Não deixes de ouvir a voz de Deus


II Crônicas 35.20-27. Quem era o Rei Josias? O último grande Rei de Israel.

  1. Ele começou a reinar ainda criança, com apenas 8 anos de idade e reinou por 31 anos em Jerusalém, II Reis 22.1a – Josias tinha oito anos de idade quando se tornou rei de Judá;
  2. Ele teve uma vida exemplar e correta perante Deus, seguiu os bons exemplos dos seus antepassados e jamais se desviou do bom caminho, II Reis 22.2 – Josias fez o que agrada a Deus, o SENHOR; ele seguiu o exemplo do seu antepassado, o rei Davi, e não se desviou nem para um lado nem para o outro;
  3. Ele era uma pessoa temente a Deus. Quando ele estava com 26 anos de idade fez uma grande reforma no Templo e se arrependeu pelos pecados do povo, ao ler o livro da Lei, II Reis 22.11 – Quando ouviu o que o Livro da Lei dizia, o rei rasgou as suas roupas em sinal de tristeza.;
  4. Ele ouvia a voz dos profetas. enviou uma comitiva real para falar com a profetiza Hulda sobre o que dizia e Lei, o Senhor enviou-lhe uma mensagem dizendo que a destruição de Judá viria após a sua morte e que durante o seu reinado haveria paz, II Reis 22.18,20 – Eu, o SENHOR, o Deus de Israel, digo isto a respeito do rei: “Você ouviu o que está escrito no livro 19 e se arrependeu, e se humilhou diante de mim, rasgando as suas roupas e chorando quando ouviu como ameacei castigar a cidade de Jerusalém e o seu povo. Eu vou fazer com que Jerusalém vire um lugar horrível de se ver, e o nome desta cidade será usado para rogar pragas. Mas eu ouvi a sua oração 20 e por isso só depois da sua morte é que vou castigar Jerusalém. Vou deixar que você morra em paz.” Então os homens levaram ao rei essa resposta;
  5. Ele convocou as autoridades e o povo para ouvir a Lei do Senhor, derrubou os postes ídolos, retirou do Templo os ídolos pagãos e objetos profanos, eliminou os quartos onde muitos se prostituam dentro do Templo, expulsou os sacerdotes pagãos, derrubou os altares de adoração aos demônios do deserto e ao deus moloque e baal, etc. II Reis 23.1-20, Verso 2 e eles foram todos juntos até o Templo, acompanhados pelos sacerdotes, pelos profetas e por todo o resto do povo, tanto os mais importantes como os mais humildes. Então o rei leu diante deles todo o Livro da Aliança que havia sido achado no Templo.
  6. Ele restituiu a festa da Páscoa, e realizou uma grande festa de Páscoa como nunca houve em Judá desde o tempo dos juízes, II Reis 23.21-23, verso 21 – O rei Josias ordenou que todo o povo comemorasse a Festa da Páscoa em honra do SENHOR, o Deus deles, conforme estava escrito no Livro da Aliança.;
  7. Ele foi um homem que marcou a sua geração, foi um exemplo de lealdade e dedicação ao Senhor, II Reis 23.25 – Não houve antes nenhum rei como ele, que servisse a Deus, o SENHOR, com todo o seu coração, mente e força, obedecendo a toda a Lei de Moisés; e depois nunca houve outro rei igual a ele.
  8. A sua dedicação à Deus impediu a destruição de Judá prometida pelo Senhor, por causa dos pecados do seu avô Manasses, II Reis 23.26,27.

Uma linda história com um final trágico. Josias conseguiu devolver a ordem ao reino de Judá, os pecados praticados por seu avô Manasses e seu pai Amom estavam sendo reparados.

  • II Crônicas 35.20a – “Depois de tudo isso, quando Josias já havia acabado de pôr em ordem o Templo e o culto…”

Tinha chegado o melhor tempo em seu reinado, tudo estava em ordem, havia paz. Mas, Josias queria mais, não se contentou com o que Deus lhe tinha dado e quando o rei Neco, do Egito, pede-lhe passagem para lutar para lutar em Carquemis, Josias decide ir à guerra contra o rei do Egito.

  • II Crônicas 35.20b – “o rei Neco, do Egito, marchou com o seu exército para lutar em Carquemis, que ficava na beira do rio Eufrates. Josias saiu com o seu exército para lutar contra ele”

O que motivou o rei Josias lutar contra o rei do Egito? A bíblia não responde, mas acredito que ele foi traído por sua autoconfiança:

  • No livro de Provérbios há uma recomendação para tomarmos cuidado quanto a se intrometer em questões alheias. As consequências poderão ser graves, Provérbios 26.17 – Quem se mete na discussão dos outros é como quem agarra pelas orelhas um cachorro que vai passando.

Josias não tinha nada a ver com aquela batalha, o rei do Egito o advertiu (II Cr 35.21a) – mas Neco lhe mandou a seguinte mensagem: – Rei de Judá, você não tem nada a ver com esta luta. Eu não vim lutar contra você, mas contra os meus inimigos, e Deus mandou que eu me apressasse. Deus está comigo;

  • Ao se levantar contra o rei do Egito ele trouxe a destruição sobre si (II Cr 35.21b) – portanto, se você lutar contra Deus, ele o destruirá.

Devemos estar atentos a vontade de Deus, a fim de não sermos enganados pela autoconfiança. Ela pode nos levar a pensar que tudo que fazemos é a vontade de Deus, apenas porque usamos o seu nome.

  • Uma ação equivocada em nome do Senhor resultará em perdas e vergonhas, Filipenses 2:13 – Pois Deus está sempre agindo em vocês para que obedeçam à vontade dele, tanto no pensamento como nas ações.

Josias que sempre obedeceu a voz de Deus, agora desobedeceu ao Senhor e agiu por conta própria. Ele se disfarçou e foi a luta contra o rei Neco do Egito. Esse tem sido o risco de muitos cristãos correm ao se disfarçar entrando no campo do inimigo, pensam que não serão reconhecidos e sairão ilesos.

  • II Crônica 35:22 – Mas Josias não voltou atrás; ele não quis dar atenção ao aviso que Deus estava dando por meio do rei Neco. Pelo contrário, ele se disfarçou e marchou para lutar contra Neco no vale de Megido.

A obediência a Deus tem um valor superior em relação ao sacrifício. A soberba no coração humano é um pecado grave aos olhos de Deus. Tem horas que Deus pede para marchar e tem horas em que Ele pede para esperar. O que Deus tem exigido de você?

  • I Samuel 15.22,23 – Samuel respondeu: – O que é que o SENHOR Deus prefere? Obediência ou oferta de sacrifícios? É melhor obedecer a Deus do que oferecer-lhe em sacrifício as melhores ovelhas. 23 A revolta contra o SENHOR é tão grave como a feitiçaria, e o orgulho é pecado como é pecado a idolatria. O SENHOR o rejeitou como rei porque você rejeitou as ordens dele.

Josias poderia viver muitos anos e continuar reinando em paz, ele morreu jovem aos 38 anos. Embora tenha feito sempre o que agradava ao Senhor por 31 anos, apenas uma decisão errada foi o suficiente para levá-lo a uma morte desonrosa.

  • Ele estava na batalha errada, no lugar errado. Ali não era o seu lugar. Eu acredito que muitos homens o seguiram na batalha, embora a Bíblia não cite a respeito, muitos homens morreram por causa da decisão errada de Josias.

O quem ou quem matou Josias? O seu orgulho e o falso zelo em nome do Senhor. Ele era o tipo de pessoa que queria consertar o mundo e nesse episódio se intromete numa guerra que não era dele. Ele tomou as dores do rei da cidade de Carquemis e quis defendê-lo, mesmo quando o Senhor não lhe disse para fazer.

  • II Crônicas 35.23,24 – Os soldados egípcios atiraram flechas contra Josias, e ele gritou para os seus oficiais: – Estou gravemente ferido! Tirem-me daqui! 24 Os oficiais o tiraram do seu carro de guerra, e o puseram em outro carro, e o levaram para Jerusalém. Josias morreu e foi sepultado nos túmulos dos reis. Todo o povo de Judá e de Jerusalém chorou a morte dele.

Nem toda batalha que enfrentamos é provação de Deus, algumas lutas e perdas que sofremos são resultados das nossas escolhas e ações, Tiago 1.13-16: Quando alguém for tentado, não diga: “Esta tentação vem de Deus.” Pois Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo não tenta ninguém. 14 Mas as pessoas são tentadas quando são atraídas e enganadas pelos seus próprios maus desejos. 15 Então esses desejos fazem com que o pecado nasça, e o pecado, quando já está maduro, produz a morte. 16 Não se enganem, meus queridos irmãos.

A desobediência de Josias gerou três coisas que Tiago cita. A sua desobediência gerou:

  1. Desejo – Deus não pediu para ele ir à luta; nenhum profeta lhe ordenou que fosse a batalha, como era costume na época; o rei Neco lhe advertiu que aquela batalha não era dele, mas ele quis ir a batalha;
  2. Pecado de não ouvir conselhos – Ele ignorou as palavras do rei do Egito; o seu desejo pela batalha fez com que ele se disfarçasse e ocultasse a sua identidade na batalha; no campo de batalha disfarçado ele se tornou como qualquer combatente;
  3. Morte – O inimigo tem prazer em sua destruição; provavelmente os egípcios o reconheceu e lançaram flechas contra ele; ele foi ferido numa batalha onde não deveria estar.

Não se enganem, meus queridos irmãos. A recomendação de Tiago é semelhante as palavras de Neco, rei do Egito – “você não tem nada a ver com esta luta … se você lutar contra Deus, ele o destruirá.”

Quanto tempo você espera viver? Se você deseja a vida então obedeça a voz de Deus; não entre em batalhas que o Senhor não ordenou; curta o tempo de paz que Deus está te concedendo e espere o comando de Deus.

Não siga seu coração, aprenda a confiar e obedecer a voz de Deus!

Seja um mantenedor deste Ministério

Ajude-nos a levar o evangelho para quem precisa ser alcançado e a contribuir para o ministérios dos pregam a Palavra de Deus. Inscreva em nosso canal no Youtube.com/IndependenciaCristo

R$100,00

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s