Pela morte de Cristo, somos libertos


Conta-se uma história de um menino que, com a ajuda do seu pai, durante longos meses de trabalho fez um barquinho. O barquinho ficou lindo. Eles colocaram o barquinho em um lago que ficava ao lado da casa para poder desfrutá-lo. Um dia, o vento forte arrastou o barquinho para bem longe. O menino e seu pai ficaram tristes pela perda do barquinho. Meses depois, o menino foi à cidade e viu o seu barquinho na vitrine de uma loja. Ele tentou convencer o dono da loja a lhe devolver o barquinho, mas não obteve êxito. O dono da loja que adquiriu o barquinho de um pescador disse que se ele quisesse tê-lo de volta teria que pagar por ele. O menino voltou para casa e por um tempo trabalhou incansavelmente até conseguir a quantia para comprar o seu barquinho de volta. Quando retornava para casa com seu barquinho ele disse: agora você me pertence duas vezes: a primeira porque eu te fiz e a segunda porque eu te comprei.

Redenção é o preço pago pelo resgate e Deus é duas vezes dono do cristão.

  • A primeira foi quando Deus criou o ser humano, mas a serpente os enganou afastando-os de perto de Deus;
  • A segunda quando enviou Jesus Cristo para receber o castigo em nosso lugar.
    • I Coríntios 6:20 – pois ele os comprou e pagou o preço. Portanto, usem o seu corpo para a glória dele.
    • I Pedro 1:18,19 – Pois vocês sabem o preço que foi pago para livrá-los da vida inútil que herdaram dos seus antepassados. Esse preço não foi uma coisa que perde o seu valor como o ouro ou a prata. 19 Vocês foram libertados pelo precioso sangue de Cristo, que era como um cordeiro sem defeito nem mancha.

O sangue de Jesus Cristo representa a sua vida, a mesma que ele entregou ao morrer na cruz por nós. A morte do filho de Deus foi o sacrifício infinito que resultou em quatro bênçãos que Paulo cita nessa passagem.

I – A primeira benção que Paulo menciona é o perdão de pecados, pela graça de Deus.

Verso 7 – Pois, pela morte de Cristo na cruz, nós somos libertados, isto é, os nossos pecados são perdoados. Como é maravilhosa a graça de Deus

Ao aceitar pela fé a redenção que Deus oferece, as escrituras prometem que Deus perdoará os pecados, visto que Jesus morreu por todos.

  • Romanos 5.8-10 – Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. 9 E, agora que fomos aceitos por Deus por meio da morte de Cristo na cruz, é mais certo ainda que ficaremos livres, por meio dele, do castigo de Deus. 10 Nós éramos inimigos de Deus, mas ele nos tornou seus amigos por meio da morte do seu Filho. E, agora que somos amigos de Deus, é mais certo ainda que seremos salvos pela vida de Cristo.

II – A segunda benção que Paulo menciona é que em Cristo há unidade:

 8 que ele nos deu com tanta fartura! Deus, em toda a sua sabedoria e entendimento, 9 fez o que havia resolvido e nos revelou o plano secreto que tinha decidido realizar por meio de Cristo. 10 Esse plano é unir, no tempo certo, debaixo da autoridade de Cristo, tudo o que existe no céu e na terra. 

Paulo considera muito importante a benção que menciona. Deus dá ao crente a capacidade espiritual de conhecer os seus propósitos e planos. O mundo do primeiro século havia perdido a esperança, mas Cristo a devolveu.

  • Nas Escrituras, a palavra plano secreto ou mistério significa – um conhecimento que o homem não pode receber por conta própria, portanto tem que ser revelado por Deus, que manifesta o que não era antes conhecido, a saber, que todas as coisas que estão no céu e na terra serão unidas em Jesus Cristo.
  • Explicando a parábola do semeador, Jesus disse aos discípulos que “A vocês Deus mostra os segredos do seu Reino. Mas aos outros tudo é ensinado por meio de parábolas, para que olhem e não enxerguem nada e para que escutem e não entendam.” Lucas 8:10.

A ideia de unidade citada por Paulo inclui 3 ideias básicas: restauração; união; supremacia. Satanás e a humanidade estão em rebeldia contra Deus e seu Reino, mas a morte de Jesus Cristo destruiu o domínio do pecado e do diabo. Jesus Cristo é aquele que irá restaurar o reinado de Deus sobre todas as coisas. A humanidade, sociedade, governos, natureza e todas as coisas serão curadas quando tudo estiver unido novamente em Cristo.

Deus une todos os crentes em um só corpo, sem importar com a nacionalidade, status social, financeiro, idade, sexo, cor ou raça. A igreja na atualidade é uma amostra dessa união de todas as coisas no futuro. O amor verdadeiro dos crentes e a harmonia entre eles devem revelar ao mundo que Deus é poderoso para destruir todas as barreiras e transformar a natureza egocêntrica dos humanos.

  • João 13.34-35: Eu lhes dou este novo mandamento: amem uns aos outros. Assim como eu os amei, amem também uns aos outros. 35 Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos.

O Rei Jesus Cristo governará sobre todas as coisas. Ele ganhou a vitória mediante sua morte e ressurreição. O triunfo final será no cumprimento dos tempos, que se refere a sua segunda vinda, seu reino e estado eterno, quando tudo será submetido a perfeita vontade de Deus.

Você quer ter acesso aos Segredos de Deus? Veja como eles são revelados:

  • Através da sua Palavra. Nela encontramos as informações sobre a supremacia de Cristo, o propósito de Deus na igreja e os planos para o fim dos tempos. Porém, as escrituras são para aqueles que aceitam a Cristo; outras pessoas podem ler, mas não irão compreender os segredos que estão contidos em suas palavras.
  • Através do Espírito Santo que reside nos crentes temos a revelação. O Espírito capacita-os para entender esses ensinamentos.
  • É possível acessar esses segredos através da certeza sobre o triunfo de Cristo. Ela motiva o crente a obedecer e servir a Deus com fidelidade. Ao saber e reconhecer que Cristo triunfou sobre a morte e o inferno, nos tornamos filhos de Deus pela fé.

III – A terceira benção citada por Paulo é que em Cristo somos a herança de Deus: 1.11-12

11 Todas as coisas são feitas de acordo com o plano e com a decisão de Deus. De acordo com a sua vontade e com aquilo que ele havia resolvido desde o princípio, Deus nos escolheu para sermos o seu povo, por meio da nossa união com Cristo. 12 Portanto, digo que nós, que fomos os primeiros a pôr a nossa esperança em Cristo, louvemos a glória de Deus.

Somos herança de Deus. Somos o povo de Deus. Aceitamos esse senhorio quando nós nos entregamos a Cristo. Isso indica que o crente é um tesouro precioso para Deus. O Deus dos céus, que não tem falta de nada e que pelo seu poder tem todas as coisas, amou os seres humanos e fez algo incrível ao torná-los sua propriedade. Essa é uma grande verdade, temos um grande valor para Deus.

  • Deus deseja que sejamos motivos de louvor a sua glória. O milagre do perdão, a sabedoria, o conhecimento e a unidade que Deus está realizando na igreja, exibem a sua glória e seu poder.

Paulo está preparando seus leitores para que compreendam e mantenham a unidade da igreja. Ser herança de Deus era uma posição dos judeus no Antigo Testamento, eles eram a porção, a herança do Senhor. No entanto, agora através da Cristo os não judeus têm direito ao mesmo privilégio.

IV – A quarta benção é que em Cristo somos selados pelo Espírito: 1.13-14

13 A mesma coisa aconteceu também com vocês. Quando ouviram a verdadeira mensagem, a boa notícia que trouxe para vocês a salvação, vocês creram em Cristo. E Deus pôs em vocês a sua marca de proprietário quando lhes deu o Espírito Santo, que ele havia prometido. 14 O Espírito Santo é a garantia de que receberemos o que Deus prometeu ao seu povo, e isso nos dá a certeza de que Deus dará liberdade completa aos que são seus. Portanto, louvemos a sua glória.

A última das bênçãos espirituais mencionadas é uma obra de Cristo e do Espírito Santo. Antes de falar das implicações que envolvem ser selado pelo Espírito Santo, Paulo chama a atenção para a parte humana da conversão.

Na conversão o homem faz duas coisas:

  • Ouve a mensagem do evangelho;
  • Crê em Jesus Cristo.

Portanto, a parte humana a princípio é simples. Tudo mais citado por Paulo (v. 3 a 14) é obra de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. O evangelho é simples para as pessoas, mas custou muito caro para Deus. A pessoa que toma a decisão certa é selada pelo Espírito Santo.

  • O Espírito Santo reside em cada filho de Deus, Romanos 8.9 – Vocês, porém, não vivem como manda a natureza humana, mas como o Espírito de Deus quer, se é que o Espírito de Deus vive realmente em vocês. Quem não tem o Espírito de Cristo não pertence a ele.

O Espírito promove muitas obras na vida do crente. Entre elas, a presença do Espírito o identifica como uma autêntica posse de Deus. O selo destaca o futuro do crente. Efésios 4.30 afirma: E não façam com que o Espírito Santo de Deus fique triste. Pois o Espírito é a marca de propriedade de Deus colocada em vocês, a qual é a garantia de que chegará o dia em que Deus os libertará.

A marca que Paulo se refere, remete aos tempos antigos dos comerciantes fenícios. Era uma forma de pagamento parcial ou garantia de uma mercadoria ou terra. Nos tempos antigos, isso representava um compromisso, se o vendedor falhasse, teria que devolver em dobro a garantia. Se o comprador não cumprisse o negócio, perdia tudo que já havia pagado.

  • A presença do Espírito Santo é a garantia de que Deus completará a sua obra de redenção para que o crente que está em Cristo receba sua herança, tenha um corpo glorificado e seja libertado totalmente do pecado.

Paulo fala também em Romanos 8;23 sobre as primícias do Espírito – o primeiro presente que recebemos de Deus. A vida espiritual do crente é a mesma vida eterna que gozará em sua existência glorificada futura. As obras que o Espírito Santo realiza em nós hoje são amostras do que será nossa experiência no futuro. Sua presença nos assegura que Deus completará todo o seu propósito em nós para louvor de sua glória.

  • Romanos 8.23 – E não somente o Universo, mas nós, que temos o Espírito Santo como o primeiro presente que recebemos de Deus, nós também gememos dentro de nós mesmos enquanto esperamos que Deus faça com que sejamos seus filhos e nos liberte completamente.

Você quer restaurar a sua comunhão com Deus? O caminho é simples, como afirmei. Você precisa ouvir o evangelho e aceitar Cristo em teu coração. Este é o evangelho que anunciamos. Então você irá receber estas 4 bençãos espirituais:

  • Você será liberto, os teus pecados são perdoados, verso 7;
  • Deus vai te revelar seu plano secreto por meio da sua união com Cristo, versos 8 a 10;
  • Você não será mais um estrangeiro, mas filho de Deus, com direito a sua herança eterna. Deus nos escolheu para sermos o seu povo, versos 11 a 12
  • Você receberá em seu coração a marca de Deus, fomos selados pelo Espírito, versos 13 a 14.

Seja um mantenedor deste Ministério

Ajude-nos a levar o evangelho para quem precisa ser alcançado e a contribuir para o ministérios dos pregam a Palavra de Deus. Inscreva em nosso canal no Youtube.com/IndependenciaCristo

R$100,00

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s