DAR . Um ato de adoração!


Deus é um doador e deveria ser normal para um cristão dar. Quando damos, demonstra que honramos a Deus e o reconhecemos como nossa verdadeira fonte. É o nosso ato de adoração. É possível dar e não adorar, mas é impossível adorar e não dar. Provérbios 3:9,10; I Coríntios 16:2.

Há muitas razões pelas quais as pessoas devem ofertar, há razões certas e também erradas. Algumas das grandes razões para dar de acordo com os padrões bíblicos são descritas abaixo.

  1. Nós damos porque Deus nos deu primeiro: João 3:16A;
  2. Damos porque amamos: A razão pela qual Deus deu foi porque ele nos amou primeiro. É possível dar e não amar, mas é impossível amar e não dar. Dar não irá salvá-lo, mas é uma demonstração que você está salvo. Damos proporcionalmente à graça que recebemos. Devemos dar livremente como nós livremente recebemos. Um incrédulo lutará para dar porque ele não recebeu graça. Mateus 10:8.
  3. Nós damos como um ato de adoração. Em Filipenses 4:18, Paulo encorajou a igreja em Filipe, dizendo que suas ofertas eram “como um perfume suave oferecido a Deus, um sacrifício que ele aceita e que lhe agrada” – foi um ato de adoração. Esta deve ser a nossa maior motivação em dar como uma demonstração do nosso amor e adoração a Deus.

Uma pergunta importante que você deve fazer todos os dias: Quanto Deus vale para você? Devemos amar a Deus e usar o dinheiro, e não amar o dinheiro e usar a Deus. O dinheiro deve ser colocado no bolso, por isso é fácil de dar e não colocado no coração. I Timóteo 6:10; Mateus 6:24. Não deixe que isso nos dirija e seja o tomador de decisões em nossa vida. Porque vivemos pela fé e não pelo que vemos. (II Coríntios 5:7).

Em Lucas 12:34 está escrito: Pois onde estiverem as suas riquezas, aí estará o coração de vocês. Significa que existe uma relação direta entre o tesouro e o coração, eles são inseparáveis. Se gastarmos mais dinheiro em coisas materiais, o espírito do materialismo continuará a nos afetar. Mas se aprendermos a dar ao Reino de Deus, ele nos dará suas bênçãos. II Coríntios 9:11 – Ele fará com que vocês sejam sempre ricos para que possam dar com generosidade. E assim muitos agradecerão a Deus a oferta que vocês estão mandando por meio de nós.

Toda benção que desfrutamos agora ou que está passando por nós é um teste. É um teste de mordomia. Se Deus pode confiar em obter recursos e bênçãos através de você, ele os levará até você. Quando passamos pelo teste nos tornamos um canal das bênçãos de Deus para os outros. Lucas 16:10.

Você pode medir a profundidade da sua adoração pela altura da sua doação. A altura de um edifício irá dizer a força e profundidade da fundação. Você pode avaliar a qualidade de sua adoração avaliando suas atitudes motivações nas doações.

A Bíblia fornece diretrizes sobre quanto dar. Não é o montante, mas a proporção. I Co 16:2 nos encoraja a dar de acordo com a medida de nossos ganhos, se ganharmos mais, devemos dar mais, se ganharmos um pouco, devemos também dar um pouco.

Alguns exemplos na Bíblia daqueles que deram grandes proporções:

  • Abraão deu um décimo (Genesis 14:20)
  • Zaqueu deu metade de suas posses (Lucas 19:8)
  • A viúva deu tudo que ela tinha (Marcos 12:44)

Deus honrou suas doações porque eles estavam dispostos a dar de coração e a proporção era segundo sua vontade, não através de obrigações. Pense nisso desta maneira:

  • Quando damos porque precisamos – é lei.
  • Quando damos porque sentimos que precisamos – é uma obrigação.
  • Mas quando damos simplesmente porque queremos dar a partir das profundezas do nosso coração – é amor.

Gênesis 14 registra sobre a primeira pessoa que deu o dízimo, Abraão. Ele fez isso pela fé e o fez 400 anos antes da lei, antes que o dízimo fosse introduzido por Deus na lei. O dízimo precede a lei e está fora da lei, portanto ainda se aplica após a lei. Abraão era um homem de negócios e ele entendia os números. Nosso sistema de numeração é de até dez. Então, quando você conta até onze, é basicamente um novamente, mas um no nível das dezenas. Da mesma forma, 101 é um no centésimo nível, 1001 é um no milésimo nível e assim por diante. Isso significa que um décimo é na verdade um representante do total. Nenhuma outra proporção representa o total. Então, quando nós honramos a Deus com o nosso dízimo, estamos oferecendo-lhe um representante de todos os nossos bens. Romanos 11:16.

  • Quando damos a Deus o décimo, nós tornamos os 100% sagrado e Deus abençoa os 90% que nos pertence. Da mesma forma, quando não honramos a Deus com os 10%, nós amaldiçoamos o lote inteiro ou 100%. Malaquias 3.8-9: Eu pergunto: “Será que alguém pode roubar a Deus?” Mas vocês têm roubado e ainda me perguntam: “Como é que estamos te roubando?” Vocês me roubam nos dízimos e nas ofertas. 9 Todos vocês estão me roubando, e por isso eu amaldiçôo a nação toda.

Quando escolhemos honrar a Deus com tudo o que temos, e estar dispostos a dar generosamente, Deus nos provê  na medida que nos alinharmos para as Suas maravilhosas bênçãos. Ele prometeu que abriria o céu e derramaria bênçãos que não teríamos espaço suficiente para contê-las (Malaquias 3.10). Deus nos abençoará para que possamos ser uma bênção (Gênesis 12.2; Lucas 6.38; II Coríntios 9.8).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s