Poder para ser de Cristo …


Atos 1.8 – Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra.

Meus agradecimentos a família independência com Cristo. Pela graça de Deus nós alcançamos a primeira década de serviços ao Reino de Deus através dessa casa. Essa é uma marca importante para a igreja e biblicamente o número 10 traz muitos significados que podemos aplicar profeticamente.

  • De acordo com a história, os homens primitivos usavam os dedos das mãos para fazer suas contagens, dessa prática surgiu o sistema decimal que usamos até hoje. Por isso, o número 10 é visto como indicador de um período de tempo, de um ciclo ou de completude. O número 11 indica o início do novo, assim como o número 1, 21, 31, 101, 1001, etc…

Assista essa mensagem em nosso canal no YouTube

Algumas referências bíblicas que confirmam a nossa exegese sobre o significado bíblico do número dez:

  1. Decálogo. Os 10 mandamentos que representam as regras estabelecidas por Deus para o povo de Israel – Êxodo 34.28 – Moisés ficou ali com Deus, o SENHOR, quarenta dias e quarenta noites e durante esse tempo não comeu nem bebeu nada. Ele escreveu nas placas de pedra as palavras da aliança, isto é, os dez mandamentos.
  2. Ciclo de santificação. O período de 10 dias que Daniel e seus companheiros pediram para comerem somente legumes – Daniel 1.12,15 – Quero pedir que o senhor faça uma experiência com a gente. Durante dez dias, dê-nos somente legumes para comer e água para beber. 15 Passados os dez dias, os quatro jovens israelitas estavam mais sadios e mais fortes do que os jovens que comiam a comida do rei.
  3. A mesma coisa muitas vezes. Jacó afirmou para Lea e Raquel que o seu sogro lhe enganara “umas dez vezes” – Gênesis 31.7a. – Mas ele me tem enganado e já mudou o meu salário umas dez vezes.
  4. Os cristãos em geral. As 10 noivas virgens representam as duas classes de cristãos – Mateus 25.1,2 – Jesus disse: – Naquele dia o Reino do Céu será como dez moças que pegaram as suas lamparinas e saíram para se encontrar com o noivo. 2 Cinco eram sem juízo, e cinco eram ajuizadas.
  5. Um período de provação. Durante 10 dias a igreja de Esmirna seria submetida a sofrimentos e perseguições – Apocalipse 2.10 – Não tenham medo do que vocês vão sofrer. Escutem! O Diabo vai pôr na prisão alguns de vocês para que sejam provados e sofram durante dez dias. Sejam fiéis, mesmo que tenham de morrer; e, como prêmio da vitória, eu lhes darei a vida.
  6. Totalidade. A mulher perdeu uma moeda e somente se alegrou quando encontrou a décima moeda que estava perdida – Lucas 15.8,9 – Jesus continuou: – Se uma mulher que tem dez moedas de prata perder uma, vai procurá-la, não é? Ela acende uma lamparina, varre a casa e procura com muito cuidado até achá-la. 9 E, quando a encontra, convida as amigas e vizinhas e diz: “Alegrem-se comigo porque achei a minha moeda perdida.”
  7. 10 agentes que não podem nos separar do amor de Cristo: morte, vida, anjos, outras autoridades, poderes celestiais, presente, futuro, mundo lá de cima, mundo lá de baixo e todo o universo. Romanos 8.38,39
  8. 10 pecados que excluem a pessoa do Reino de Deus: imoralidade (devassos), idolatria, adultério, homossexualidade (efeminados), perversão sexual (sodomitas), furto (ladrões), avareza, embriaguez (bêbados), calunias (maldizentes), roubo (roubadores). I Coríntios 6.9,10 RC
  9. 10 talentos. A distribuição correta dos talentos e a responsabilidade que cada um deve ter com o talento que recebeu do Senhor. Mateus 25.14,15 – Jesus continuou: – O Reino do Céu será como um homem que ia fazer uma viagem. Ele chamou os seus empregados e os pôs para tomarem conta da sua propriedade. 15 E lhes deu dinheiro de acordo com a capacidade de cada um: ao primeiro deu quinhentas moedas de ouro; ao segundo deu duzentas; e ao terceiro deu cem. Então foi viajar.

O 10º ano do MICC representa o encerramento do primeiro ciclo, da primeira década e o início de um novo período marcado por Deus para ser melhor que o primeiro, com novas conquistas, realizações e experiências que serão proporcionadas por Deus.

De Adão até Noé temos 10 gerações e cada geração representou um papel importante na história. I Crônicas 1.1-4 – Adão (primeiro homem) foi pai de Sete, Sete foi pai de Enos, Enos foi pai de Cainã, 2 Cainã foi pai de Maalalel, Maalalel foi pai de Jarede. 3 Jarede foi pai de Enoque, Enoque foi pai de Matusalém, Matusalém foi pai de Lameque, 4 e Lameque foi pai de Noé. Noé (descanso) foi pai de três filhos: Sem, Cam e Jafé.

No capítulo 6 de Gênesis temos o relato bíblico sobre a 10ª geração, a de Noé. Havia muita maldade e violência, os filhos de Deus se contaminaram com as filhas dos homens, o tempo de vida foi reduzido para 120 anos, haviam gigantes e homens famosos, as pessoas só pensavam em fazer coisas erradas, todos eram maus exceto Noé.

  1. Deus estava irado com os pecados da humanidade, mas se agradava de Noé. Ele era um homem correto, obedecia a Deus e tinha comunhão com Deus.
  2. Deus deu uma visão para Noé acerca da construção da arca e ele obedeceu. É provável que as pessoas zombassem de Noé e sua família, ninguém acreditava em suas palavras que a terra seria destruída.
  3. Deus reinicia a história, trazendo o dilúvio sobre a terra extinguido toda vida existente no mundo antigo, exceto Noé e sua família e os animais que estavam na Arca.
  4. O dilúvio não foi o fim da humanidade, mas o início de um período, ele representa o marco zero da aliança que Deus fez com Noé que não destruiria a terra novamente por causa da maldade nos corações das pessoas.

Depois de Noé mais 10 gerações se passaram entre Sem o 11º e Abraão o 20º, I Crônicas 1.24-27 – A linha de famílias de Sem a Abrão foi a seguinte: Sem, Arpaxade, Selá, 25 Éber, Pelegue, Reú, 26 Serugue, Naor, Tera 27 e Abrão, também conhecido como Abraão.

  • Deus estabeleceu um novo ciclo a partir de Sem, a 11ª geração, até Abraão que representa a geração da promessa. Deus reafirmou sua promessa e plano de redenção a partir de Abraão, passando por Moisés, Davi e até a chegada da plenitude dos tempos com o advento de Cristo, do Espírito Santo e da igreja.
  • Em Isaque temos a consagração das primícias, ele é o primeiro da 21ª geração e foi consagrado ao Senhor através do sacrifício. Deus se agradou de Abraão porque ele entregou o único filho, o primeiro de uma linhagem ao Senhor.

Faço uma apologia a nossa história, desde a primeira reunião de oração com 16 pessoas, a fundação da igreja com 23 pessoas e a posição que hoje nós ocupamos nos corações de centenas de pessoas entre membros, congregados, apoiadores, admiradores e filiados.

  1. Nesses 10 anos de história vivemos muitos momentos interessantes:
  2. Enfrentamos muitos problemas ministeriais, alguns de difícil resolução.
  3. Sentimos tristeza com as perdas e com as quedas de pessoas que demonstravam profundo amor a Deus, mas não foram fortes para permanecer na fé.
  4. Sofremos com a ingratidão de alguns.
  5. Nos alegramos com as realizações e gratidão daqueles que reconheceram a importância desse Ministério em suas vidas.
  6. Tocamos Cidades, Estados e Nações. Promovemos muitas ações em prol do Reino de Deus.
  7. Participamos da construção de Ministérios locais e distantes e atualmente vemos os frutos desses esforços.
  8. Aprendemos a olhar sempre para Jesus, o autor e consumador da fé.

O 10º ano marca o encerramento de um ciclo. Além das coisas que citei, há muitas outras que cada um de vocês viveram e que poderiam compartilhar conosco se não fosse a exiguidade do tempo. Entre o 10º e o 11º ano há um período que denominamos de marco zero. É o princípio citado em Gênesis e o nascimento do novo. É assim que vejo o Ministério Independência com Cristo. Nós estamos reiniciando um novo tempo que Deus preparou para todos nós, observem:

Um casal de amigos que vivem nos EUA postou numa das imagens sobre a igreja no facebook um versículo de Ezequiel 17. Esse capítulo fala sobre a videira que cresceu as margens do rio, com raízes profundas. Ela tinha baixa estatura e se tornou uma árvore frutífera, cheia de sementes de excelente qualidade e resistiu as intempéries porque o Senhor determinou que fosse assim.

o   Eu vejo o MICC como essa videira, sem muita grandeza, mas com bases sólidas e que tem produzido bons líderes para servirem aos propósitos do Reino de Deus em muitos lugares. Algumas vezes fomos atacados e algumas pessoas disseram que seria o nosso fim, mas Deus não permitiu porque Ele é quem dá a última palavra. Nós somos o que somos porque o Senhor Deus permitiu, Deus quis assim. Louvado seja Deus!

Houve momentos quando alguém saia da igreja, principalmente da liderança, eu pensava comigo: “Deus, se o Senhor não me ajudar acabou a igreja…”; algumas vezes eu achei que não teríamos substitutos para determinadas funções, mas no final Deus sempre surpreendeu levantando outros para ocuparem as brechas.

  • A minha conclusão é que essa igreja resiste e está em pé porque Deus está no comando. Ele é o comandante supremo, o Senhor absoluto da igreja.
  • O Senhor falou através do Profeta Ezequiel: Todas as árvores dos campos ficarão sabendo que eu sou o SENHOR. Eu derrubo as árvores altas e faço as árvores pequenas crescerem. Eu seco as árvores verdes e faço com que as árvores secas fiquem verdes de novo. – Eu, o SENHOR, falei; eu cumprirei o que prometi.” Em Ezequiel 17.24

A palavra de ordem profética (lema) para 2019 será “PODER PARA SER DE CRISTO EM TODO LUGAR”. Nós pensamos em várias ações com a liderança e ministérios locais com a finalidade de declararmos Cristo em todo lugar.

05 qualidades da igreja que pretendemos ser em 2019:

  1. Um exército que luta para resgatar os fracos e oprimidos; que combate os inimigos e defende o Reino de Deus – o Senhor Deus é a nossa bandeira!
  2. Uma casa de milagres para curar doentes espirituais, restaurar corações, famílias e casamentos, unir pais e filhos que adorem a Deus em Espírito e em verdade!
  3. Uma escola que ensina a Palavra de Deus, que forma gerações com consciência cristã!
  4. Uma família que cuida e protege seus membros. Nós seremos pais e mães, tutores que adotarão filhos e filhas e lhes ensinarão o caminho da verdade. Nós defenderemos a nossa igreja com o mesmo ímpeto que defendemos a nossa casa natural!
  5. Uma fonte de bênçãos sobre a família da fé. As pessoas que verdadeiramente desejam servir à Deus, obedecer a Sua palavra e serem fiéis aos princípios estabelecidos nesta casa, todas as bênçãos do Senhor prometidas sobre a igreja se estenderão aos seus membros.

A partir de janeiro, nós iremos estudar na EBD uma série de estudos sobre adoração, serviço e empoderamento cristão. Todas as classes dominicais estudarão o mesmo conteúdo e serão desafiados a praticar o discipulado através de reuniões em diversos ambientes.

  • Os participantes ensinarão a Palavra de Deus nas casas, escolas, trabalhos, academias e outros ambientes.
  • O grande desafio. Tornar cada crente além de ouvinte, um praticante da Palavra de Deus.

Quando Jesus disse que os discípulos receberiam o poder do Espírito Santo, ele deixou claro que a finalidade do empoderamento é ser testemunha de Jesus em todo lugar (Jerusalém, Judéia, Samaria e confins da terra). É o que pretendemos, tornar cada crente uma testemunha eficaz de Jesus independente do lugar em que estiver.

Nas próximas reuniões de culto eu irei falar mais detalhadamente sobre o que esperamos de cada membro e aonde poderemos chegar se todos estiverem unidos para viver o novo de Deus.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s