O extremo ideal para Deus agir


A palavra extremo significa limite máximo, como costumamos dizer é o fim da linha, quando a pessoa chega a determinado ponto onde não tem como avançar, sem saída.

Lázaro, o amigo de Jesus ficou enfermo e suas irmãs enviaram um mensageiro para falar a Jesus acerca dessa enfermidade. Jesus não veio imediatamente socorrer o seu amigo, embora estivesse a apenas 3 quilômetros de distância. Essa era uma situação de extrema necessidade, prova disto é que Lázaro morreu.

Embora Jesus não tenho ido imediatamente, ele sabia que a doença era grave e posteriormente disse aos discípulos – Lázaro morreu, 15 mas eu estou alegre por não ter estado lá com ele, pois assim vocês vão crer. Vamos até a casa dele (João 11:14,15).

Nessa passagem veremos que a história da morte e ressurreição de Lázaro serviu de base para algumas lições importantes sobre a fé e adoração que agrada a Deus e o modo como Deus opera o milagre em situações extremas, do ponto de vista humano impossível.

As irmãs de Lázaro são as protagonistas dessa história. Marta e Maria nos ensinam lições valiosas sobre o relacionamento com Deus através da fé e da adoração sincera.

Seja um mantenedor deste Ministério

Ajude-nos a levar o evangelho para quem precisa ser alcançado e a contribuir para o ministérios dos pregam a Palavra de Deus.

R$100,00

I – O DESENVOLVIMENTO GRADUAL DA FÉ REVELADO NAS PALAVRAS DE MARTA:

Marta demonstra inicialmente uma fé natural baseada no tangível, que só é possível com a presença física. Essa fé tem levado muitas pessoas ao encontro com Jesus, elas vão a igreja para serem curadas, libertadas, problemas solucionados etc. Se a pessoa não puder ver e tocar essa fé se torna inoperante. É o primeiro passo para alcançar a fé genuína que agrada a Deus, Verso 21 – Se o senhor estivesse aqui, o meu irmão não teria morrido!

Marta declara uma fé verbal. Ela acredita que Jesus poderia ter feito alguma coisa enquanto Lázaro estava vivo e que um dia o seu irmão irá ressuscitar. Vejam que ela não pede para Jesus ressuscitar Lázaro, porque a sua fé não alcança esse nível de milagre, ela está conformada com a situação, embora saiba que se Jesus estivesse presente dias antes o seu irmão poderia estar vivo. Mas eu sei que, mesmo assim, Deus lhe dará tudo o que o senhor pedir a ele.

Jesus se revela para Marta. Ele é mais que um amigo. Ele é o próprio Deus e tem poder sobre todas as coisas. Jesus diz a ela “Eu sou a ressurreição e a vida” e em seguida pergunta: – Você acredita nisso?  Marta revela uma fé genuína, que não dependia do milagre natural ou qualquer coisa, ela simplesmente cria em Jesus como Salvador, verso 27: – Sim, senhor! – disse ela. – Eu creio que o senhor é o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo.

Essa é a fé que Deus espera de cada crente em Jesus. Mesmo que você não receba um milagre desejado, Jesus é o Salvador e o seu Reino não se baseia em coisas visíveis, Lucas 17:20b – Quando o Reino de Deus chegar, não será uma coisa que se possa ver.

II – A ADORAÇÃO QUE CONTAGIA E MOVE O CORAÇÃO DE DEUS

Quando soube que Jesus estava a caminho, levantou-se depressa e saiu ao seu encontro. Não disse a ninguém aonde estava indo. A sua primeira reação quando se encontrou com Jesus foi adorá-lo prostrada aos seus pés. Ela não se importou com as pessoas que estavam a sua volta, não parou para conversar com alguém além de Jesus. Quando saímos de casa para encontrar com Jesus numa reunião de culto, o nosso foco deve ser apenas Jesus, ninguém deve nos interromper quando o assunto é com Jesus.

Ela diz as mesmas palavras que a sua irmã Marta – – Se o senhor estivesse aqui, o meu irmão não teria morrido! Ela não culpa Jesus pela morte do irmão, apenas revela o seu sentimento, a sua fé que se Jesus estivesse com elas quando Lázaro ficou doente, a história seria outra.

A adoração de Maria é sincera e mais profunda. Ela chorou amargamente aos pés de Jesus, o seu choro envolveu todas as pessoas que estavam ali, até Jesus chorou. Uma adoração sincera é capaz de tocar as pessoas a sua volta. As vezes ouvimos alguém dizer que determinado culto estava frio, na verdade quem diz isso é que está frio, insensível e incapaz de ser contagiado pelo Espírito Santo. Um adorador sincero muda o ambiente a sua volta.

Quando Jesus perguntou onde Lázaro estava sepultado, ela levou Jesus ao túmulo de Lázaro. Estar diante do túmulo era olhar para a perda recente sem poder fazer nada, só que agora Jesus estava ao seu lado. Talvez você olhe para determinadas áreas da sua vida e se sente incapaz de fazer alguma coisa, a solução é convidar Jesus para ir com você aonde está o problema. Só Jesus pode operar o milagre em tua vida.

No meio da multidão havia um pequeno grupo de murmuradores que criticavam Jesus por chegar atrasado. Isso pode estar acontecendo com você que já perdeu e está esperando por um milagre. Sempre haverá pessoas pessimistas a sua volta. Não te deixes ser levado pelo pessimismo e descrença dos outros, Jesus está com você. Foi Jesus quem permitiu a situação chegar ao extremo para que o poder de Deus fosse revelado.

Havia algumas razões para Jesus ter chegado após quatro dias da morte de Lázaro. O milagre tinha que ser incontestável e muitos que estavam ali poderiam duvidar da ressurreição, se Jesus chegasse antes poderiam atribuir o milagre a causas naturais; também tinham algumas pessoas se armando para matar a Jesus, ele precisa agir com cautela. Porém, o mais importante de tudo é que Deus não trabalha na ansiedade, mas no tempo certo.

Diante do túmulo Jesus ordenou para que tirassem a pedra. Marta, a primeira a encontrar com Jesus diz – Senhor, ele está cheirando mal, pois já faz quatro dias que foi sepultado! Então Jesus diz para Marta – Eu não lhe disse que, se você crer, você verá a revelação do poder glorioso de Deus? Ele estava lembrando Marta do que falou anteriormente no verso 23 – O seu irmão vai ressuscitar!

  • Talvez Marta tenha se esquecido dessas palavras. Ela estava tomada por uma aflição muito grande, não foi capaz de lembrar da sua confissão anterior no verso 27 – Sim, senhor! – disse ela. – Eu creio que o senhor é o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo.
  • Existem situações na vida onde mesmo declarando total confiança em Deus, diante do problema a pessoa esquece do grande poder de Deus. Nessa hora o Espírito Santo nos faz lembrar do que o Senhor disse anteriormente.

Quando Marta se encontrou com Jesus, ela declarou uma fé verdadeira que não se baseava no milagre natural, ela sabia quem era Jesus. Porém, mesmo sabendo quem é Jesus, é comum que o crente oscile em relação a milagres. O autor não diz, mas entendo que quando Jesus disse a Marta – “Eu não lhe disse que, se você crer” , ela se lembrou do que tinha declarada anteriormente – “Eu creio que o senhor é o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo.”

A fé verdadeira de Marta resultou no milagre da ressurreição. Ressuscitar Lázaro foi mais simples do que convencer aquela multidão sobre quem era Jesus. Eu te pergunto: Quem é Jesus para você?

Seja um mantenedor do nosso ministério através de depósito bancário no

Banco Itaú – Agência 4807 – conta corrente 16747-5 – Assembleia de Deus Independente MICC

Você pode contribuir também através do PagSeguro clicando no link https://pag.ae/7V9AtbrTM

Ou se preferir pode doar pelo PayPal 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s