Do trono a ruína


I Samuel 15:1,18 – Samuel disse a Saul: – O SENHOR Deus me mandou ungir você para ser rei de Israel, o povo dele. Agora escute isto que o SENHOR Todo-Poderoso diz. 28 E Samuel disse: – Hoje Deus rasgou das suas mãos o Reino de Israel e o deu a alguém que é melhor do que você.

Saul viveu tempos de glórias quando começou a reinar, mas, infelizmente, com o passar dos anos ele se deixou influenciar pelo poder que tinha e terminou seu reino morto em batalha de forma trágica. Embora Saul tivesse uma boa base familiar, ele não era a melhor opção para ser rei, do ponto de vista político. Porém, o povo de Israel desejava ter um rei, a exemplo das nações vizinhas. Samuel tentou convencê-los do contrário, mas o povo insistiu em ter um rei.

O QUE VOCÊ FARIA SE TIVESSE A OPORTUNIDADE DE EXERCER PODER SOBRE UMA NAÇÃO, POVO, EMPRESA, IGREJA?

Assista a mensagem deste sermão em nosso Canal no YouTube

O poder é uma virtude divina, foi dado por Deus ao primeiro casal de humanos, conforme Gênesis 1.26. Com a queda os seres humanos se tornam conhecedores do bem e do mal e com poder que fora delegado por Deus sobre a terra. A distorção gerada pelo pecado cegou o entendimento humano e fez com que as pessoas passassem a usar o poder delegado por Deus, de forma indevida, contra seus semelhantes – pessoas dominando pessoas, como se vê até os dias atuais.

Quem está distante de Deus corre risco de usar incorretamente o poder. Esse é o retrato da humanidade sem Deus. Romanos 1:21-22. O poder fascina e engana. Uma posição de destaque e o sucesso natural tem levado muitas pessoas a se esquecer de Deus e dos seus princípios.

O texto de I Samuel 15 revela 10 passos de Saul em direção a queda causada pelo fascínio do poder. Ele colocou sua popularidade acima dos princípios divinos, preferiu ser honrado pelo povo ao invés de obedecer ao Senhor.

  1. O que escolher? Obedecer a voz de Deus ou ser amigo dos inimigos de Deus? Saul optou pela amizade com os inimigos de Deus.
  2. Ele cumpriu parcialmente a ordem de Deus. Ele poupou Agague e as coisas que considerou importante.
  3. Saul foi contagiado endeusamento do ego. Ele edificou um monumento em honra de si mesmo.
  4. Ele perdeu a noção do pecado.
  5. Ele culpou os soldados pela sua desobediência. O poder humano cega a pessoa a ponto de não reconhecer suas falhas e culpar os outros.
  6. Ele demonstrou um falso arrependimento. Esse é um comportamento típico de quem deseja se manter no poder.
  7. Ele tentou envolver Samuel em seu erro. A busca por aliados honestos é comum em pessoas manipuladores que querem se manter no poder.
  8. Ele estava mais preocupado com seu prestígio popular do que em agradar a Deus. A sua imagem pessoal e popularidade tinham que ser preservados a qualquer custo.
  9. A piedade de Samuel não evitou o juízo de Deus sobre Saul. Existem pessoas que já brincaram tanto com Deus, que nem mesmo a oração piedosa de um servo de Deus pode mudar a sentença divina. A falsa adoração de Saul não convenceu o Senhor Deus a mudar de opinião a seu respeito.
  10. A loucura pelo poder matou Saul, seus filhos e seus soldados.

Contribua com este Ministério

Ajude-nos a levar o evangelho para quem precisa ser alcançado e a contribuir para o ministérios dos pregam a Palavra de Deus. Inscreva em nosso canal no Youtube.com/IndependenciaCristo

100.00 R$

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s