Discípulos de todas as Nações


Marcos 3.13-16: Jesus subiu um monte, chamou os que ele quis, e eles foram para perto dele. 14 Então escolheu doze homens para ficarem com ele e serem enviados para anunciar o evangelho. A esses doze ele chamou de apóstolos. 15 Eles receberam autoridade para expulsar demônios. 16 Os doze foram estes: Simão, a quem Jesus deu o nome de Pedro.

A igreja existe para nada mais que atrair homens para Cristo, para torná-los pequenos cristos. Se eles não estão fazendo isso, todas as catedrais, clero, missões, sermões, até a própria Bíblia, são simplesmente uma perda de tempo. Deus se tornou homem para nenhum outro propósito. C.S. Lewis.

O discipulado é um chamado ao compromisso pessoal para seguir Jesus. Isso envolve estar com ele e conhecê-lo (Marcos 3:14). Jesus designou doze, a quem ele nomeou apóstolos, para que pudessem estar com ele e serem enviados para pregar as boas novas. Portanto, o objetivo do discipulado é desenvolver crentes saudáveis que andem pela fé, comuniquem sua fé e multipliquem sua fé.

Antes de ser um discipulador a pessoa precisa se tornar um discípulo. O discípulo é um aluno que recebe treinamento individualizado especial para uma tarefa ou um ofício e um seguidor, aquele que anda nas pegadas de outro, imita e aprende seguindo exemplos e fazendo.

  • Um discípulo vai e prega o evangelho, gera novos crentes, pratica o batismo nas águas, é introduzido numa Comunidade de Crentes, recebe os ensinamentos através da prática da vida de Cristo, envolve-se com a igreja, envolve-se no Processo de treinamento e equipagem para o Ministério, é liberado para os ministérios, vai e reproduz a si mesmo… plantando novos núcleos e igrejas.

O processo do discipulado envolve mais que a transmissão de conhecimentos (II Tm 2:2), é a imposição da vida. É reproduzir o seu eu espiritual e ministerial em outra pessoa.

  • Jesus ministrava e os discípulos observavam (João 1.35-43); Jesus ministrava e os discípulos assistiam (Lucas 8.49-56); os discípulos ministravam e Jesus observava (Marcos 6.35-44); os discípulos foram enviados para ministrarem e relataram a Jesus (Lucas 10.1-21).

A pessoa que pretende formar discípulo e cumprir a grande comissão (Mateus 28:19) deve ser um aluno ensinável (Lucas 6.40); cumprir a Palavra (João 8.31-32); ser disciplinado para negar-se e fazer sacrifícios (Lucas 14.27; 9.24); estar sob autoridade e submeter-se a ela (Mateus 8.9; Hebreus 13.17); ser um seguidor (Lucas 9.23-24).

Como crente em cristo devemos estar comprometidos com a Grande Comissão de ir a todo o mundo, ganhar o máximo de pessoas que puder para o Reino de Deus e fazer discípulos do Senhor Jesus Cristo. Nós devemos ser um crente reprodutor que compromete a sua vida com aqueles que são fiéis, disponíveis e capazes de ensinar aos outros também.

Para refletir:

  1. Quais são algumas características de um verdadeiro discípulo cristão que você está percebendo em sua própria vida?
  2. Quais são algumas das características de um verdadeiro discípulo cristão com quem você luta? Você entregou isso ao Senhor?
  3. Comece hoje a identificar e discipular uma pessoa que você conhece, que por sua vez pode discipular outras pessoas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s