindo os ofícios sacerdotal e de profeta. Ele ouve a voz de Deus e fala em nome do Senhor.

  • I Samuel 3.19-21 – E Samuel cresceu. O SENHOR estava com ele e fazia tudo o que Samuel dizia que ia acontecer. 20 Assim todo o povo de Israel, do norte ao sul do país, ficou sabendo que Samuel era, de fato, um profeta do SENHOR. 21 O SENHOR continuou a aparecer em Siló, onde havia se revelado a Samuel e falado com ele. E a palavra de Samuel era respeitada por todo o povo de Israel.

Nós estamos vivendo em nosso País dias semelhantes ao de Eli. O Brasil está sofrendo porque faltam sacerdotes e profetas que falem em nome do Senhor a palavra do Senhor, que honrem o nome do Senhor. Os filhos de Eli separavam as melhores partes do sacrifício para eles e deixavam a sobra para o Senhor, eles eram amantes dos prazeres e dinheiro, por isso foram mortos.

Eu vejo o juízo de Deus sobre líderes que agem como Eli e seus filhos, o Senhor os tem rejeitado e dado tempo para que se arrependam. Enquanto isso, nesse exato momento, o Espírito de Deus vem falando a geração de Samuel e os capacitando para a grande virada que se dará com o fim de geração de Eli e o início da geração de Samuel.

  • A geração de Samuel será uma geração de adoradores que servem ao Senhor acima de qualquer interesse e eles serão os juízes, sacerdotes e profetas que irão mudar o destino do Brasil e da Igreja para que os propósitos de Deus sejam estabelecidos, até que Cristo venha.
  • A geração de Samuel não terá medo de dizer o que Deus ordenar, mesmo que tenham que reprovar e depor governos como Samuel fez com Saul. Essa será uma geração comprometida com os propósitos de Deus para a Igreja, para a família e Nação.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s