07 Princípios da mordomia bíblica


A Bíblia é clara! Tudo pertence a Deus! Sendo assim, o que nós possuímos? Nada! A terra e os céus pertencem ao Senhor Deus, Ele é proprietário de tudo e consequentemente toda pessoa que faz a vontade de Deus é seu mordomo na posse desses bens. Um dia, Deus nos responsabilizará pela forma como cuidamos das coisas que Ele colocou sob nossos cuidados.

Em Gênesis 1.26 lemos sobre o mandato de mordomia de Deus dado a Adão e Eva. Deus criou tudo no céu e na terra e depois de fazer isso, entregou a Adão e Eva o mandato para serem os guardiões do que Lhe pertence. Essa é a essência da mordomia bíblica, é quando reconhecemos que o que temos nos foi confiado e temos que administrá-lo para satisfazer o proprietário. Alguns princípios de mordomia bíblica:

  1. Princípio da propriedade, Salmos 24. Este é o princípio fundamental da mordomia bíblica. Deus é dono de tudo, somos simplesmente gerentes ou administradores agindo em seu nome. A mordomia expressa nossa obediência em relação à administração de tudo o que Deus colocou sob nosso controle. É o reconhecimento que não temos o direito de controle sobre nossa propriedade ou sobre nós mesmos, tudo pertence a Deus.
  2. Princípio da responsabilidade. Somos responsáveis ​​pela forma como tratamos e o que fazemos com tudo que Deus nos deu, nós fomos chamados para administrar aquilo que pertence a Deus. Enquanto Deus graciosamente nos confiou o cuidado, o desenvolvimento e o prazer de tudo o que Ele possui.
  3. Princípio da prestação de contas. Esta é a verdade ensinada em Mateus 25, na parábola dos talentos. Deus confiou a autoridade sobre a criação a nós e não nos é permitido governá-la como bem entendermos. Um dia seremos chamados para prestar contas de como administramos tudo o que nos foi dado, incluindo nosso tempo, dinheiro, habilidades, informação, sabedoria, relacionamentos e autoridade. Todos nós prestaremos conta ao legítimo proprietário sobre como administramos bem as coisas que ele nos confiou.
  4. Princípio da fidelidade. Um bom mordomo é sempre cuidadoso e fiel na execução do seu trabalho, ele é fiel na presença de seus chefes e na ausência deles. O maior teste da fidelidade de um mordomo é quando seus superiores estão ausentes. A fidelidade é uma marca da integridade de um mordomo – Deus não me chamou para ser bem-sucedido; Ele me chamou para ser fiel (Madre Teresa).
  5. Princípio da multiplicação. A multiplicação deve ser a manifestação orgânica da mordomia bíblica. Multiplicação é sinônimo de produtividade, Deus ama a fertilidade e odeia a improdutividade. Por quê? Porque as primeiras palavras de bênçãos que ele falou a Adão e Eva em Gênesis 1.28a foi: e os abençoou, dizendo: – Tenham muitos e muitos filhos; espalhem-se por toda a terra e a dominem…
  6. Princípio da verdadeira riqueza, Lucas 16.11. O grau em que você pode ser honesto com o dinheiro (riqueza mundana) é o grau em que Deus pode confiar em você com suas verdadeiras riquezas. Deus só lhe dará riquezas verdadeiras na proporção de quão bem você pode lidar com dinheiro. O crescimento na quantidade e qualidade de pessoas que Deus traz para uma igreja é diretamente proporcional ao modo como o pastor da igreja lida com o dinheiro.
  7. Princípio da recompensa, Colossenses 3.23-24. Aqueles que são fiéis ao Senhor nessa vida, serão recompensados aqui e principalmente no porvir. Nós precisamos abraçar essa visão bíblica mais ampla sobre mordomia, ela conecta tudo o que fazemos com o que Deus está fazendo no mundo. Precisamos ser mordomos fiéis de tudo o que Deus nos deu dentro das oportunidades apresentadas por meio de sua providência para glorificá-lo, servir ao bem comum e promover seu Reino.

Na condição de crentes, devemos entender que Deus é dono de tudo e que somos apenas o mordomo em quem Deus confiou certas coisas. Somos responsáveis perante Deus por tudo o que Ele nos dá.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s