Perseverando na fé em meio as crises


É natural que em tempos de adversidades, quase que instintivamente buscamos por uma solução imediata, reagimos rapidamente projetando um plano de fuga e superação quando estamos em meio à crise. Isaque reagiu do modo que muitas pessoas fariam. O texto afirma que havia fome naquela região.

  • Isaque planejou ir para o Egito, onde estaria seguro da crise e ainda poderia obter alguns lucros. No entanto, Deus lhe disse para ficar na terra que lhe mostraria, no seu lugar de benção.
  • Isaque se viu diante de uma decisão importante: seguir o seu coração e se aventurar no Egito ou obedecer a voz de Deus e permanecer na terra da promessa.

Aquela crise não era algo novo para a família de Isaque. No passado, o seu pai Abraão passou pelo mesmo processo enfrentando uma crise semelhante e decidiu ir para o Egito, onde por pouco não perdeu a sua esposa.

Assista o vídeo desta mensagem:

Ao enfrentar uma situação semelhante à de seu pai, Isaque pode analisar os resultados da decisão de Abraão a fim de não incorrer no mesmo erro. O que temos aqui é a fé de Isaque sendo testada, pois para ser um herdeiro legítimo das promessas de Abraão ele precisaria provar sua total obediência e sujeição a Deus.

  • Os tempos difíceis em que estamos vivendo não são para matar a nossa fé, mas para aprendermos a exercitar nossa fé em Deus.
  • A exemplo de Abraão, Isaque poderia simplesmente ir para o Egito e sujeitar-se as perdas que o Egito lhe traria. O diabo costuma tentar a pessoa nos mesmos erros, sejam próprios ou de seus antepassados; ele tentará trazer a sua vida situações que você ou seus parentes tenham passado a fim de intimidá-lo, para que perca a fé.

Quem anda com Deus, não fica sem resposta, só precisa aprender a ouvir e obedecer. Deus apareceu para Isaque e disse para não descer ao Egito. Antes que Isaque se precipitasse, quando ele ainda estava planejando, pensando sobre o que fazer, Deus interveio.

  • Deus sabe tudo sobre você, Salmos 139:1-4 – Ó Senhor Deus, tu me examinas e me conheces. 2 Sabes tudo o que eu faço e, de longe, conheces todos os meus pensamentos. 3 Tu me vês quando estou trabalhando e quando estou descansando; tu sabes tudo o que eu faço. 4 Antes mesmo que eu fale, tu já sabes o que vou dizer.

Deus apareceu para Isaque no meio da crise, quando havia fome e o problema não tinha solução imediata. Deus sempre aparece no momento mais intenso da batalha, quando você não vê qualquer solução, Deus responderá e dará a estratégia sobre o que fazer.

Se você é uma pessoa de Deus, não seja precipitada, descanse em paz. Deus irá falar com você na hora certa. Deus deu 03 ordens para Isaque:

  1. — Não vá para o Egito. O que o Egito representa para nós, cristãos? O Egito poderia dar a Isaque e sua família muitas coisas, suprir momentaneamente a sua fome e necessidades pessoais, mas a que custo?
  2. Fique na terra que eu vou lhe mostrar. Devemos investir mais tempo em ouvir o que o Espírito de Deus nos diz. Precisamos ter um coração mais sensível, ouvidos aguçados, olhos abertos para o que Deus diz. Quando compreendemos claramente o que Ele diz, nos libertamos dos fracassos dolorosos e das possíveis decepções que ocorrem quando agimos precipitadamente.
  3. Por enquanto fique morando neste lugar. Na versão RC diz – peregrina nesta terra, ou seja, viva como um peregrino, não se envolva ou se misture com esse povo. Isaque estava habitando nas terras de Gerar, onde vivia Abimeleque, o rei dos filisteus.

Deus deu a Isaque as diretrizes sobre o que fazer. em seguida lhe fez 7 promessas, caso obedecesse a Sua voz.

  1. e eu estarei com você – como já vimos, Deus não abandona quem tem fé. Ele fica com você durante sua provação. Deuteronômio 31:6 – Sejam fortes e corajosos; não se assustem, nem tenham medo deles, pois é o Senhos, nosso Deus, que irá com vocês. Ele não os deixará, nem abandonará.  
  2. e o abençoarei – embora aquele fosse um tempo de seca, fome e imprevistos, Deus promete um futuro glorioso para Isaque. Há um hino na Harpa Cristã, 418, que diz: depois da batalha me coroará, Deus me coroará. Quem não desiste, alcança a vitória.
  3. Darei aos seus descendentes todas estas terras e assim cumprirei o juramento que fiz a Abraão, o seu pai – toda terra de Canaã, dos filisteus e ao sul de Canaã. Deus promete abençoar a Isaque e seus descentes.
  4. Farei com que os seus descendentes sejam tão numerosos quanto as estrelas do céu e lhes darei todas estas terras – Isaque tinha apenas dois filhos, Esaú e Jacó. Mas, Deus estava mostrando para ele um futuro além do seu tempo. Deus prometeu-lhe uma prole tão grande que seria impossível contar. Ex. O filho do pastor Cerpa que achava que a promessa cessou quando seu pai morreu.
  5. Por meio dos seus descendentes eu abençoarei todas as nações do mundo. Imagine quantos descendentes de Abraão e Isaque há no mundo atualmente – descendentes naturais e os espirituais. A contribuição desses descendentes na religião, política, medicina, economia etc.

Isaque optou por aceitar o conselho de Deus e obedecer. O plano de Deus certamente é o melhor, mesmo que pareça improvável diante da adversidade. Isaque acreditou em Deus como seu provedor, acreditou nas suas promessas e ao contrário de seu pai Abraão, Isaque não desceu para o Egito.

Isaque nos mostra através desse exemplo que os filhos podem tomar decisões diferentes de seus pais. O filho não precisa repetir o insucesso do pai e foi isso que Isaque fez, ele rompeu um ciclo de fuga diante dos desafios e prováveis consequências, ele optou por obedecer a voz de Deus.

Quem ouve a voz de Deus e obedece, jamais se abala, simplesmente crê e avança pela fé. Mateus 7:24,25 – Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. 25 Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.

logo_gif

Contribua com este Ministério

Ajude-nos levar o evangelho para mais pessoas.

R$ 100,00

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s